domingo, 18 de abril de 2021

O ato estranho de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Domingo, 18 de abril

O ato estranho de Deus

Para realizar a Sua obra, a Sua obra estranha, e para executar o Seu ato, o Seu ato inaudito. Isaías 28:21

O livro Bitter Harvest [Amarga Colheita] fala de um empregado de uma firma de grãos em Michigan que, inadvertidamente, pegou um veneno mortal e, achando que fosse um complemento vitamínico, misturou-o com os grãos. Os grãos envenenados contaminaram o gado, as galinhas e os porcos de muitas fazendas. Os fazendeiros não tiveram escolha a não ser isolar os animais contaminados, sacrificá-los e queimar os corpos para evitar que a contaminação se espalhasse. Eles sabiam que, se não sacrificassem os animais, toda a indústria de gado de Michigan estaria ameaçada.

Deus “não [quer] que nenhum pereça” (2Pe 3:9). É Sua vontade que “todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade” (1Tm 2:4). Mas há pessoas a quem nem mesmo Deus pode salvar. Elas escolheram o pecado em vez da justiça, a rebelião em vez da obediência, o egoísmo em vez do amoroso serviço. Se Deus Se arriscasse a levá-las para o Céu, elas infectariam o ambiente santo de novo com o vírus do pecado. Se Deus não agisse para erradicar o pecado, seus efeitos malignos acabariam por destruir o Universo inteiro.

Deus oferece perdão por nossos pecados passados e poder para vivermos a vida cristã no presente. Sua graça concede perdão quando falhamos e força para que não venhamos a repetir as mesmas falhas outras vezes.

Em última análise, Deus tem que agir. Ele tem que livrar o Universo do pecado. “Nosso Deus é fogo consumidor” (Hb 12:29). Um Deus santo tem que consumir o pecado. Pecado e pecadores serão consumidos e transformados em cinzas (Ml 4:1-3; 2Ts 2:8; Sl 37:20).

Hoje, Deus nos oferece uma escolha: ou deixamos que Ele consuma o pecado dentro de nós com a abrasadora presença de Seu Santo Espírito, ou seremos consumidos com nosso pecado na abrasadora presença de Sua iminente volta. Um Deus amoroso chora ao ver pecadores sendo destruídos.

A destruição do perverso é um ato incomum e estranho, mas inevitável, pois ocorrerá para que o Universo fique seguro para sempre. Você permitirá que Jesus faça Sua obra purificadora em seu coração hoje? Permitirá que o fogo da Sua presença purifique-o interiormente?

Mark A. Finley, 11/7/2006

“Assim diz o Senhor” - Zacarias 8

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 8

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 Deus não desiste de ninguém. Sua paixão por Seu povo excede à nossa compreensão. Seu desejo de abençoar a quem merece castigo e condenação é maior que qualquer outro desejo.

Philip G. Samaan fornece-nos um esboço que facilita nossa compreensão do capítulo em questão:

1. O grande ciúme de Deus (v. 2);

2. A presença no meio de Seu povo (v. 3);

3. Jerusalém, a cidade de paz e alegria (vs. 4-5);

4. O Deus do impossível (v. 6);

5. Deus salvará e reunirá Seu povo do Concerto (vs. 7-8);

6. “Sejam fortes as mãos de todos vós” (vs. 9-13);

7. O apelo de Deus para justiça social (vs. 14-17);

8. Jejuns pesarosos tornam-se ocasiões festivas (vs. 18-19);

9. A poderosa atração da religião genuína (vs. 20-22);

10. “Deus está conosco” (v. 23).

A explicação profética de Zacarias para a situação do povo está dividida em sete diferentes citações (vs. 2, 3, 4, 6, 7, 9 e 14) seguida por outra explicação que está dividida em três citações (vs. 19, 20, 23), cada uma começando com “Assim diz o Senhor”, mostrando que não eram opiniões e declarações meramente humanas.

O plano divino certamente se cumprirá. Independentemente da infidelidade do povo, Deus continua fiel. O plano da redenção aconteceria através da presença do Messias na Terra.

O capítulo em pauta promove esperança em meio ao desespero. Deus incentiva os aflitos a confiarem nEle que o futuro seria promissor. A terra improdutiva tornaria fértil. Os dias de tristezas voltariam a ser de alegria. A assolada Jerusalém se tornaria atração mundial como lugar de adoração.

• A morte de Cristo em Jerusalém atraiu ao mundo, mas é após a purificação total da Terra que Jerusalém será a capital da adoração.

A Jerusalém que não terá perigo para crianças, paz e longevidade para os adultos ainda está no futuro. O Templo é importante, mas o Senhor do Templo é muito mais; por isso, na Nova Jerusalém não haverá templo, devido à presença constante de Deus com Seu povo (Apocalipse 21 e 22).

Antes disso, Deus quer que todas as nações O conheçam e deixem o paganismo para se render ao Seu projeto de salvação/comunhão! Proclame isso ao mundo!

Para tal missão, Deus anima-nos a fortalecer as mãos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

sábado, 17 de abril de 2021

Arrependimento

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sábado, 17 de abril

Arrependimento

Deus, porém, com a Sua destra, O exaltou [...] a fim de conceder a Israel o arrependimento e a remissão de pecados. Atos 5:31

Cristo veio ao mundo para proclamar as boas-novas da ressurreição para uma vida nova. Ele trouxe liberdade aos que estavam escravizados pelo príncipe das trevas, derrubou fortalezas, abriu os ouvidos dos surdos e revelou o amor e a misericórdia de Deus. Cristo apresentou Deus a nós. Ele deseja que nos voltemos para o Pai e nos arrependamos.

