segunda-feira, 31 de janeiro de 2022

24 Estudo Bíblico - Ferido de Deus

 24 Estudo Bíblico - Ferido de Deus

Assista a "Ferido de Deus" no YouTube

https://youtu.be/dAwc8HJu6vw


O MAIS PODEROSO DOS PODEROSOS

 O MAIS PODEROSO DOS PODEROSOS

E o Seu nome será: “Maravilhoso Conselheiro”, “Deus Forte”, “Pai da Eternidade”, “Príncipe da Paz.” Isaías 9:6

A sabedoria de Deus, Seu poder e amor são sem paralelo. São eles a divina garantia de que ninguém, mesmo das extraviadas ovelhas e cordeiros, é passado por alto, nem abandonado sem socorro. Uma cadeia de ouro – a misericórdia e a compaixão do poder divino – é passada em torno dessas pessoas em perigo. Não haverá então o instrumento humano de cooperar com Deus? Deverá ele mesmo ser pecaminoso, deficiente e falto de caráter, indiferente à pessoa prestes a perecer? Cristo ligou-o ao Seu trono eterno pelo sacrifício de Sua própria vida.

A descrição que Zacarias faz de Josué, o sumo sacerdote, é uma impressionante representação do pecador pelo qual Cristo está intercedendo para que seja levado ao arrependimento. Satanás fica à direita do Advogado, resistindo à obra de Cristo e pleiteando contra Ele que o homem é sua propriedade, visto que o escolheu como seu dominador. Mas o Defensor do ser humano, o Restaurador, o mais Poderoso dos poderosos, ouve os reclamos e as alegações de Satanás e lhe responde: “Que o Senhor o repreenda, Satanás! Sim, que o Senhor, que escolheu Jerusalém, o repreenda! Não é este um toco de lenha tirado do fogo?” […]

“O Anjo tomou a palavra e disse aos que estavam diante dele: ‘Tirem as roupas sujas que ele está usando.’ E a Josué ele disse: ‘Eis que tirei de você a sua iniquidade e agora o vestirei com roupas finas.’ Então eu disse: ‘Ponham um turbante limpo na cabeça dele.’ Puseram um turbante limpo na cabeça dele e o vestiram, na presença do Anjo do Senhor” (Zc 3:2-5).

Todo professor que assume a responsabilidade de lidar com mentes humanas tenha ciência de que cada pessoa que se sente inclinada a errar e é tentada com facilidade constitui o objeto da solicitude de Cristo, seu advogado. Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes. O compassivo Intercessor está pleiteando, e irão pecaminosos e finitos homens e mulheres repelir uma pessoa que seja? (Fundamentos da Educação Cristã, p. 274, 275).

PARA REFLETIR: Você acredita que Jesus está disposto a defendê-lo, perdoá-lo e renová-lo?

MEDITAÇÃO DIÁRIA31/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-mais-poderoso-dos-poderosos/

Deus é paciente com nossos erros -Gênesis 18

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 18

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 18 – É significativa a relevância de Abraão na Bíblia. O Antigo Testamento o menciona 234 vezes; o Novo Testamento o faz, 74 vezes; são 308 menções na Bíblia.

Ele é uma figura importante à fé de todos os fieis. Suas experiências devem influenciar nossa experiência com Deus.

Veja que, neste texto, após 25 anos a promessa feita em Gênesis 12:1-3 ainda não se cumprira. Abraão atingira 99 anos de idade quando visitantes celestiais chegaram a sua casa no calor do dia. Ao serem servidos com coalhada, leite e novilho assado, declararam ao casal idoso: 

“Voltarei a você na primavera, e Sara, sua mulher, terá um filho”. 

Sara riu consigo mesma e disse: “Depois de já estar velha e meu senhor já idoso, ainda terei esse prazer?”. 

A reação divina a essa incredulidade foi teológica; foi dito que Deus não conhece impossibilidades. Na sequência, a promessa foi reavivada; e, na sequência foi revelada a incredulidade de Sara e seu riso; mas, “Sara teve medo, e por isso mentiu: ‘Eu não ri’”.

Então, o ser angelical retrucou: “Não negue, você riu” (Gênesis 18:1-15). Apesar da incredulidade, medo e mentira, mesmo assim a promessa se cumpriria no próximo ano em Sara.

Após esse incidente, o assunto direciona-se para as iníquas cidades de Sodoma e Gomorra (Gênesis 18:16-33). 

• Embora Deus prometesse não mais destruir os amantes do pecado com Dilúvio (Gênesis 9), Ele não permitiria que o pecado se desenvolvesse a tal ponto de comprometer a existência do bem.

• Embora Deus seja extremamente paciente com nossas falhas (como a de Sara), quando o mal passa dos limites, Ele toma providências (como no caso de Sodoma e Gomorra). Contudo, Deus não agirá sem antes avisar (Amós 3:7). Avisou sobre o Dilúvio (2 Pedro 2:5), três seres celestiais avisam sobre Sodoma e Gomorra.

Deus é paciente com nossos erros, mas intolerante com a imoralidade desenfreada. Quando necessário, Ele toma providências; logo será a vez de nossa sociedade!

No processo de resolver o problema do pecado, a idosa Isabel (estéril como Sara), e a jovenzinha Maria (solteira), receberam a visita do anjo de Deus garantindo que cada uma delas seria mãe. Nesse contexto, novamente foi dito: “Pois nada é impossível para Deus” (Lucas 1:37). 

Assimile essa verdade ao teu coração! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

domingo, 30 de janeiro de 2022

23 Estudo Bíblico - A Glória de Deus

 23 Estudo Bíblico - A Glória de Deus

Assista a "A Glória de Deus" no YouTube

https://youtu.be/SVNd1kYdVMc



O PRIMEIRO ENTRE DEZ MIL

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

29/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-primeiro-entre-dez-mil/

O PRIMEIRO ENTRE DEZ MIL

E eis que uma mulher, que durante doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia, veio por trás de Jesus e tocou na borda da capa Dele. Mateus 9:20

Quando vocês correspondem à atração de Cristo e se unem a Ele manifestam fé salvadora. Falar de coisas religiosas de modo casual, orar por bênçãos espirituais sem verdadeira fome de alma e fé viva, vale pouco. A turba admirada, que se acotovelava junto a Jesus, não recebeu desse contato qualquer acréscimo de poder vital. Entretanto, quando a mulher pobre e sofredora, que por doze anos havia sido inválida, em sua grande necessidade estendeu a mão e tocou a orla de Suas vestes, ela sentiu a virtude que a curou. Seu toque foi de fé, e Cristo reconheceu esse toque. […] A fé que consegue nos colocar em contato vital com Cristo exprime, de nossa parte, preferência suprema, confiança perfeita e consagração plena. Essa fé opera por amor e purifica a alma. Opera na vida do seguidor de Cristo a verdadeira obediência aos mandamentos de Deus; pois amor a Deus e às pessoas será o resultado da ligação vital com Cristo.

Jesus disse: “Eu sou a videira, vocês são os ramos” (Jo 15:5). Poderemos imaginar uma relação mais íntima do que isso implica? As fibras dos ramos são idênticas às da videira. A comunicação de vida, força e nutrição do tronco para os galhos é desimpedida e constante. A raiz envia sua nutrição através dos ramos. Assim é a relação do crente com Cristo, se ele permanecer em Cristo e Dele extrair sua nutrição. Essa relação espiritual entre Cristo e a alma só pode ser estabelecida pela prática da fé pessoal. “Sem fé é impossível agradar a Deus” (Hb 11:6); pois é a fé que nos liga ao Céu, concedendo-nos força para lutar contra os poderes das trevas. “Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1Jo 5:4). Nossa alma se torna forte em poder espiritual, pois respiramos a atmosfera do Céu e reconhecemos que Deus está à nossa direita para que não desanimemos. Ascendemos acima do mundo, contemplamos Aquele que é o Primeiro entre dez mil, totalmente desejável, e contemplando-O nos transformaremos segundo Sua imagem (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 334, 335).

PARA REFLETIR: Sua fé em Jesus é resultado de uma vida totalmente consagrada a Deus?

Aliança de Deus com Abrão - Gênesis 17

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 17

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 17 – O relacionamento íntimo almejado por Deus com os pecadores não é algo abstrato, vago ou etéreo. Deus materializa o compromisso com algo visível, concreto – assim como o noivo e a noiva assumem um compromisso público no altar com alianças de ouro no dedo anelar da mão esquerda!

Gênesis 17 trata da aliança de Deus com Abrão materializada na circuncisão. Nesse compromisso íntimo com Abrão, desejando integridade e fidelidade da parte dele, Deus mudou Seu nome para Abraão, assim como muitas vezes acontece em várias culturas, da esposa mudar o nome inserindo o sobrenome do noivo/marido ao seu.

Sarai também teve o nome alterado para “Sara”, indicando que ela também estaria envolvida diretamente na aliança divina. Depois que Deus renovou a aliança com o casal idoso demais para ter filhos, reavivando a promessa no coração deles, mais uma vez Abraão demonstrou incredulidade oferecendo Ismael como seu herdeiro para dar continuidade aos planos divinos. Embora Deus abençoasse Ismael, seria Isaque quem daria continuidade ao plano do Messias, que salvaria o mundo.

Apesar da dificuldade de Abraão para confiar no Deus do impossível, sempre estava pronto para obedecer. Assim que Deus falou a ele, todos os homens foram circuncidados, inclusive Ismael (Gênesis 17:22-27).