Na língua original do Novo Testamento, arrependimento significa mudança de mente, de coração, completo afastamento do centro de nossa vida para um retorno a Deus. O arrependimento é a mais alta atividade criativa de que somos capazes. Não é a explosão de uma lamentação emocional por pecados passados e que logo se esvai. Não é simplesmente dizer: “Sinto pelo que fiz.” Há o momentâneo sentimento de tristeza, o aguilhão do remorso, o temor do castigo. Esse tipo de arrependimento pode não ser mais do que uma triste, penosa, humilhante experiência.

Cristo, porém, tem em mente muito mais do que isso. Ele reclama uma volta completa a Deus e a aceitação da mente divina em lugar da centralização em nossa própria mente. O arrependimento genuíno requer total tomada de posição ao lado de Deus. Não se trata de uma palavra que deva ser temida e evitada. Na verdade é algo maravilhoso. Quando nos voltamos para Deus de todo o coração e mente, encontramos o arrependimento. Quando fazemos da mente de Cristo a nossa mente, ocorre o arrependimento. Quando identificamos nossa vida inteira com Cristo e nos separamos do mundo, da carne e do diabo, experimentamos o arrependimento. Queimamos a ponte atrás de nós. Desviamo-nos inteiramente de nosso centro e o colocamos em Cristo. Ele é aceito em nossa vida como suprema autoridade. Arrependimento é mudança de rumo. Ele nos desvia de nós mesmos e nos encaminha para Deus.

Arrependimento é uma mudança de mente que julga e condena o pecado antes mesmo de o havermos cometido. Reconhecemos a semente do pecado no momento mesmo em que ela entra na mente e ali mesmo o condenamos. Enfrentamos o problema do pecado na própria fonte. Recusamos, portanto, partir para o pecado. Temos a mente de Cristo, pois “como imagina em sua alma, assim ele é” (Pv 23:7). Necessitamos mais do que simplesmente o perdão por pecados anteriores. Precisamos ter a mente de Cristo que nos guarda de cometer pecado. Isso é o que Cristo nos oferece no arrependimento.

Edward Heppenstall, 15/2/1976

Atitudes religiosas - Zacarias 7

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 7

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 Para Deus, religião desprovida de ação baseada na revelação, é pura ilusão. Além disso, uma religião baseada em meros rituais sem consagração real é mera formalidade inútil.

Religião é muito mais do que isso; é relacionamento com Deus, um compromisso sério e submissão plena a Ele – o que inclui toda Sua vontade revelada!

Atitudes religiosas, por mais nobres e inteligentes que sejam, indiferentes ao “assim diz o Senhor” é resultado “da própria pecaminosidade e desobediência do povo” (William MacDonald).

• Certamente, existem religiões pecaminosas e rituais perversos diante de Deus, ainda que valorizadas por multidões.

O jejum, neste capítulo, era prática do povo de Deus desde a invasão e destruição de Jerusalém, cuja finalidade era lembrar-se com tristeza a destruição do templo de Salomão. Este jejum foi inventado pelo povo, não revelado por Deus; desta forma, por mais nobre que seja a intenção nos rituais e nas formalidades religiosas, o que importa a Deus é a justiça que surge do Seu coração, aplicada ao coração do adorador (vs. 1-7).

• “Independente da finalidade, os rituais divinos jamais substituem, aos olhos de Deus, a prática da justiça e muito menos a fé” (William Kelly)

Jejuar e até chorar em um dia específico do ano não liberta ninguém do pecado; quem liberta é Cristo. A religião verdadeira está fundamentada num relacionamento apropriado com Deus (vs. 8-14).

O relacionamento com Deus produz bondade e misericórdia; elimina práticas religiosas duvidosas; transforma o interior e transcende ao exterior; desenvolve a espiritualidade e resulta em bons frutos, que refletem o caráter gracioso de Deus.

• Esses são os passos que conduzem indivíduos, famílias e igrejas inteiras ao reavivamento e a reforma.

Atente à revelação:

1. Deus declara: “Vocês estão interessados em religião, eu estou interessado em pessoas” (v. 6);

2. Deus orienta: “Sejam justos uns com os outros. Amem o próximo. Sejam misericordiosos uns com os outros. Não tirem vantagens das viúvas, órfãos, estrangeiros e pobres. Não tramem maldades uns contra os outros – isso é terrível” (v. 10).

3. Quem ignora a Lei de Deus tapa os ouvidos “aos sermões cheios do Espírito pregados” pelos servos do Juiz do Universo (vs. 11-12).

Deus ouve a oração de quem se interessa por ouvir Sua revelação! Religião só tem valor se promover transformação! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Melhor tema de pensamento

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sexta-feira, 16 de abril

Melhor tema de pensamento

A minha meditação a Seu respeito será suave; eu me alegrarei no Senhor. Salmo 104:34, ARC

Por que vocês não mantêm a mente fixa nas riquezas insondáveis de Cristo para que possam apresentar a outros as belezas da verdade? Há na Palavra de Deus ricas minas de verdade em cuja exploração podemos passar toda a existência, para verificar afinal que apenas começamos a examinar suas preciosas provisões. Desçam fundo no poço e tragam para cima os tesouros escondidos. Impossível, porém, é fazer isso enquanto condescendemos com um espírito ocioso, desassossegado, sempre em busca de alguma coisa que satisfaça meramente os sentidos, que divirta e cause um riso tolo. […] Mentes que se ocupam com leituras frívolas, com histórias estimulantes ou com a procura do divertimento não se demoram em Cristo nem podem se alegrar na plenitude de Seu amor. A mente que encontra prazer em pensamentos néscios e em fúteis conversas está tão destituída da alegria de Cristo como estavam do orvalho e da chuva os montes de Gilboa.

Sua experiência não tem provado isso? Quanta paz de espírito vocês têm ao fim de um dia passado em frivolidade, em conversa de baixo nível e fútil? Podem ir dormir à noite, dizendo: “Vai bem, vai bem com a minha alma”? […] Quantas vezes, ao entrarem na casa de Deus, na assembleia solene, seus pensamentos se voltam para uma fala néscia de alguém, a uma história despudorada ou a algo irreverente que você leu ou ouviu! E o pensamento virá justo em um momento que eclipsa um brilhante raio da glória de Cristo, e vocês perdem o benefício da luz enviada do Céu, a qual deviam receber. […]

Necessitamos estar continuamente a encher a mente de Cristo, e esvaziando-a do egoísmo e do pecado. […] Com igual segurança, à medida que vocês esvaziarem a mente da vaidade e frivolidade, o vácuo será preenchido por aquilo que Deus está esperando para lhes dar: Seu Espírito Santo. Então, do bom tesouro do coração, vocês tirarão coisas boas, preciosas gemas de pensamento. Outros recolherão essas palavras e passarão a glorificar a Deus. […] Seus pensamentos e afeições permanecerão em Cristo, e vocês refletirão nos outros o que o Sol da Justiça irradiou sobre sua vida (Review and Herald, 15 de março de 1892).

Ellen G. White, 19/4/1962

🌸🍃🌸🍃🌸🍃🌸🍃🌸🍃

O Renovo - Zacarias 6

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 6

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 É difícil experimentar os planos de Deus sem antes aplicar Sua Palavra à vida diária. É impossível conhecer Seus propósitos sem estudar Sua Palavra. Também, não dá para rejeitar a Palavra de Deus sem rejeitar o Deus da Palavra.

No final do capítulo Zacarias declarou: “Isso é o que acontece quando vocês se dispõem a viver uma vida em obediência à voz do Eterno”.

• Tem coisas boas que não acontecem com todos. Tem ateus e crentes desprovidos de bênçãos porque não se dispuseram a ler e refletir na Palavra de Deus!

• Em contrapartida, se pessoas, famílias, igrejas, municípios e países que se dispuserem a atender à voz de Deus terão experiências que ninguém mais terá. Terão uma vida de fé, de satisfação plena!

A última das oito visões de Zacarias apresenta “Quatro carruagens disparando do meio de duas montanhas […]. A primeira […] era puxada por cavalos vermelhos; a segunda, por cavalos pretos; a terceira, por cavalos brancos; a quarta, por cavalos malhados…”.

O profeta quis saber o que significava isso. “O anjo respondeu: ‘Estes são quatro ventos do céu, que têm sua origem no Senhor de toda a terra…” (v. 5). Estes, “certamente representavam instrumentalidades de Deus que atuam em todas as partes da Terra” (EGW, Educação, p. 173).

Esta visão ensina-nos que “Deus acalma ou domina os acontecimentos nos lugares em que Satanás efetua tudo que lhe é possível para causar perturbações e dificuldades ao povo de Deus que leva avante a obra do Senhor” (Philip G. Samaan).

Após revelar oito visões, “no coração do livro de Zacarias, o Renovo é apresentado como o Personagem Supremo, restaurando Seu povo, sendo o Advogado, a Justiça, o Juiz, o Sumo Sacerdote e o Rei deles” (Samaan). “Em sua função como Rei, Cristo adentrou seu palácio e, em seu papel de sacerdote, adentrou seu santuário” (David Baron).

Em síntese, com Jesus a vida…

1. …do crente é conduzida rumo à vitória, embora passe por alguns dissabores (vs. 1-8);

2. …do povo de Deus é pautada por promessas cumpridas, ainda que as perspectivas para o futuro pareçam desesperadoras (9-12);

3. …dos fieis será gloriosa, esplendorosa e maravilhosa (vs. 13-15).

Portanto, atente para a totalidade da Palavra de Deus. Leia-a para experimentar um poderoso reavivamento! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

quinta-feira, 15 de abril de 2021

O ninho vazio

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Quinta-feira, 15 de abril

O ninho vazio

Deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne. Mateus 19:5

Nasci e me criei em Cachoeira do Sul, RS, e me lembro bem de um dia terrível em minha infância. Meus pais me levaram à casa de meus avós, na mesma rua em que morávamos, e lá tivemos uma reunião de família, que na verdade foi uma reunião de despedida. Minha mãe, em prantos, exclamava: “Como é duro deixar um filho!”

Eu tinha apenas 13 anos e estava de partida para o Colégio Adventista, em São Paulo. Naquele tempo, a VARIG mantinha uma linha aérea que passava por Cachoeira e várias outras cidades do interior. Fomos ao aeroporto local, e logo um DC-3 aterrissou em meio a uma nuvem de poeira. E assim embarquei, sozinho, com o coração pesado, para Porto Alegre, onde faria o traslado para um Convair-440, que me levaria a São Paulo.