Atualmente, Jesus substituiu a circuncisão pelo batismo nas águas (Mateus 28:19-21).

Deus quer estabelecer aliança com você, tão íntima como estabeleceu com Abraão e Sara. Ele almeja operar em tua vida e moldar teu caráter através de Sua Palavra como trabalhou na vida e no caráter do casal da fé. Não há obstáculo que possa atrapalhar os planos de Deus a não ser você mesmo, caso opte por rejeitá-los. O caráter é moldado por Deus com base em Sua Palavra, ao andar intimamente com Ele (Gênesis 17:1). 

A declaração de perfeição exigida por Deus precisa ser vista no contexto bíblico. Sobre isso, Ellen White é categórica:

“A igreja militante não é a igreja triunfante, e a Terra não é o Céu. A igreja se compõe de homens e mulheres ERRANTES e IMPERFEITOS, que são apenas alunos na escola de Cristo, a fim de serem adestrados e disciplinados, educados, para esta vida e para a futura vida imortal” (EF, 55).

Portanto, não foque em tuas falhas; comprometa-se com o Deus que nunca falha! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

Assista a "GÊNESIS 17 - Bíblia JFA Offline" no YouTube

https://youtu.be/3Gi1J85IiFE




sábado, 29 de janeiro de 2022

22 Estudo Bíblico - A Páscoa

 22 Estudo Bíblico - A Páscoa

Assista a "A Páscoa" no YouTube

https://youtu.be/64lFw0yAejc




Abrão, pai da fé Gênesis 16

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 


Leitura Bíblica - Gênesis 16

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 16 – A jornada de fé tem altos e baixos. Quem começa a caminhar com Deus, às vezes escorrega e cai na lama do pecado. Erros crassos podem manchar o currículo do crente, resultando em capítulos vergonhosos que indicam a terrível fragilidade humana.

Abrão, conhecido como pai da fé, assim que atendeu ao pedido de Deus, deixou de consultá-lO ao encontrar fome na “terra prometida”. Rapidamente tomou as rédeas da história nas mãos e desceu ao Egito. Lá, mentiu sobre sua esposa e quase colocou plano de Deus a perder. Saiu humilhado ao ser expulso do Egito. Contudo, ainda tinha muito que aprender sobre fé e dependência divina.

Embora fossem nobres e dignos de nota os seus gestos de salvar Ló e abençoar Sodoma, testemunhar de seu Deus e entregar o dízimo de tudo oa rei-sacerdote Melquisedeque, neste capítulo Abrão tropeça e cai, como pode acontecer a qualquer crente. É o que nos ensina Abrão após ter sido declarado justo em Gênesis 15:6. 

Corroborando com essa ideia, Ellen White é clara:

• “A santificação não é obra de um momento, uma hora, ou um dia. É um contínuo crescimento na graça” (1T, 340).

• “Quando estivermos revestidos da justiça de Cristo, não teremos o menor prazer no pecado; por Ele está trabalhando conosco. Poderemos cometer erros, mas odiaremos o pecado que causou os sofrimentos do Filho de Deus” (MJ, 338).

Em Gênesis 16 Sarai induz Abrão ao erro, como fez Eva no Éden. Seu marido aceitou ter relações com Hagar assim como Adão comeu conscientemente o fruto proibido das mãos de sua esposa. A desgraça foi imensurável tanto para o casal do Éden quanto para o casal da fé.

Assim que Hagar concebeu, nasceu forte tensão entre as duas mulheres a tal ponto de tornar impossível a estada de escrava egípcia na casa de Abrão. Ao sair rumo ao deserto, Hagar teve um encontro com Deus, O qual revelou Seu cuidado à mãe solteira, humilhada e desprezada.

Embora Ismael seja fruto de erros, não é assim que Deus o trata; pelo contrário, além de inclui-lo numa profecia, foi o primeiro bebê a ter o nome escolhido por Deus.

Deus é maravilhoso: Portanto, não fuja dos problemas, corra para Ele que, em nossas fragilidades, ouve nossos gemidos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

O MODELO PERFEITO

 O MODELO PERFEITO

   Para isto mesmo vocês foram chamados, [...] Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando exemplo para que vocês sigam os Seus passos. 1 Pedro 2:21

   Aqueles que manifestam descrença sentirão pouco entusiasmo quando o céu estiver reluzente e tudo se mostrar animador. Quando, porém, a batalha for difícil, quando precisarmos demonstrar esperança contra todas as probabilidades e levar nossas súplicas ao trono da graça em meio à escuridão profunda, então os descrentes falarão da boa terra de Canaã, mas destacarão os perigos a ser enfrentados. Ficarão detidos nas fortalezas e nos gigantes que encontraremos. Nesse momento, a voz do fiel Calebe será ouvida: “A terra pela qual passamos para espiar é terra muitíssimo boa. Se o Senhor Se agradar de nós, então nos fará entrar e nos dará essa terra, que é uma terra que mana leite e mel” (Nm 14:7, 8).

   Homens e mulheres de coragem são necessários hoje; pessoas que arrisquem algo em prol da verdade; indivíduos sóbrios, mas não sombrios e desanimados; pessoas que vigiem em oração e cujas orações se misturem a uma fé viva e ativa. Podemos ser alegres e até jubilosos. Em meio a cada tentação, nossa linguagem deve expressar fé, esperança e coragem. Não devemos condescender com a leviandade e os gracejos. Nenhuma expressão vulgar deve escapar de nossos lábios, pois Satanás se aproveita disso. Estamos vivendo a hora solene do juízo, na qual devemos afligir a alma, confessar nossos erros, arrepender-nos de nossos pecados e orar uns pelos outros para sermos curados.

   Se nos convertermos, não representaremos mais a Satanás por meio de um caráter distorcido e unilateral. Em vez disso, em caráter, palavras e atos nos conformaremos com o Modelo perfeito que nos foi dado na vida de Cristo. A menos que sigamos esse exemplo, nossas práticas erradas nos encerrarão nas armadilhas de Satanás. Não podemos nos dar ao luxo de flertar com o tentador – de persistir em um hábito errôneo, de acariciar um pecado preferido. Se confessarmos e abandonarmos nossos pecados, se nos aproximarmos de Jesus em penitência e humildade de alma, reconhecendo nossa incapacidade de remover a mancha do pecado, e dependermos completamente dos méritos de um Salvador crucificado, poderemos esperar o perdão, pois Sua Palavra é certa. Ele disse que perdoará nossas transgressões e eliminará nossos pecados. Devemos demorar nossos pensamentos no amor e na compaixão incomparáveis de Jesus, não na própria indignidade e condição pecaminosa (Review and Herald, 13 de maio de 1884).

   PARA REFLETIR: Há algo em sua vida que tem impedido você de seguir a Cristo de forma mais completa?

MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sábado, 29 de janeiro


sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

21- Estudo Bíblico- Shekinah

 21 Estudo Bíblico- Shekinah

Assista a "Shekinah" no YouTube

https://youtu.be/Ud66nmoQQHY



A CABEÇA DIVINA

 A CABEÇA DIVINA

Assim, pois, pelos seus frutos vocês os conhecerão. Mateus 7:20

A obra para este tempo deve apelar ao espírito do cristão como a mais importante que se possa realizar. É questão de cultivar a vinha do Senhor. Nessa vinha, todo ser humano tem função e lugar designados pelo Senhor. O êxito de cada um depende de sua relação individual com a Cabeça divina.

A graça e o amor de nosso Senhor Jesus Cristo e Sua terna relação para com Sua igreja na Terra devem manifestar-se pelo desenvolvimento de Sua obra e a evangelização do povo em muitos lugares. Os princípios da verdade e da justiça devem ser vistos mais e mais na vida dos seguidores de Cristo. As transações comerciais devem ser marcadas por menos cobiça e mais abnegação do que se tem visto na igreja desde o derramamento do Espírito Santo no dia de Pentecoste. Nem um vestígio da influência dos monopólios egoístas, mundanos, deve causar a mais leve impressão no povo que está vigiando, trabalhando e orando pela segunda vinda de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo nas nuvens do Céu com poder e grande glória.

Não estamos, como um povo, preparados para o aparecimento do Senhor. Caso fechássemos as janelas da alma para a Terra e abríssemos para o Céu, toda instituição estabelecida seria uma luz ardente e resplandecente no mundo. Cada membro da igreja que vivesse as grandes, elevadas e enobrecedoras verdades para este tempo seria uma luz ardente e resplandecente. Não podemos agradar a Deus a menos que sejamos possuídos pela eficiência do Espírito Santo. Tão pura e verdadeira deve ser a relação de uns para com os outros, que mostrarão que são um com Cristo por suas palavras, afeições e qualidades. Devem ser sinais e maravilhas em nosso mundo, levando avante de maneira sábia todo ramo da obra. As diferentes partes da obra devem ser tão harmoniosamente relacionadas umas com as outras que todas devem se mover como mecanismos bem ajustados. Então se compreenderá a alegria da salvação de Cristo. Não haverá nada da representação feita por aqueles a quem foi dada a luz da verdade para comunicar, mas que não revelaram os princípios da verdade em sua associação uns com os outros, que não fizeram a obra do Senhor de maneira a glorificá-Lo (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 113, 114).

PARA REFLETIR: De que vale conhecer a verdade se lhe faltar o amor demonstrado por Cristo?