Soube depois que meu pai não conseguiu trabalhar naquele dia, tal foi sua angústia por me ver partir. Eu estava saindo de casa prematuramente, devido a dificuldades na escola, por causa de aulas e provas no sábado. Como não havia escola adventista na cidade, a solução que meus pais encontraram foi me mandar para o internato em São Paulo. Teria sido mais fácil ir para o colégio adventista em Taquara, a 260 quilômetro de distância, mas minha mãe não aceitou essa ideia por causa do rio dos Sinos, que passa junto ao colégio. Ela temia que eu fosse nadar no rio e morresse afogado.

Quarenta anos depois, enfrentei a mesma situação que meu pai naquele dia. Vi meus filhos se despedindo e saindo de nossa casa em Tatuí, SP, para estudar. O mais velho foi para Florianópolis a fim de estudar Administração, e o mais novo, para São Paulo com o objetivo de estudar Música. E a casa, antes movimentada e alegre com a presença deles e dos amigos, de repente ficou vazia e silenciosa. Quantas vezes, com o coração dolorido, fui ao quarto deles, agora vazio, e lá chorei de saudades. Meus meninos haviam crescido e batido asas, em busca de seu futuro.

Sei que essa experiência não é só minha. É a experiência de todo pai e de toda mãe, nesta vida cheia de despedidas. De repente, como aves migratórias, os filhos se vão. O ninho fica vazio.

Se você vive essa realidade, reúna forças e prepare-se para recomeçar. Encha sua agenda com mil projetos. A saída dos filhos dói, mas não é o fim.

 A vida continua.

Rubem Scheffel, 7/6/2010

Unicamente Deus consegue restaurar - Zacarias 5

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 5

Comentário Pr Heber Toth Armí 

O que aprender com visões que apresentam uma mulher num cesto, duas mulheres voando, uma tampa de chumbo, um livro voador, com dez metros de comprimento e cinco de largura?

• Tudo isso chamou a atenção de Zacarias e deve chamar nossa atenção nos dias de hoje!

Com relação à primeira visão, do livro gigante voador, o anjo explica: “Esse livro é o veredito que está sendo anunciado contra todos os ladrões e mentirosos em todo o mundo. A primeira parte do livro diz respeito a todos os que roubam; a segunda parte trada de todos os que mentem. Eu o lancei ao ar […] e assim ele vai voar à casa de todos os ladrões e mentirosos. Vai pousar em cada casa e derrubá-la, madeiras e pedras” (vs. 3-4).

Em relação à segundo visão, da mulher sentada num cesto, é dito que o cesto está “numa jornada. Ele contém os pecados de todos, em todos os lugares” (v. 6). E a mulher? “Esta é a senhora Maldade” (v. 8), que, após empurrada e encerrada no cesto com tampa de chumbo, Zacarias viu outras duas mulheres voando “com asas bem abertas […] e levaram o cesto para bem longe” (v. 9).

O cesto com os pecados e a senhora Maldade estava sendo levados “para a terra de Sinear [Babilônia]. Vão construir um abrigo para protegê-lo. Quando estiver concluído, o cesto será guardado ali” (v. 11).

Aplicações:

• Mais cedo ou mais tarde Deus julgará e condenará todos roubadores e mentirosos. Aqueles que roubam de Deus e dos homens e mentem a Deus e aos homens responderão por seus atos; desde aqueles que roubam e mentem nos púlpitos das igrejas, passando por aqueles que roubam na política, até os adolescentes malandros que roubam e mentem – nenhum deles será esquecido!

• Nenhum pecado, por mais escondido e camuflado que seja, pequeno ou grande, será ignorado pelo Juiz do Universo.

• Ninguém conseguirá proteger-se contra o juízo divino; porém, todos os que se arrependerem e buscarem o perdão divino serão absolvidos e privilegiados, embora tenham sido pecadores.

• Unicamente Deus consegue restaurar nossa sociedade depravada!

Deveríamos

…amar tanto a Deus a tal ponto de abominar qualquer pecado;

…desprezar o mal a tal ponto de abandonar toda mentira e ladroagem.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Antes do inverno

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Quarta-feira, 14 de abril

Antes do inverno

Apressa-te a vir antes do inverno. 2 Timóteo 4:21

Clarence Edward Macartney foi um grande pregador presbiteriano na primeira metade do século 20. Por 30 anos, antes do início do inverno, na Filadélfia, ele pregou o mesmo sermão, com base nas palavras de Paulo a Timóteo: “Venha antes do inverno.” Há algumas coisas que nunca poderão ser realizadas se não forem feitas “antes do inverno”.

No Hemisfério Norte, depois do outono, as árvores que vimos floridas logo começam a perder a folhagem. Cada novo outono traz o sentimento da preciosidade das oportunidades da vida, de sua beleza, mas também de sua brevidade. Cada outono é como se vozes estivessem a clamar aos sentidos para percebermos a aproximação do inverno.

Macartney mencionava em seu sermão três dessas vozes que nos apelam com urgência. Primeiramente, a voz da transformação do caráter. Você pode ser transformado, mas há estações favoráveis para isso. Os metais, enquanto em estado líquido, em alta temperatura, podem receber qualquer forma. Mas depois de frios, eles se recusam a ser moldados. As oportunidades passam.

A segunda é a voz dos relacionamentos. Timóteo, ao receber o apelo de Paulo, não se demorou em Trôade. Quando o inverno chegasse, as rotas marítimas pelo Mediterrâneo seriam fechadas. Ele não queria correr o risco de chegar a Roma depois da execução do amigo. Macartney contava o testemunho de um estudante de medicina que ouviu seu sermão. Ele foi para o quarto, e o teto parecia lhe dizer: “Antes do inverno.” O rapaz escreveu então uma carta à mãe e a enviou pelo correio. Era aquele tipo de carta que faria qualquer mãe feliz. Poucos dias depois, recebeu um telegrama: “Venha depressa, sua mãe está morrendo.” Tomou o primeiro trem para Pittsburgh, chegou a tempo para ver o último sorriso da mãe. Sob o travesseiro dela, encontrou a carta que escrevera. O rapaz havia chegado “antes do inverno”.

A terceira é a voz de Cristo, convidando homens e mulheres a se achegarem a Ele “antes do inverno”. As Escrituras dizem para você vir hoje. Por que essa urgência? A vida é incerta e porque hoje o solo de seu coração pode estar suscetível.

Hoje, você pode estar quase persuadido a receber Jesus Cristo e entrar em Seu reino. Mas, se você adiar e deixar para o próximo mês ou o ano que vem, seu coração pode endurecer, e a voz do Espírito pode perder seu efeito. Assim, venha hoje mesmo, “antes do inverno”.

Amin A. Rodor, 18/6/2014

Não por força, nem violência...Zacarias 4

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 4

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Às vezes parece que enormes problemas surgem quando alguém se propõe a fazer a obra de Deus; contudo, quando desafios parecem insuperáveis, o Espírito Santo é capaz de removê-los caso dependamos dEle.

Deus, através da mensagem a Zorobabel, revela-nos que, por meio do Espírito Santo, podemos ser habilitados a agir, edificar e superar grandiosos obstáculos para fazer avançar Sua obra no mundo.

• “Quando manifestamos fé no Senhor e cooperamos com Ele, Seu Espírito efetua o que o esforço humano é incapaz de realizar” (Philip G. Samaan).

Deste capítulo, podem-se extrair cinco lições que formam os passos que mudarão a vida daqueles que as seguirem:

1. Dependa plenamente do Espírito Santo (v. 6);

2. Não permita que circunstâncias ditem teu comportamento (v. 7);

3. Absorva as bênçãos divinas para tua vida (v. 7);

4. Não ignore os planos de Deus para você (v. 9);

5. Valorize as pequenas coisas (v. 10).

Indo além destas aplicações, os menorás/candelabros representam o povo de Deus. O crente deve ser a luz de Cristo neste mundo escuro. Para atingir esse objetivo, cada membro da igreja precisa confiar em Deus e no Espírito Santo.

Iluminar o mundo com a verdade é reavivamento e reforma. Entretanto, “a teoria da verdade não acompanhada do Espírito Santo, não pode vivificar a alma, nem santificar o coração” (EGW).

No tempo de Zorobabel, o templo seria concluído pelo poder divino e todo empecilho seria removido. Zorobabel seria o instrumento de Deus e a palavra divina seria cumprida (vs. 6-9). Diante disso, os críticos se calariam; os humildes se alegrariam; e, Deus seria exaltado (v. 10).

• Isso acontecerá nos dias atuais caso cada membro da igreja alcançar tais níveis espirituais.

O desafio de cumprir a missão evangélica mundial pode parecer impossível; porém, em vez de considerá-lo uma grande montanha, é necessário concentrar-se na capacidade do Espírito Santo de remover montanhas de problemas.

Portanto, hoje Deus nos diz o mesmo que disse a Zorobabel: “Você não pode fazer essas coisas à força. Elas só acontecem pelo meu Espírito” (v. 6).

• Se o Espírito Santo fosse retirado da igreja atualmente, a maioria das coisas continuaria igual?

• Precisamos urgentemente experimentar o poder de uma igreja cheia do Espírito?

• Viveremos do nosso jeito ou do jeito do Espírito?

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

terça-feira, 13 de abril de 2021

Permita que sua vida seja consertadaa

MEDITAÇÃO DIÁRIA

Terça-feira, 13 de abril

Permita que sua vida seja consertada

Dispõe-te, e desce à casa do oleiro, e lá ouvirás as Minhas palavras. Desci à casa do oleiro, e eis que ele estava entregue à sua obra sobre as rodas. Como o vaso que o oleiro fazia de barro se lhe estragou na mão, tornou a fazer dele outro vaso, segundo bem lhe pareceu. Jeremias 18:2-4

Quando minha esposa e eu éramos missionários em Boa Vista, no território de Rio Branco (hoje estado de Roraima), no Brasil, dirigimos a construção de uma escola. Um dia, contratei uma carreta e fui com meus dois meninos a uma olaria, onde se fabricavam objetos de cerâmica e também tijolos. Percebi que, em um canto da olaria, havia uma pilha considerável de cacos de barro. Enquanto esperava que enchessem a carreta, perguntei ao proprietário o que tinha causado a quebra de tantos objetos. Ele respondeu que não se tinha dado tempo suficiente para que o barro secasse antes de ir ao fogo, e a umidade havia se transformado em vapor, causando estrago nos objetos. Ele disse que aqueles cacos não tinham utilidade alguma, a não ser para preencher buracos e serem “pisados pelos homens”, sem dúvida.