Meditação Diária

28/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-cabeca-divina//

O Deus que faz promessas - Gênesis 15

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 15

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 15 – Nesse ponto da história, por três vezes Abrão recebera de Deus a promessa que até agora não se cumprira. Por três vezes Deus havia instigado a esperança do velho Abrão, de um filho com sua esposa estéril (Gênesis 12:2, 7; 13:6); contudo, ainda era apenas promessa.

Muitas vezes quando parece que Deus brinca com sentimentos, na verdade Ele está trabalhando o desenvolvimento espiritual do pecador. Nesse diálogo íntimo entre Deus e Abrão, há indagações, propostas; e, Deus corrige as boas intenções do ansioso: “Levando-o para fora da tenda, disse-lhe: ‘Olhe para o céu e conte as estrelas, se é que pode contá-las’. E prosseguiu: ‘Assim será a sua descendência’. Abrão creu no Senhor, e isso lhe foi creditado como justiça” (Gênesis 15:5-6). Na sequência, ambos entraram em aliança através de rituais culturais da época (Gênesis 15:7-11).

Quando olhamos a imensa criação, entendendo que Deus é maior que o infinito Universo, depositaremos nossa confiança nEle e tranquilizaremos nosso coração. Existe uma ligação dessa confiança, com a justificação pela fé. Quanto mais o pecador conhece a grandeza de Deus, menos confia em si mesmo, passando a confiar mais nEle. “Deus declarou que Abrão era justo não por causa de atos de justiça ou grandes sacrifícios, mas com base em sua fé”, comenta a Bíblia Andrews.

O Deus que faz promessas conhece o futuro e interage na história. Ele revelou o que aconteceria à descendência de Abrão no Egito e indicou as terras dos povos que daria a sua posteridade (Gênesis 15:12-21).

A grande questão é, por que Deus tiraria nações das próprias terras para entregá-las a Israel?

• Deus é Soberano do Universo, e está no controle da cada situação julgando o mal, a fim de fazer com que o bem prevaleça neste mundo tomado pelo maligno. O Egito seria o primeiro a ser julgado; antes, porém, teria portentosas provas para render-se a Deus.

• As nações teriam um tempo de graça, e só deveriam ser destruídas quando estivessem totalmente saturadas de pecado – assim como um saco de batatas podres.

Nossa sociedade já está saturada da imundícia do pecado. Está podre! Se o retorno de Cristo é o próximo “basta” divino frente à multiplicação da iniquidade, deve estar quase no tempo dEle voltar! 

Compartilhe essa revelação! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

20-Estudo Bíblico- Tirado das águas

 20 Estudo Bíblico- Tirado das águas

Assista a "Tirado das águas" no YouTube

https://youtu.be/V6RzbSYZqDg



O SANTO DE ISRAEL

 O SANTO DE ISRAEL

O Meu Filho eles respeitarão. Mateus 21:37

Deus suportou Seu povo com coração de pai. Pleiteou com eles por bênçãos dadas e retiradas. Pacientemente lhe expôs seus pecados, e com longanimidade esperava seu reconhecimento. Profetas e mensageiros foram enviados para reclamar os direitos de Deus sobre os lavradores; mas, em vez de serem bem-vindos, foram tratados como inimigos. Os lavradores perseguiam-nos e matavam-nos. Deus enviou ainda outros mensageiros, porém receberam o mesmo tratamento que os primeiros, os lavradores apenas mostraram ódio ainda mais decidido.

Como último recurso, Deus enviou Seu Filho, dizendo: “O Meu Filho eles respeitarão” (Mt 21:37). Mas sua resistência tornara-os vingativos, e disseram entre si: “Este é o herdeiro; venham, vamos matá-Lo e ficar com a herança Dele para nós” (v. 38).

Os líderes judeus não amavam a Deus. Por isso, romperam com Ele e rejeitaram todas as propostas para uma reconciliação justa. Cristo, o Amado de Deus, veio para reivindicar os direitos do Proprietário da vinha; mas os lavradores O trataram com desprezo aberto, dizendo: “Não queremos que este reine sobre nós.” Invejavam a beleza do caráter de Cristo. Sua maneira de ensinar era muito superior à deles, e temiam Seu êxito. Argumentava com eles, desmascarando sua hipocrisia e lhes mostrando a consequência inevitável de seu procedimento. Isso lhes provocou a ira ao extremo. Torturavam-se ante as repreensões que não podiam silenciar. Odiavam o alto padrão de justiça que Cristo constantemente apresentava. Viam que Seus ensinos acabariam revelando seu egoísmo e resolveram matá-Lo. Odiavam Seu exemplo de fidelidade e piedade, e a elevada espiritualidade revelada em tudo quanto fazia. Toda a Sua vida lhes era uma reprovação do egoísmo, e, ao chegar a prova final, prova que significava obediência para vida eterna ou desobediência para morte eterna, rejeitaram o Santo de Israel. Ao escolherem entre Cristo e Barrabás, exclamaram: “Solte-nos Barrabás” (Lc 23:18). E ao perguntar Pilatos: “Que farei, então, com Jesus?” gritaram: “Que seja crucificado!” (Mt 27:22) (Parábolas de Jesus, p. 293, 294).

PARA REFLETIR: Você já tentou silenciar a voz de Jesus porque Ele repreendeu algum pecado acariciado em sua vida? Por acaso você é diferente da turba que gritou: “Que seja crucificado!”?

Meditação Diária

27/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-santo-de-israel/


Crescer espiritualmente com Abrão - Gênesis 14

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 14

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 14 - Nossa existência é marcada por resoluções de problemas; pois, desafios constantes surgem a qualquer momento na vida!

Como o coração humano se corrompeu com o pecado, as pessoas se tornaram mais agressivas do que passivas, mais briguentas do que pacíficas, mais vingadoras do que perdoadoras, mais desumanas que humanas, mais ambiciosas que generosas, mais egoístas que altruístas. Nisso reside o princípio de todas as guerras e responde o porquê das nações sempre estarem em tensões.

Escolhendo lugares próximos a Sodoma e Gomorra, Ló colocava em risco sua família. O pior aconteceu: Numa das guerras entre os povos da região, toda a família de Ló foi saqueada e levada cativa (Gênesis 14:1-12). Ló perdeu tudo! Nossas escolhas têm consequências; entretanto, muitas vezes a ambição cega nossos olhos a elas, até percebê-las durante a dor. 

Ao saber, Abrão tomou providências; e, pela fé, confiando em Deus, conseguiu reverter as consequências. Sua atitude abençoou também aos pagãos, a tal ponto do rei sodomita procurá-lo oferecendo-lhe recompensas; todavia, ele se negou recebê-las. Sua rejeição foi a forma dele testemunhar de sua fé em seu Deus (Gênesis 14:13-17, 20-24).

Temos muito que aprender a crescer espiritualmente com Abrão. Além de lutar por seus familiares, resolver um problema para povos pagãos e testemunhar do Deus Altíssimo, seu encontro com Melquisedeque, rei de Salém, a quem ele entregou o dízimo de tudo, é bastante significativo (Gênesis 14:18-20).

O lugar de Melquisedeque é associado a Jerusalém (Salmo 72:2). Entretanto, “nada se sabe de sua família e origem. Sua aparição e seu desaparecimento súbitos como rei-sacerdote são retomados no NT e compreendidos como um tipo de Jesus, o verdadeiro Rei-Sacerdote (Hb 7:1-15... Abrão reconheceu as bênçãos de Deus e devolveu um décimo ao representante de Deus, a quem ele claramente reconhece como tal. A prática de dizimar com fidelidade não foi uma inovação posterior da lei (Lv 27:30-33; Dt 14:22-29), mas um princípio enraizado na natureza do Senhor. Por ser dono do universo e doador de bênçãos, Ele verdadeiramente merece a expressão de fé e gratidão do Seu povo” , comenta a Bíblia Andrews.

Cresçamos em fé como Abrão! Sejamos fieis a Deus! Confiemos nEle para testemunharmos dEle em todo tempo a todas as pessoas! 

Amadurecimento é essencial ao reavivamento! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

19- Estudo Bíblico- O povo de Israel

 19 Estudo Bíblico- O povo de Israel

Assista a "O povo de Israel" no YouTube

https://youtu.be/uOj8Tcd9T9A



O CENTRO DE TODA BONDADE

 O CENTRO DE TODA BONDADE

Tu és bom e fazes o bem; ensina-me os Teus decretos. Salmo 119:68

   Na humanidade de Cristo há fios de ouro que unem o pobre ser humano que crê e confia à própria alma do amor infinito. Ele é o grande Médico. Em nosso mundo, suportou nossas enfermidades e carregou nossos fardos. É Aquele que cura com poder todas as doenças. Foi pobre, mas, ainda assim, era o Centro de toda bondade e de toda bênção. É um reservatório de poder a todos, a fim de consagrar os seus poderes à obra de formar filhos de Deus.

   Cristo sempre foi amigo dos necessitados. Escolheu a pobreza e a honrou por fazer parte dela. Ele a destituiu para sempre do desprezo ao abençoar os pobres, os herdeiros do reino de Deus. Essa foi Sua obra. Ao Se consagrar a uma vida de pobreza, redimiu a pobreza de sua humilhação. Posiciona-Se ao lado dos necessitados a fim de tirar da pobreza o estigma que o mundo lhe atribuiu. Ele conhecia o perigo do amor às riquezas. Sabia que esse amor arruína muitas pessoas. Ensina-as a desprezar os que sofrem pela opressão da pobreza. Desenvolve a fragilidade da mente humana e revela que, apesar da profusão de bens, os ricos não são ricos para com Deus.