Evitar que grandes objetos de argila ou metal se rachem durante a manufatura pode ser difícil. Por exemplo, o Big Ben, o famoso sino pendurado no Palácio de Westminster, em Londres, e que é o mais famoso sino do mundo, rachou-se antes de sair da fundição. Foi devolvido para conserto, e o reparo foi tão bem-sucedido que o sino tem marcado o tempo virtualmente sem interrupção, desde que foi instalado, há quase 140 anos.

Ao contrário do que aconteceu com os objetos quebrados que vi em Boa Vista, havia esperança para o vaso estragado que Jeremias viu nas mãos do oleiro. O barro ainda não havia ido para o fogo, de modo que o oleiro simplesmente o moldou de novo. Contudo, uma vez secado ao forno, é impossível refazer o vaso de barro. De modo semelhante, será impossível uma nova criação depois que o fogo do último dia tiver efetuado sua obra.


Paulo diz que “manifesta se tornará a obra de cada um; pois o Dia a demonstrará, porque está sendo revelada pelo fogo; e qual seja a obra de cada um o próprio fogo o provará” (1Co 3:13).


Agora é o momento de permitir que o Oleiro Mestre refaça você e o torne um “utensílio para honra” (2Tm 2:21).


Donald E. Mansell e Vesta W. Mansell, 24/7/1998

Revelação Profética - Zacarias 3

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 3

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 Este capítulo apresenta a quarta visão de Zacarias; cuja essência é profecia e ilustração das ações de Satanás perante Deus quando se trata do pecador.

Neste texto teus olhos verão além do normal, o que os olhos carnais desconhecem:

• Existe um real conflito universal e sobrenatural entre o bem o mal;

• O mal conduz poderosamente pessoas ao pecado, cuja finalidade é afastá-las de Deus;

• Ao distanciarem-se de Deus, os pecadores aliam-se ao acusador-mor;

• Contudo, Deus age soberanamente quando o pecador O procura.

Nesta incrível revelação profética, é possível responder a três perguntas importantíssimas para quem vive em meio ao grande conflito entre Deus e Satanás:

1. Primeira: O que acontece quando o pecador arrependido busca a Deus? Os versos iniciais (1-5) respondem: O pecador tem seu acusador repreendido pelo Salvador; tem seus pecados retirados; e, finalmente, recebe aplicação da justiça divina representada pela substituição das vestes sujas pelas limpas.

2. Segunda: O que Deus espera do pecador perdoado? Os versos 6 e 7 mostram que, após purificar ao pecador, Deus espera obediência – um processo de santificação resultante da justificação. A graça que liberta opera poderosamente dando liberdade para viver a fidelidade a Deus.

3. Terceira: Qual é a base de Deus para restaurar o condenado pecador? Os versos 8 a 10 declaram que Cristo é a base da obra de restauração na figura do Servo, do Renovo e da Pedra.

Desta forma, o processo da salvação é unicamente pelas obras de Cristo. Ele é nosso Salvador; nEle o pecador silencia o acusador; nEle o acusado torna-se perdoado e reconciliado com o Deus santo; nEle há perdão, pureza e restauração.

• Em Cristo as imundícias do pecado são retiradas do pecador e aplica-se a justiça divina.

Agora, reflita, assimile e permita que estas certezas inundem a tua vida:

1. “Felizes os que terão ousadia santa diante do Juiz naquele dia, por saberem que ele é seu Amigo e Advogado!” (Matthew Henry).

2. “Quando estivermos revestidos da justiça de Cristo, não teremos nenhum prazer no pecado, pois Cristo está operando em nós. Poderemos cometer erros, mas haveremos de odiar o pecado que causou os sofrimentos do Filho de Deus” (Ellen G. White).

Você crê no que aprendeu? Então, você aceita viver o ideal de Deus? – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

segunda-feira, 12 de abril de 2021

A melhor aquisição

MEDITAÇÃO DIÁRIA

Segunda-feira, 12 de abril

A melhor aquisição

Aconselho-te que de Mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres. Apocalipse 3:18

Anúncio singularíssimo foi o que apareceu um dia no jornal Times de Londres, em 1900. Era notável por sua clareza e positividade. Nada de desenhos nem gravuras de homens ou mulheres chamando a atenção. Mesmo assim, recebeu respostas de toda a Inglaterra. Assinado por Sir Edward Shakleton, explorador do Polo Norte, o anúncio dizia: “Precisa-se de homens para uma viagem arriscada. Salário pequeno, frio intenso, longos meses de trevas completas, constante perigo, sem garantia de volta. Honra e reconhecimento em caso de êxito.”

Esse bem poderia ser um anúncio para recrutar pessoas para a vida cristã. Jesus nunca disse que seria fácil segui-Lo. No entanto, existem hoje muitos que se unem à igreja tão somente por amor ao conforto. Ela nos leva a um modo de vida respeitável e nos salva do tumulto e da fúria do mundo exterior. Mas o Senhor nos convida a comprarmos ouro provado no fogo, e isso não implica inércia.

Essa questão de comprar ouro provado no fogo pode ser perigoso. Se você pensa na obra de Cristo como algo confortável ou “sombra e água fresca”, então essa não é “sua praia”. Não entendemos o significado da vida cristã se a imaginamos como um colchão coberto de rosas. Cristo nos chama para a mais exigente e ousada obra do mundo! É verdade que Ele nos dá Sua paz, mas se trata de uma paz interior, a espécie de paz que provém do conhecimento íntimo e profundo de que “isso está certo; é isso mesmo o que eu devo fazer”.

Você pode me perguntar: “Como posso comprar esse ouro provado no fogo?” Respondo: Primeiro, entregue-se a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Segundo, busque saber a vontade de Deus para sua vida, lendo diligente e coerentemente Sua Palavra. Terceiro, ore cada dia pedindo ânimo para resistir àquilo que sabe estar errado. É só quando sua vida está aberta a Cristo, por intermédio da oração, que você passa a estar suscetível à guia do Espírito Santo. Quarto, faça o que puder para ajudar outros na busca da verdade. E, finalmente, alegre-se no caminho cristão e na marcha ascendente. Assim as riquezas da eternidade serão suas.

Walter Raymond Beach, 24/7/1961

“Menina dos Olhos Divinos” - Zacarias 2

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 2

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 Você quer saber o que Deus deseja para você? Ele te ama tanto que almeja estar sempre ao teu lado! Seu maior desejo é fazer morada em teu coração agora a fim de que por toda a eternidade estejas com Ele em Sua morada: A Nova Jerusalém.

A igreja de Deus, embora defeituosa e falha, não é alvo de Suas críticas, mas de Seu amor e cuidado. Um dia, Jesus virá e destruirá o pecado; não, porém, Sua igreja. O pecado será destruído a fim de salvar à igreja; portanto, é importante abandonarmos o pecado.

A terceira visão de Zacarias, “do Cordel de Medir”, a qual prediz a futura grandeza de Israel caso a nação antiga apreciasse a presença e o favor de Deus; mas, não aconteceu. Com visão neotestamentária, a profecia de Zacarias revela que o plano divino permanece, mas o método foi alterado – não que Deus tenha falhado, mas porque o antigo Israel falhou.

No Novo Testamento, o cumprimento profético foca à igreja de Deus, o corpo de Cristo, que é a “menina dos olhos divinos”. A igreja agora recebe as promessas que Israel rejeitou; espero que não venhamos a rejeitá-las também ignorando a presença constante de Deus. As promessas são:

• Expansão; o reino de Deus será infinito (v. 4);

• Glória e proteção; o povo de Deus será radiante e estará seguro (v. 5);

• Restauração; a destruição resultante do pecado no mundo terá fim e tudo será renovado (vs. 6-7);

• Vingança; inimigos que atacaram a igreja de Deus com críticas e perseguições, pagarão um preço alto (vs. 8-9);

• Terra abençoada; Deus preparará um mundo novo repleto de bênçãos (vs. 10-13).

Deus diz a Sua defeituosa, fraca e frágil igreja: “Qualquer um que atingir vocês me atinge – faz sangrar meu nariz e deixa meus olhos roxos. Mas na hora certa vou dar o sinal, eles serão esfolados e jogados fora…” (AM). Saulo, na estrada de Damasco, perseguindo a igreja, caiu do cavalo e quase morreu. Ali Jesus lhe perguntou: “Por que ME persegues?”

Deus luta e preza por Sua igreja mesmo quando esta falha em suas responsabilidades.

Além de arrepender-se e deixar de atacar à igreja de Cristo com críticas e perseguições, faça parte da igreja de Deus! Comprometa-se! Consagre-se! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

domingo, 11 de abril de 2021

Caminhos misteriosos

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Domingo, 11 de abril

Caminhos misteriosos

A Tua vereda passou pelo mar, o Teu caminho pelas águas poderosas, e ninguém viu as Tuas pegadas. Salmo 77:19, NVI

Deus Se move de forma misteriosa. Os cristãos da Inglaterra cantam há muito tempo essas famosas palavras iniciais de um hino composto no século 18 por William Cowper (1731-1800). O que nem todos conhecem é a circunstância incomum na qual o hino foi escrito. Cowper, um dos poetas mais populares de sua época, era cristão e amigo de John Newton, autor do hino “Graça Excelsa”. No entanto, era frequentemente assolado pela depressão, abrigando ideias suicidas. Para piorar, depois de um sonho em 1773, passou a achar que estava destinado à perdição eterna.

Numa noite envolta em neblina, ele estava mergulhado nas profundezas do desespero. O mau tempo era uma metáfora viva de seu estado mental. Cowper chamou uma carruagem puxada a cavalos, o táxi da época, e pediu para o cocheiro seguir para a London Bridge. “Por que alguém iria querer ir à London Bridge a esta hora da noite, com este tempo, senhor?”, perguntou o cocheiro, sem obter resposta. Depois de duas horas andando em meio ao denso nevoeiro, o cocheiro admitiu que estava perdido. Desgostoso com a demora, Cowper desceu, disposto a chegar à ponte a pé. Mas percebeu que estava em frente à entrada da própria casa. Imediatamente, reconheceu que a mão de Deus havia guiado os cavalos, que ficaram andando em círculos, impedindo que ele chegasse ao Tâmisa, onde pretendia cometer suicídio.

Convencido pelo Espírito de Deus, ele percebeu que o caminho para sair de seus problemas era olhar para Deus, e não pular no rio. Pegou a Bíblia e leu o Salmo 77. Depositando os fardos sobre o Senhor, sentiu conforto no coração. Com gratidão, escreveu estas palavras: “Deus Se move de forma misteriosa / Para realizar Suas maravilhas. / Ele imprime Suas pegadas no mar / E cavalga sobre a tempestade.”