   O caráter de muitos foi moldado de acordo com a falsa estima atribuída aos ricos deste mundo. A pessoa que possui casas e terras, louvada e iludida pelo respeito que recebe, pode olhar com altivez para um pobre possuidor de virtudes que o rico desconhece. Quando pesado na balança de ouro do santuário, a pessoa egoísta e gananciosa será achada em falta, enquanto o pobre fervoroso que dependeu somente de Deus para obter virtude e bondade será recebido como herdeiro das riquezas eternas no reino de Deus (Manuscrito 22, 1898).

  PARA REFLETIR: Por que Jesus escolheu Se tornar pobre e viver ao lado dos destituídos e marginalizados? Como você pode imitar o amor de Jesus pelos sofredores e oprimidos?

MEDITAÇÃO DIÁRIA - 26 de janeiro

Escolhas - Gênesis 13

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 13

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 13 – Nossa vida é marcada por escolhas, na maioria das vezes escolhemos mal. Somente com Deus nossas escolhas serão boas. Há muito que aprender nesse texto!

Ur dos Caldeus era um lugar bem desenvolvido, de onde Deus chamou Abrão (Atos 7:2-3). O chamado foi renovado por Deus em Harã (Gênesis 11:31), confirmado em Siquém (Gênesis 12:7), e de novo em Betel (Gênesis 13:14-17) e mais duas vezes em Hebrom (Gênesis 15:5-18; 17:1-8).

Ur dos Caldeus era um lugar próspero, assim como Harã. Parece que Abrão só avançou além de Harã quando foi novamente chamado por Deus. Até Harã ele estava com toda sua família, a qual Josué 24:2-3 informa que “prestavam culto a outros deuses”. “Até então, Deus lidara com toda a raça adâmica, que agora se afundava numa idolatria universal. Deus, então, seleciona um pequeno braço do grande rio por meio do qual, por fim, purificará o próprio rio” (Merril F. Unger).

Em Gênesis 12 vemos que além de não consultar a Deus, se devia ir ao Egito em busca de alimentos para sua família, servos e animais, Abrão mentiu e sofreu algumas consequências; só não sofreu mais porque Deus entrou em cena e “livrou a pele dele”. Deus atua apesar de nossos erros; e nos redireciona quando reconhecemos onde falhamos e decidimos retornar ao lugar de onde não deveríamos ter saído. 

Abrão engatinhava na fé; estava sendo moldando e levando à maturidade. Após ser mandado embora do Egito devido a repreensão de Deus ao Faraó, sua fé amadureceu. Ele, que havia errado em levar a parentela que deveria ter deixado para trás, precisava resolver essa questão porque enfrentava dificuldades com os pastores de Ló, seu sobrinho (Gênesis 13:1-18).

Há certos problemas que só se resolvem com fé, confiando na condução de Deus. Abrão aprendeu com dificuldades. Então, primeiro deixou Ló escolher sua região, escolha esta feita pela vista, rumo ao declínio espiritual; Abrão, foi ao outro lado, dependendo de Deus. Escolher pela fé é um desafio para nós; porém, ao fazê-lo, a espiritualidade decola!

Independente de Deus, nossas escolhas são falhas. Com visão limitada para saber o que realmente é bom para nós, só Deus sabe do que realmente nos encherá o coração de satisfação diante de qualquer situação! Confiemos! 

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

18 - O preço da fidelidade

 18 Estudo Bíblico - O preço da fidelidade

Assista a "O preço da fidelidade" no YouTube

https://youtu.be/sNqqkHx1QYk



O MÉDICO DIVINO

 O MÉDICO DIVINO

“Porque restaurarei a sua saúde e curarei as suas feridas”, diz o Senhor. Jeremias 30:17

Cristo tem todo o poder no Céu e na Terra. É o grande Médico a quem temos de invocar quando padecemos de uma enfermidade física ou espiritual. Sobre os ventos e as ondas e sobre indivíduos possuídos de demônios, Ele mostrou possuir domínio absoluto. Foram-Lhe dadas as chaves da morte e do inferno. Foram-Lhe sujeitas as potestades e potências, mesmo durante o tempo de Sua humilhação.

Por que não exercemos maior fé no Médico divino? Como Ele operou pelo homem atacado de paralisia, assim fará hoje pelos que a Ele vão em busca de cura. Necessitamos de muito mais fé. Fico alarmada ao ver a falta de fé entre nosso povo. Precisamos chegar diretamente à presença de Cristo, crendo que Ele curará nossas enfermidades de corpo e de espírito.

Somos deficientes em fé. Ó! Como desejaria poder levar nosso povo a ter fé em Deus! Eles não necessitam achar que, para exercer fé, precisam alcançar um estado elevado de euforia. Tudo quanto têm a fazer é crer na Palavra de Deus, da mesma maneira que acreditam na palavra uns dos outros. Ele o disse, e cumprirá Sua Palavra. Confiem tranquilamente em Sua promessa, pois Ele leva a sério tudo quanto diz. Digam: Ele me disse isso em Sua Palavra, e cumprirá toda promessa que fez. Não fiquem inquietos. Sejam confiantes. A Palavra de Deus é fiel. Procedam crendo que nosso Pai celestial é digno de confiança.

Ninguém vive para si. Na obra de Deus é designado a cada um seu posto de dever. A união de todos fortalece a obra de cada um. À medida que a fé, o amor e a unidade da igreja se fortalecem, seu círculo de influência é fortalecido, e eles devem alcançar o mais amplo limite dessa influência, estendendo constantemente os triunfos da cruz (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 83, 84).

PARA REFLETIR: Como você pode exercitar fé e confiança completa no Médico divino? Que situações levam você a perder a confiança em Jesus?

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-medico-divino/

Meditação Diária 25/01/2022


A história de Abrão

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 12

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 12 – A história de Abrão inicia em Gênesis 11. Após encerrar a genealogia de Jafé e Cam, Moisés enfatizou a descendência de Sem.

Dali para frente “os semitas ocupam o ponto culminante, e a atenção concentra-se em Héber (10:21, 24-25), de quem os hebreus (heb. ibri) tomaram nome. Esse ancestral de Abraão antecede os patriarcas dos judeus, sobre quem está o foco da segunda metade de Gênesis”, explica Eugene H. Merrill.

“Héber inclui todas as tribos árabes (10:25-30), bem como os israelitas (11:16-26), ismaelitas, midianitas (25:2) e edomitas. O nome Héber (‘o outro lado’) denota ou (1) os que vieram do ‘outro lado do Rio’ (Eufrates), i.e., Harã (Js 24:2-3), ou (2) os ligados a Habiru (´Apiru), bem conhecido por registros arqueológicos”, amplia Merrill F. Unger.

Sendo descendente de Sem, um dos filhos de Noé, primogênito de Terá, Abrão herdaria legalmente privilégios e responsabilidades patriarcais de um clã. Casado com Sarai (estéril), o casal residia tranquilamente em Ur dos Caldeus, norte da Mesopotâmia; onde recebeu a visita de Deus que pediu para deixar o comodismo e a segurança palpável em troca de impressionantes promessas.

Atendendo ao pedido, com 75 anos de idade, Abrão tomou seus pertences, deixou a cidade de Harã e partiu na direção indicada. Ao chegar em Canaã percebeu um problema de grandes proporções que o fez buscar ajuda imediata no Egito, não em Deus (Gênesis 12:1-9).

Dificuldades surgem quando se decide seguir os planos de Deus neste mundo perverso. Neste mundo que jaz no maligno (1 João 5:18) tudo conspira contra nossa confiança em Deus! A perseverança caracteriza o fiel (Apocalipse 14:7).

Abrão ergueu a cabeça, pensou positivo, enfrentou a crise, elaborou um plano, analisou os prós e contra, agiu rapidamente como orientaria qualquer Coaching para o sucesso. Contudo, Abrão fracassou. Não deu tudo errado. Sarai foi alvo de cobiça do Faraó, como sendo irmã sua irmã; porém, Deus interferiu e nada aconteceu a Sarai. Por conseguinte, Abrão que era respeitado, foi expulso e pago para sair do Egito. Retornou ao lugar de onde não deveria ter saído (Gênesis 12:10-20).

Durante a jornada de fé, às vezes devemos dar meia-volta, assim que percebermos que nossas escolhas causam mais problemas que soluções. O essencial da vida é ter fé em Deus! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

17- A face de Deus

 17 Estudo Bíblico - "A face de Deus"

Assista a "A face de Deus" no YouTube

https://youtu.be/JqlvWoiw8nU




RADIANTE ESTRELA DA MANHÃ

 A RADIANTE ESTRELA DA MANHÃ

Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus. Apocalipse 14:12

Nas mensagens de Deus, proclamadas pela igreja remanescente, estão encerrados mistérios que os próprios anjos desejariam conhecer, e que tanto profetas e reis como pessoas justas de todos os tempos desejaram compreender. Os profetas pregaram acerca dessas coisas e se esforçaram para entender o que haviam predito, mas não tiveram esse privilégio.

As verdades da mensagem do terceiro anjo têm sido apresentadas por alguns como uma teoria árida. Entretanto, nessa mensagem deve ser exposto o Cristo Vivo, por excelência. Ele deve ser revelado como o primeiro e o último, como o Eu Sou, a Raiz e Rebento de Davi, como a radiante Estrela da Manhã. Através dessa mensagem, o caráter de Deus em Cristo deve ser manifestado ao mundo. Deve soar o chamado: “Ó Sião, você que anuncia boas-novas, suba a um alto monte! Ó Jerusalém, você que anuncia boasnovas, levante a sua voz fortemente! Levante-a, não tenha medo. Diga às cidades de Judá: ‘Eis aí está o seu Deus!’ Eis que o Senhor Deus virá com poder, e o Seu braço dominará; eis que o Seu galardão está com Ele, e diante Dele vem a Sua recompensa. Como pastor, Ele apascentará o Seu rebanho; entre os Seus braços recolherá os cordeirinhos e os carregará no colo; as que amamentam Ele guiará mansamente” (Is 40:9-11).

Agora, como o fez João Batista, devemos apontar para Jesus, dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1:29). Agora, como nunca antes, deve soar o convite: “Se alguém tem sede, venha a Mim e beba” (Jo 7:37). “E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem ouve diga: Vem! Aquele que tem sede venha; e quem quiser receba de graça a água da vida” (Ap 22:17).

Há uma grande obra a ser feita, e cada esforço possível deve ser empreendido para revelar Cristo como o Salvador que perdoa pecados, Cristo como o Portador de pecados, Cristo como a brilhante Estrela da Manhã; e o Senhor nos concederá graça perante o mundo até que a obra seja completada (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 19, 20).

PARA REFLETIR: Qual foi a última vez que Deus lhe concedeu um favor enquanto você procurava revelar Cristo a alguém? Qual é a sensação de saber que Deus o usou para partilhar a radiante Estrela da Manhã com outros?



A torre de Babel - Gênesis 11

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 


Leitura Bíblica - Gênesis 11

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 11 – O relato no início deste capítulo explica a divisão familiar de Gênesis 10. Também informa a origem dos idiomas do mundo.

Ninrode foi um dos responsáveis pela confusão da língua universal. Embora não seja tão conhecido, ele foi um grande homem no passado. 

“Ninrode funda seu império em evidente agressão (10:8) Seu poder é tão imenso que se torna proverbial em Israel (10:9). Seu império incluía toda a Mesopotâmia, tanto Babilônia ao sul (10:10) quanto a Assíria ao norte (10:10-12). Como principais centros de seu império, ele funda a grande cidade de Babilônia, mais notavelmente Babel (10:10); e, subsequentemente, tendo mudado para a Assíria, fundou Nínive ainda maior (10:11)” (Bruce K. Waltke).

A dispersão era ideia de Deus (Gênesis 9:1); mas, a busca imperial por nome e fama, pautados pela arrogância, petulância e orgulho levaram os presunçosos a se rebelarem contra Ele. 

Observe que muitos séculos depois, a Babilônia de época de Daniel mantinha a mesma filosofia (Daniel 3) ainda que Deus demonstrara a Nabucodonosor que outros reinos substituiriam o seu Império (Daniel 2). Note também que Daniel 1:2 faz referência à “Sinear” de Gênesis 11:2. Interessante que no livro de Daniel, (cujo significado é “Deus é meu Juiz”), Deus aparece sempre julgando. No capítulo 4, Nabucodonosor precisou comer pasto para reconhecer a Soberania de Deus. No capítulo 5, uma das frases na parede do Império Medo-Persa significava: “Foste pesado na balança e achado em falta”.

O mesmo Deus que julgou na época de Daniel julgou na época de Ninrode. O tempo passa, mas a lição não é aprendida. No tempo do fim, a mesma filosofia ambiciosa permanece, providencialmente a profecia indica Babilônia como o ecumenismo mundial contrário ao plano de Deus; porém, Babilônia enfrentará o mesmo Deus que julgou a Torre de Babel (Apocalipse 14:6-11; 18:1-24).

O desejo de grandeza surgiu com Lúcifer que se opôs a Deus (Isaías 13:1-22; 14:1-23) e põe esse perfil no coração dos pecadores. Precisamos aprender que, investir em qualquer coisa contra a vontade de Deus acaba em maldição.

O importante é fazer parte do povo que aceita servir a Deus, como a família de Abraão (Gênesis 11:10-32). Essa é a única grandeza que vale a pena e rende bênçãos de verdade (Gênesis 12:1-2).

Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

domingo, 23 de janeiro de 2022

16 Estudo Bíblico -"Israel"

 16 Estudo Bíblico -"Israel"

Assista a "Israel" no YouTube

https://youtu.be/LYnQI-I9YfA


O GRANDE REMÉDIO CONTRA O PECADO

 O GRANDE REMÉDIO CONTRA O PECADO

Porque Deus enviou o Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele. João 3:17

Cristo disse aos Seus discípulos: “Vocês são a luz do mundo” (Mt 5:14). Assim como o Sol se move pelo céu para encher o mundo de claridade, os seguidores de Jesus devem irradiar a luz da verdade sobre os que tateiam em meio às trevas do erro e da superstição. Entretanto, os seguidores de Cristo não têm luz em si mesmos. É a luz do Céu que incide sobre eles e deve ser refletida ao mundo.

A luz da vida é livremente ofertada a todos. Todos que desejarem podem ser guiados pelos raios brilhantes do Sol da Justiça. Cristo é o grande Remédio contra o pecado. Ninguém pode alegar que as circunstâncias, a educação ou o temperamento são uma desculpa para viver em rebelião contra Deus. Os pecadores estão nessa condição por escolha deliberada. Nosso Salvador disse: “A condenação é esta: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal detesta a luz e não se aproxima da luz, para que as suas obras não sejam reprovadas” (Jo 3:19, 20).

Quando as reivindicações divinas são apresentadas, aqueles que amam o pecado revelam seu verdadeiro caráter pela satisfação com que apontam os defeitos e erros de professos cristãos. São declarações feitas com o mesmo espírito do seu mestre, Satanás, a quem a Bíblia chama de “acusador dos nossos irmãos” (Ap 12:10). Se uma notícia negativa circula, quão rapidamente ela é exagerada e passada de boca em boca! Quantos se regalam nela, como abutres em cima de uma pilha de lixo […].

O cristão verdadeiro que “pratica a verdade se aproxima da luz, para que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus” (Jo 3:21). Sua vida piedosa e conversa santa são testemunhos diários contra o pecado e os pecadores. É um representante vivo da verdade que professa. Ao se referir a esses seguidores de coração sincero, Jesus declara que não Se envergonha de chamá-los de irmãos. Todo aquele que enfim obtém a vida eterna manifesta zelo e devoção no serviço de Deus […]. Conhecer seu dever é realizá-lo com toda dedicação e sem temor. Segue a luz à medida que ela brilha no caminho, sem se importar com as consequências. O Deus da verdade está ao seu lado e jamais o abandonará (The Signs of the Times, 9 de março de 1882).

PARA REFLETIR: Sua vida é um testemunho a favor do pecado ou contra ele? Como você pode saber a resposta?

Meditação Diária

23/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-grande-remedio-contra-o-pecado/

A origem dos Povos - Gênesis 10

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 10

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 10 – Dos três filhos de Noé surgem três principais raças pós Dilúvio. O pecado não fora erradicado na catástrofe. No mesmo capítulo da aliança de Noé com Deus (Gênesis 9), vemos esse herói da fé (Hebreus 11:7) bêbado e amaldiçoando seu filho/neto praticante do pecado da zombaria.

Pequenos erros acarretam grandes problemas no presente e no futuro. Embriaguez, zombaria e fofoca atraem maldições. Noé embriagou-se e atraiu desgraça para sua casa; Cam, ao fofocar do erro do pai, atraiu maldição a sua posteridade. Embriagado, Noé se despiu mostrando que o desequilíbrio na vida espiritual derruba qualquer gigante da fé, acarretando desonra e vergonha.

Desrespeito com quem erra, humilhação, lascívia, vulgaridade, obscenidade e banalização tanto quanto a omissão, são pecados ridículos que atraem maldição. Cam, sem respeito ao pai, ao invés de cobri-lo (omissão), saiu contar ao irmão (fofoca). Diante de escândalos cometidos, o importante não é divulgação; espalhar o erro é tão errado quanto cometê-lo – se não for ainda pior. Ellen White é categórica ao afirmar:

“O Senhor nunca abençoa aquele que critica e acusa a seus irmãos, pois esta é a obra de Satanás” (Ev, 102).

“Cristo é menosprezado e profanado pelos que difamam Seus servos” (4T, 195).

“Em vez de críticas e censuras, tenham nossos irmãos palavras de animação e confiança para com os instrumentos do Senhor” (4T, 185).

Se pequenos erros atraem grandes problemas para a vida, os pequenos acertos acarretam maravilhosas bênçãos. É o que aprendemos com o ato de graça de Sem e Jafé ao cobrir a desgraça do pai (1 Pedro 4:8). Arthur J. Ferch declarou: “Ainda que podemos justificar o pecado, temos de examinar a nós mesmos humildemente, identificarmos com o pecador de forma compreensiva, exortar com amor e procurar em forma redentora cobrir a nudez do pecador”.

Isso faz parte do pano de fundo de Gênesis 10. Setenta nações são apresentadas:

14 nações de Jafé (10:2-5).

30 nações de Cam (10:6-20).

26 nações de Sem (10:21-32).

A origem de uma nação explica sua moralidade. Os canaanitas amaldiçoados se tornaram adoradores pagãos, cultuaram seus deuses através da perversão sexual. Destes surgiram os egípcios, babilônios, assírios e cananeus; os piores vizinhos de Israel.

Jesus descendeu de Sem, para abençoar com Seu amor a todas as nações. Siga-O! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

sábado, 22 de janeiro de 2022

15- Jeová Jireh

 15- Estudo Bíblico - Jeová Jireh

Assista a "Jeová Jireh" no YouTube

https://youtu.be/_XCJJvfVh_k

O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

 O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

O Senhor lutará por vocês; fiquem calmos. Êxodo 14:14

Reflito na meditação de Cristo e na promessa: “Não deixarei que fiquem órfãos; voltarei para junto de vocês” (Jo 14:18). A atuação do Espírito Santo se alia ao esforço humano, e todo o Céu se engaja na obra de preparar o povo para resistir a estes dias finais. O fim está próximo, e queremos manter o mundo futuro em vista. Meu pedido de oração é que as igrejas acordem do torpor moral para uma obra fervorosa e interessada. Ó, se vissem e entendessem que, nesse último conflito, o Capitão do Exército do Senhor lidera as hostes celestiais, misturando-Se às fileiras e guerreando nossas batalhas por nós. Teremos apostasias. Elas devem ser esperadas. “Eles saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos” (1Jo 2:19). “Toda planta que Meu Pai celeste não plantou será arrancada” (Mt 15:13).

O anjo, o poderoso anjo do Céu, iluminará “a terra […] com a sua glória”, enquanto brada poderosamente em alta voz: “Caiu! Caiu a grande Babilônia!” (Ap 18:1, 2). Ó, como desejo que 

Perderemos a fé e coragem no conflito se não formos sustentados pelo poder de Deus. Toda forma de mal se desenvolverá em intensa atividade. Anjos maus unem seus poderes aos ímpios. Uma vez que estão em conflito constante e adquiriram experiência nas melhores táticas de engano e batalha, fortalecendo-se ao longo dos séculos, não cederão diante do confronto final sem uma luta desesperada. O mundo inteiro estará de um dos lados da questão. A batalha do Armagedom será travada, e esse dia não poderá encontrar nenhum de nós dormindo. Precisamos estar bem despertos, como as virgens prudentes, com óleo na vasilha. O que é isso? Graça, graça! O poder do Espírito Santo necessita estar sobre nós, e o Capitão do Exército do Senhor permanecerá à frente dos anjos do Céu para liderar a luta (Carta 112, 1890).

PARA REFLETIR: Satanás e seu exército maligno farão tudo que estiver a seu alcance para combater os exércitos de Deus. Você está pronto para assumir seu posto na grande batalha por vir? O que pode fazer hoje para se preparar?

Meditação Diária

22/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-capitao-do-exercito-do-senhor/

A Aliança - Gênesis 9

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 9

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 9 – Deus anseia comprometer-Se conosco e espera que respondamos comprometendo-nos com Ele. Em Gênesis 6:18 acontece a primeira referência explícita de Deus fazendo aliança com humanos; porém, embora “seja a referência mais antiga a uma aliança na Bíblia, o uso desse termo hebraico específico implica que Deus já havia feito uma aliança com a humanidade. Nesse sentido, a aliança de Deus com Noé pode ser vista como uma renovação de Sua aliança com Adão, para a qual a Bíblia aponta implicitamente em Gênesis 3:15”, explicam Gerhard e Micahel Hasel.

A aliança que Deus fez após o Dilúvio não se limita a Noé, ela é incondicional e mundial. Deus evidenciou Seu sinal de aliança de compromisso conosco através de um arco-íris; sinal físico, visível, nas nuvens. Prometeu nunca mais destruir a terra com Dilúvio.

O arco-íris nos lembra que Deus castigou a maldade com Dilúvio, mas também garante que ainda que chova, não precisamos temer novo Dilúvio. Cada vez que presenciarmos um arco-íris, deveríamos lembrar que Deus abomina e julga os pecados, mas faz promessa e a cumpre apesar dos pecadores.

Embora Deus cumpra Sua promessa de nunca mais enviar um Dilúvio universal para destruir a Terra, Ele também alega que o mal será erradicado com fogo (2 Pedro 3:7, 10-11; Apocalipse 20:9).

Por isso, precisamos olhar para a história de Noé e sua família com atenção. Noé representa o remanescente fiel que será salvo. Sua prontidão em atender às orientações de Deus lhe garantiram a salvação quanto nossa prontidão de se comprometer com Jesus e tê-lO como Sumo Sacerdote (Hebreus 4:14-16; 8:1-2) e advogado (1 João 2:1-2) através da entrega pelo batismo (Marcos 16:16) garantirá nossa salvação.

Precisamos perseverar na fidelidade ao Deus da aliança quando o mundo todo estará aliado à besta e a sua imagem (Apocalipse 13:1-18; 14:6-12).

Em Gênesis 7:23 encontramos a teologia embrionária do remanescente: “Só restaram Noé e aqueles que com ele estavam na arca”. São estes que começaram na “terra nova” em Gênesis 9. Apenas um remanescente fiel entrará na “Nova Terra” oficial (Apocalipse 21:6-8; 22:3-4); os que vivem de maneira santa e piedosa viverão onde habita a justiça (2 Pedro 3:10-13).

Aprendamos a andar com Deus aqui na Terra para andarmos com Ele lá no Céu! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

14 - O patriarca

 14- Estudo Bíblico O patriarca

Assista a "O patriarca" no YouTube

https://youtu.be/p12r2iKI7sE

O AJUDADOR TODO-PODEROSO

 O AJUDADOR TODO-PODEROSO

Por isso mesmo, era necessário que, em todas as coisas, Ele Se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo. Hebreus 2:17

Maravilhoso – quase maravilhoso demais para que o ser humano o compreenda – é o sacrifício do Salvador em nosso favor, simbolizado em todos os sacrifícios do passado, em todos os rituais do santuário típico. Esse sacrifício era exigido. Quando reconhecemos que Seu sofrimento era necessário para assegurar nosso bem-estar eterno, nosso coração fica tocado e enternecido. Ele Se deu em penhor para efetuar nossa salvação plena, de modo satisfatório às reivindicações da justiça de Deus e coerente com a exaltada santidade de Sua lei.

Ninguém menos santo do que o Unigênito do Pai poderia ter oferecido um sacrifício que fosse eficaz para purificar a todos os que aceitam o Salvador como sua expiação e se tornam obedientes à lei do Céu – mesmo os mais pecadores e degradados. Nada menos poderia ter restaurado o ser humano ao favor de Deus.

Que direito tinha Cristo de arrebatar das mãos do inimigo os cativos? O direito de ter feito um sacrifício que satisfaz aos princípios da justiça pelos quais é governado o reino dos Céus. Ele veio à Terra como Redentor da raça perdida, para vencer o inimigo astuto e, por Sua firme fidelidade ao que é reto, salvar todos os que O aceitem como seu Salvador. Na cruz do Calvário, Ele pagou o preço da redenção da humanidade. Assim, adquiriu o direito de arrebatar os cativos das garras do grande enganador que, por uma mentira formulada contra o governo de Deus, causou a queda da raça humana, perdendo todo o direito de ser chamado súdito leal do glorioso e eterno reino de Deus.

Nosso resgate foi pago por nosso Salvador. Ninguém precisa ser escravizado por Satanás. Cristo está presente, como nosso Ajudador Todo-poderoso. “Era necessário que, em todas as coisas, Ele Se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo. Pois, naquilo que Ele mesmo sofreu, quando foi tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados” (Hb 2:17, 18) (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 309, 310).

PARA REFLETIR: Qual foi a última vez que Jesus livrou você do inimigo?

Meditação Diária - 21/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-ajudador-todo-poderoso/


Terminado o Dilúvio - Gênesis 8

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 8

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 8 – Noé prezou por sua família. Sua família se salvou na arca cheia de animais com seus aromas e ruídos. Apesar das inúmeras dificuldades, limitações, e atividades incessantes na arca, ainda era melhor estar dentro dela do que fora dela. Assim é também a igreja. Precisamos dela com todos os seus inúmeros defeitos e problemas.

Precisamos prezar pela família. Em Gênesis 6, a maré da maldade se multiplicou pelos casamentos mistos, filhos de Deus casando-se com filhas dos homens. Visando o cumprimento de Gênesis 3:15 Deus preserva a família de Noé. Essa mensagem deveria ficar clara aos israelitas que amassavam barro para fazer tijolos no Império Egípcio. O povo escravo era herdeiro da promessa, para esse ponto apontava cada página de Gênesis.

Assim, nas entrelinhas, notamos um grande conflito entre o bem e o mal, entre Deus e Satanás. Ambos trabalham com a família. Satanás intenta perverter a família, enquanto Deus faz de tudo para preservá-la, sabendo que sem família, o caos toma conta! Precisamos cooperar com Deus! Inclusive as famílias de animais foram prezadas por Deus, até com os animais se percebe o quanto a família é de suma importância. 

Terminado o Dilúvio, e abaixado as águas, Noé e sua família saem da Arca em terra seca com as famílias de animais. Imagino Noé comparando a terra com o que ela era antes do dilúvio. “Mal se consegue investigar como eram a terra, o mar, a atmosfera, a cultura, etc. antes do dilúvio” afirma Alexander vom Stein.

Ficou tudo diferente, menos o amor de Deus pela humanidade.  Em Gênesis 8:1, “Deus lembrou-se de Noé...” não indica que havia esquecido, revela que Ele estava atento. Após Noé perceber evidências de terra seca, esperou em Deus; “então Deus disse a Noé: ‘Saia da arca, você e sua mulher, seus filhos e as mulheres deles...”. Depois de sair, “Noé construiu um altar dedicado ao Senhor... o Senhor sentiu o aroma” e fez uma promessa nunca mais destruir a terra com água.

É lindo o relacionamento que Deus deseja ter com os humanos. Deus almeja que nossa família dependa dEle em cada detalhe, assim como a família de Noé dependia.

Coloque tua família nas mãos de Deus, é a melhor coisa a fazer! Busquemos reavivamento familiar! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

A porta está aberta - 13

 Estudo Bíblico 13: A porta está aberta

Assista a "A porta está aberta" no YouTube

https://youtu.be/fv-fXOvyVdE



A VOZ DIVINA

 Meditação Diária

https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-voz-divina/

A VOZ DIVINA

Veio para o que era Seu, e os Seus não O receberam. João 1:11

Jesus veio pela autoridade de Deus, trazendo Sua imagem, cumprindo Sua Palavra e buscando Sua glória. No entanto, não foi aceito pelos líderes de Israel; mas quando outros viessem, assumindo o caráter de Cristo, embora movidos pela própria vontade e buscando a própria glória, seriam recebidos. E por quê? Porque quem busca a própria glória apela ao desejo de exaltação própria nos outros. Os judeus corresponderiam a esses estímulos. Receberiam o falso mestre porque este bajularia o orgulho deles ao aprovar suas opiniões e tradições. Os ensinos de Cristo, porém, não tinham afinidade com as ideias deles. Eram espirituais e exigiam o sacrifício do eu; portanto, não O receberam. Não conheciam realmente a Deus, e Sua voz, por intermédio de Cristo, era como a voz de um estranho para eles.

Não acontece a mesma coisa em nossos dias? Não há muitos, mesmo líderes religiosos, que estão endurecendo o coração contra o Espírito Santo, tornando impossível a si mesmos reconhecerem a voz de Deus? Não estão rejeitando a Palavra do Senhor para conservar as próprias tradições?

“Se vocês, de fato, cressem em Moisés”, disse Jesus, “também creriam em Mim; pois ele escreveu a Meu respeito. Se, porém, não creem nos escritos dele, como crerão nas Minhas palavras?” (Jo 5:46, 47). Havia sido Cristo que falara a Israel por intermédio de Moisés. Se tivessem ouvido a Voz divina que tinha falado por intermédio de seu grande guia, a teriam reconhecido nos ensinos de Jesus. Se houvessem acreditado em Moisés, teriam acreditado Naquele sobre quem ele escrevera.

Cristo sabia que os sacerdotes e rabinos estavam decididos a tirar Sua vida; no entanto, expôs a eles claramente Sua unidade com o Pai e Sua relação para com o mundo. Viram que a oposição contra Ele não tinha desculpa; contudo, seu ódio assassino não se extinguiu. O medo se apoderou deles ao verem o convincente poder que acompanhava o ministério de Cristo, mas resistiram a Seus apelos, fechando-se em trevas.

Fracassaram nitidamente em derrubar a autoridade de Jesus ou afastar Dele o respeito e a atenção do povo, do qual muitos ficaram convencidos por Suas palavras (O Desejado de Todas as Nações, p. 161, 162 [212, 213]).

PARA REFLETIR: Como você pode ouvir Jesus com clareza e seguir Sua orientação quando Ele lhe fala?

O Dilúvio - Gênesis 7

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 7

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 7 – O Dilúvio foi um grande e impactante marco para a história não apenas da humanidade, mas do próprio planeta e também do Universo. Foi a primeira vez que Deus precisou agir de forma estranha ao Seu gracioso caráter (Isaías 28:21).

Deus não quer que ninguém pereça (2 Pedro 3:9). Entretanto, para não perder tudo, Ele precisa tomar atitudes radicais de vez em quando. Até mesmo nós fazemos isso: quando um saco de laranja apodrece, tiramos as boas e jogamos fora as podres junto com a embalagem. 

Apesar de podridão moral, espiritual e social na sociedade de Noé, “durante o tempo da construção da Arca, os homens puderam ser alertados sobre o juízo iminente. Apesar disso, somente Noé e sua família foram salvos. ‘... quando a longanimidade de Deus aguardava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca, na qual poucos, a saber, oito pessoas, foram salvos, através das águas’ (1Pd 3:20)”, comentou Alexander vom Stei, e então acrescentou:

“O relato do dilúvio é, em primeiro lugar, um relato histórico que narra um acontecimento verídico. Além disso, ele contém muita tipologia. A situação dos seres humanos antes do juízo guarda semelhanças com o período imediatamente anterior ao juízo futuro: ‘Assim como foi nos dias de Noé, será também nos dias do Filho do Homem: comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e destruiu a todos’ (Lc 17:27,27)”.

A profecia alega que no tempo do fim, o Dilúvio não seria visto como acontecimento histórico; tal alegação é a base para a rejeição do juízo final e do retorno de Jesus (2 Pedro 3:3-12). Nossa época caracteriza-se por debochados que zombam dos que alegam crer no Dilúvio e na promessa do advento de Cristo. Estamos no fim!

Ao ler atentamente Gênesis 7 nota-se que é um relato histórico, não alegórico. Foi um cataclismo geral, uma catástrofe descomunal. O único lugar de refúgio era a Arca que levou 120 anos para ficar pronta. Foram 120 anos de graça, até fechar a porta da arca.

Fico aqui pensando... quanto tempo de graça Deus está nos concedendo para nos preparar antes do retorno de Cristo. Não sejamos indiferentes, apáticos... estejamos dispostos como Noé... Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

12 - Dois fenômenos

 Estudo Bíblico 12 - Dois fenômenos

Assista a "Dois fenômenos" no YouTube

https://youtu.be/O1xx9bkTbHI


O ESPOSO

 Meditação Diária 18/01/2022

O ESPOSO

Levante-se, resplandeça, porque já vem a sua luz, e a glória do Senhor está raiando sobre você. Isaías 60:1

Essa mensagem é dada aos que saem ao encontro do Esposo. Cristo vem com poder e grande glória. Vem com Sua própria glória e com a glória do Pai. Vem com todos os santos anjos. Enquanto o mundo todo estará mergulhado em trevas, haverá luz em todos os lares dos santos. Eles captarão os primeiros raios de luz de Sua segunda vinda. A imaculada luz resplandecerá em Seu esplendor, e Cristo, o Redentor, será admirado por todos os que O serviram.

Enquanto os ímpios fugirão de Sua presença, os seguidores de Cristo rejubilarão. Vislumbrando o tempo do segundo advento de Cristo, disse o patriarca Jó: “Eu O verei por mim mesmo, os meus olhos O verão, e não outros” (Jó 19:27). Cristo terá sido companheiro diário e amigo familiar dos seguidores fiéis. Viveram em contato próximo, em comunhão constante com Deus. A glória de Deus resplandecerá sobre eles. Refletirá neles a luz do conhecimento da glória de Deus que emana da face de Jesus Cristo. Agora se regozijarão nos raios não ofuscados do resplendor e da glória do Rei em Sua majestade. Estarão preparados para a comunhão do Céu; pois têm o Céu no coração.

De fronte erguida, com os brilhantes raios do Sol da Justiça sobre eles resplandecendo e júbilo porque sua redenção se aproxima, sairão ao encontro do Esposo, dizendo: “Eis que este é o nosso Deus, em quem esperávamos, e Ele nos salvará” (Is 25:9).

“Então ouvi o que parecia ser a voz de uma grande multidão, uma voz como de muitas águas e como de fortes trovões, dizendo: Aleluia! Pois reina o Senhor, nosso Deus, o Todo-Poderoso. Alegremo-nos, exultemos e demos-Lhe a glória, porque chegou a hora das bodas do Cordeiro, e a noiva Dele já se preparou. A ela foi permitido vestir-se de linho finíssimo, resplandecente e puro. Porque o linho finíssimo são os atos de justiça dos santos. Então o anjo me disse: Escreva: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E acrescentou: São estas as verdadeiras palavras de Deus” (Ap 19:6-9) (Parábolas de Jesus, p. 420, 421).

PARA REFLETIR: Antes de Jesus voltar, Sua glória será refletida naqueles que vivem em contato íntimo e constante com Ele. Você está refletindo a glória de Cristo ao mundo?

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-esposo/

Chamado de Deus a Noé - Gênesis 6

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 6

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 6 – Embora houvesse separação entre duas linhagens vistas até agora em Gênesis, a linhagem do bem e a do mal, neste capítulo acontece um sincretismo entre elas. A religião começa a tornar-se híbrida.

No início do capítulo, explica como o sincretismo religioso acontece: Através de casamentos mistos. Jugo desigual (2 Coríntios 6:14-15). Sendo a família a base da moralidade, Satanás foi criterioso ao atingi-la; o mesmo está fazendo hoje. O texto sagrado nos revela o caminho da mornidão espiritual e do sincretismo religioso. Fique alerta!

O mal avançou tanto que pesou no coração de Deus; o arrependimento de Deus nesse texto implica tristeza, não apenas pelo pecado, mas principalmente porque deveria tomar atitude muito radical para frear a forte maré da maldade; a qual se agigantava para engolir tudo e a todos, visando impedir a profecia de Gênesis 3:15.

Na introdução ao livro de Gênesis na Bíblia do Discípulo, contém afirmação interessante que vale destacá-la no estudo deste capítulo. A nota diz que “o livro de Gênesis tem importância doutrinária especial. Ele explica a entrada do pecado no mundo e os princípios do plano redentor de Deus. Desde o início, a justificação pela fé aparece como a ÚNICA maneira de ser salvo”.

Nisso consiste o chamado de Deus a Noé (Gênesis 6:8). A graça de Deus percorre cada página de nossa história de desgraça. O amor de Deus está presente no cuidado de cada detalhe neste mundo corrompido. Deus conhece cada pessoa, e sabia que podia contar com Noé. 

Noé era diferenciado, andava com Deus, consequentemente era “justo e íntegro entre o povo de sua época” (Gênesis 6:9). Ao receber instruções divinas sobre o que iria acontecer e o que deveria fazer, “fez tudo exatamente como Deus lhe tinha ordenado” (Gênesis 6:22).

Deus conhece e cuida dos que andam com Ele. Pedro diz que Deus “não poupou o mundo antigo quando trouxe o Dilúvio sobre aquele povo ímpio, mas preservou Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas” (1 Pedro 2:5).

Deus não faz nada sem avisar (Amós 3:7). Antes da segunda vinda de Cristo, o evangelho “será pregado a todo o mundo”, só “então, virá o fim” (Mateus 24:14). Prepare-se!

Ande com Deus para que Ele possa contar contigo em Seus planos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

11 - Os filhos de Deus

 Estudo Bíblico 11 - Os filhos de Deus

Assista a "Os filhos de Deus" no YouTube

https://youtu.be/FfS4jRHd_sQ


AQUELE QUE É PODEROSO PARA SALVAR

 Meditação Diária 18/01/2022

AQUELE QUE É PODEROSO PARA SALVAR

O Senhor, seu Deus, está no meio de você, poderoso para salvar. Ele ficará muito contente com você. Ele a renovará no Seu amor, e Se encherá de júbilo por causa de você. Sofonias 3:17

Ora, vocês podem se apegar à própria justiça e pensar que procuraram fazer o que é correto, e que, no fim, serão salvos por fazer isso. Vocês não conseguem ver que é Cristo quem efetua tudo isso. “Tenho de me arrepender primeiro”, dizem alguns. “Tenho de ir até certo ponto, por mim mesmo, sem Cristo, e então Ele vem ao meu encontro e me aceita.”

Vocês não podem ter sequer um pensamento sem Cristo. Não podem ter a propensão de ir a Ele se Cristo não puser em movimento certas influências e não imprimir Seu Espírito na mente humana. Se há alguém sobre a face da Terra que tenha alguma inclinação para Deus, isso se dá em virtude das muitas influências que atuam sobre sua mente e seu coração. Essas influências exigem lealdade a Deus e apreço pela grandiosa obra que Ele realizou por nós.

Nunca digamos, portanto, que podemos nos arrepender por nós mesmos, e então Cristo perdoará. Não mesmo! É o favor de Deus que perdoa. É o favor de Deus que nos conduz ao arrependimento, pelo Seu poder. Portanto, é tudo de Jesus Cristo, tudo Dele, e vocês só precisam dar glória a Deus. Por que vocês não são mais sensíveis quando se congregam em suas reuniões? Por que não sentem a vivificante influência do Espírito de Deus quando lhes é apresentado o amor de Jesus e Sua salvação? É porque não veem que Cristo é o Primeiro, o Último e o Melhor, bem como o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o próprio Autor e Consumador da nossa fé. Não compreendem isso e permanecem, portanto, em seus pecados. Por quê? É porque Satanás está lutando e batalhando pelo coração das pessoas. Ele lança sua sombra infernal sobre nosso caminho, e tudo o que vocês conseguem ver é o inimigo e seu poder.

Desviem o olhar do poder dele para Aquele que é poderoso para salvar totalmente. Por que a fé de vocês não avança através da sombra até onde Cristo está? Ele levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens (Ef 4:8). O Senhor lhes ensinará que Satanás reivindica, como sua propriedade, toda pessoa que não se une a Ele (Fé e Obras, p. 57, 58 [72, 73]).

PARA REFLETIR: O que está impedindo você de manter o olhar fixo e constante em Jesus? O que o diabo está usando para distrai-lo de Deus?

https://mais.cpb.com.br/meditacao/aquele-que-e-poderoso-para-salvar/

Caim e Sete

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 5

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 5 – O capítulo anterior revelou a existência de duas linhagens: A de Caim e a de Sete. O ato satânico de Caim que parecia o fim do bem foi revertido com o nascimento de Sete.

Provavelmente, Caim casou-se com uma de suas irmãs, Adão e Eva tiveram dezenas de filhos e filhas (Gênesis 5:4). O sinal que Deus colocara em Caim visava protegê-lo da morte de quem quer o encontrasse; graciosamente preservado com vida, ele gerou Enoque. De sua linhagem surgiu o pecado da poligamia e desenvolveu-se a violência e a vingança.

Visando preencher o vazio que cabe somente a Deus, a família de Caim criou várias atividades. Assim surgiu o desenvolvimento cultural, político e econômico. Os primeiros construtores, músicos e fazendeiros surgiram ao procurarem sentido na vida sem Deus; sentido este que só existe quando Deus está no centro da existência (Gênesis 4:17-27).

Da família de Sete surgem aqueles que, em contraste com aqueles que buscam sentido nas coisas materialistas e ilusórias deste mundo, descobrem a verdadeira satisfação do coração no ato de invocar o nome do Senhor (Gênesis 4:25-26).

No capítulo 5 continua a estratégia divina de restaurar o estrago operado pelo pecado. Os seres humanos foram criados à imagem e semelhança de Deus para relacionar-se com Ele. Foram abençoados por Ele, e não será o pecado que vai arruinar para sempre as nobres intenções de Deus.

Deus deixa de lado a linhagem de Caim e foca na linhagem de Sete. O que importa para Deus não são os bens materiais, fama, sucesso e prosperidade neste mundo, mas buscar a Sua presença. Ele almeja nosso relacionamento que passou por uma ruptura com a entrada do pecado.

Enfim, a genealogia de Caim termina em maldição, a de Sete apresenta a progressão da promessa messiânica. Ambas as genealogias possuem nomes iguais, Enoque e Lameque (Gênesis 4:17-18; 5:21-25), embora o caráter deles sejam contrastantes. Enoque, sétimo da linhagem de Sete, anda com Deus; já Lameque, sétimo da linhagem de Caim, é bígamo, vingativo, assassino e violento. “A linhagem de Caim leva ao juízo; a linhagem de Sete, à Salvação” (Bruce K. Waltke).

No tempo do fim, duas gerações contrastantes existirão: Uma apegada ao pecado, outra apegada ao Salvador do pecado! Qual é tua escolha? – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

10 - Síndrome de Adão

 Estudo Bíblico 10 - Síndrome de Adão

Assista a "Síndrome de Adão" no YouTube

https://youtu.be/bZJ9zF62FwQ



Restauração na Bíblia

 Lendo a Bíblia por temas

17 de janeiro de 2022

Restauração na Bíblia

Restaurar é consertar. Deus é o grande Restaurador. Quando você está cansado, triste, abatido, arrependido, pode confiar que Deus vai restaurar sua vida. O sofrimento não é para sempre. Quem ama Jesus será restaurado. Deus lhe ama e quer lhe dar alegria e esperança. Deus nunca lhe abandona. Nos momentos mais difíceis você pode clamar a Deus e Ele vai trazer a restauração que você precisa.

Versículos de Restauração

📖 O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido por pouco tempo, os restaurará, os confirmará, os fortalecerá e os porá sobre firmes alicerces. 1 Pedro 5:10

📖 Restaurarei o exausto e saciarei o enfraqueci­do". Jeremias 31:25

📖 Restaura-nos, ó Deus! Faze resplandecer sobre nós o teu rosto, para que sejamos salvos. Salmos 80:3

📖 Devolve-me a alegria da tua salvação e sustentarem com um espírito pronto a obedecer. Salmos 51:12

📖 Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados, para que venham tempos de descanso da parte do Senhor, e ele mande o Cristo, o qual lhes foi designado, Jesus. É necessário que ele permaneça no céu até que chegue o tempo em que Deus restaurará todas as coisas, como falou há muito tempo, por meio dos seus santos profetas. Atos dos Apóstolos 3:19-21

📖O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham plenamente. João 10:10

📖 Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais, deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado. Gálatas 6:1

📖Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz. Tiago 5:16

📖 Purifica-me com hissopo, e ficarei puro;

lava-me, e mais branco do que a neve serei. Salmos 51:7

📖 Portanto, eu digo: Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim sucederá. Marcos 11:24

📖 Senhor, restaura-nos, assim como enches o leito dos ribeiros no deserto. Aqueles que semeiam com lágrimas,

com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes. Salmos 126:4-6

📖Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas serão acrescentadas a vocês. Mateus 6:33

📖Farei cicatrizar o seu ferimento e curarei as suas feridas", declara o Senhor, "porque a você, Sião, chamam de rejeitada, aquela por quem ninguém se importa". Jeremias 30:17

📖Em lugar da vergonha que sofreu, o meu povo receberá porção dupla e, em vez de humilhação, ele se regozijará em sua herança; pois herdará porção dupla em sua terra, e terá alegria eterna. Isaías 61:7

📖 Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

2 Coríntios 5:17

📖 Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes. Jô 42:10

@palavraeficaz #quebrantamento #bíblia #versiculos

A ROCHA ETERNA

MEDITAÇÃO DIÁRIA Quarta-feira, 6 de julho  A ROCHA ETERNA    Chegando-se a Ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com...