Séculos antes de Cowper, o salmista também se sentia deprimido, desanimado e solitário. Ele não conseguia ver a mão de Deus guiando sua vida. Para ele, Deus havia Se esquecido de Seu povo. Parecia que o amor divino tinha acabado. Das promessas, nada restara. Ele não conseguia falar nem cantar. Porém, finalmente, ele percebeu que Deus ainda era o mesmo que havia caminhado pelo meio do mar para abrir caminho para Seu povo. Ninguém vira as pegadas divinas, mas Deus estava lá. Ao resgatar as memórias do poder divino, ele recuperou sua confiança.

Se você está envolto em denso nevoeiro, como Cowper ou Asafe, não pegue uma carruagem para o rio; vá logo para o mar e veja as pegadas de Deus. Um Deus que Se move de maneira misteriosa.

Marcos De Benedicto, 3/6/2016

Exortação ao arrependimento - Zacarias 1

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Zacarias 1

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 Qual é a nota tônica do livro de Zacarias? Merril F. Unger analisa:

“Esse livro é único entre os profetas menores pela ênfase messiânica e pela revelação de eventos ligados ao primeiro e segundo adventos de Cristo. É tido como o escrito mais messiânico e verdadeiramente apocalíptico e escatológico de todo o AT”.

Diante disso, creio que não valorizamos suficientemente seu estudo; por outro lado, por mais apelativos que sejamos em prol do estudo desse livro, nunca seremos exagerados.

Sobre os seis primeiros versículos, o teólogo Paul R. House afirma: “Dificilmente seria possível escrever um resumo mais claro de todas as Escrituras desde Deuteronômio 27 até Zacarias 3”.

• Por que não empenharmos no estudo desse importantíssimo livro durante esses próximos 14 dias e aceitar de todo coração viver à altura do ideal de Deus traçado por Zacarias?

Se afirmativo, comecemos agora mesmo: A primeira coisa que temos a fazer é nos arrepender; um arrependimento total que resulte num reavivamento sobrenatural e numa reforma geral da vida (vs. 1-6).

• Você aceita dar esse passo com determinação?

Arrependimento é a desistência da velha vida, isto é, morte. O Dr. Wilson Paroschi diz que, “embora a salvação seja um ‘dom de Deus’ (Efés. 2:8), ela o é somente para aqueles que morrem para si mesmos, que se entregam sem reservas a Cristo, e que estejam dispostos a viver por Ele”.

• Você aceita mesmo dar o primeiro passo: Arrependimento verdadeiro?

O capítulo 1 continua apresentando a primeira das oito visões do livro (vs. 7-17): Um homem cavalgando um cavalo vermelho. O que isso significa? William MacDoanald responde: “Deus está descontente com os gentios que vivem confortavelmente enquanto seu povo enfrenta dificuldades. O Senhor punirá as nações e restaurará seu povo”.

O mesmo capítulo apresenta a segunda visão do profeta (vs. 18-21): Os quatro chifres e os quatro ferreiros. O que isso significa? O Comentário Bíblico Adventista responde:

1. Os chifres são claramente definidos como os poderes que dispersaram a Judá, a Israel e a Jerusalém.

2. Os artesões representavam os agentes usados pelo Senhor na restauração de Seu povo e da casa do Seu culto.

Deus sempre agiu visando o melhor para Seu povo; tudo o que Ele fez foi para restaurá-lo. Hoje não é diferente! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

sábado, 10 de abril de 2021

Tudo vem de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sábado, 10 de abril

Tudo vem de Deus

Porque quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos dar voluntariamente estas coisas? Porque tudo vem de Ti, e das Tuas mãos To damos. 1 Crônicas 29:14

Os que vivem na Terra devem unir-se ao exército celestial em atribuir ao Criador todo o louvor e glória. Homem algum tem a mínima razão parao rgulhar-se ou exaltar-se, mesmo fazendo o melhor .que lhe é possível. […]

Deus está atuando constantemente para suprir as deficiências do homem. Até mesmo o arrependimento é produzido graças à aplicação da graça. O coração natural não sente necessidade de arrependimento. As lágrimas que caem dos olhos humanos por motivo de tristeza pela pecaminosidade ou por causa da sua compaixão por outros pecadores vêm sem ser chamadas. São como orvalho de olhos que pertencem a Deus. […] As boas resoluções que tomamos são apenas a expressão de desejos que são Seus. A vida reformada não é mais que o melhor uso de uma vida que foi remida pelo sacrifício de Seu Filho Jesus. Não devemos atribuir nenhum mérito a nós mesmos, por qualquer coisa que façamos. […]

A fé, também, é dom de Deus. A fé é o anuir do entendimento do homem às palavras de Deus, unindo o coração ao serviço de Deus. E a quem pertence o entendimento do homem, se não a Deus? A quem pertence o coração, se não a Deus? Ter fé é render a Deus o intelecto, as energias, que Dele recebemos; por isso os que exercem fé não têm eles mesmos, mérito algum. Os que creem num Pai celestial tão firmemente que Nele confiem com confiança ilimitada; os que, pela fé, podem alcançar para além da sepultura as realidades eternas da vida futura, esses devem derramar ao seu Criador a confissão, dizendo: “Tudo vem de Ti, e da Tua mão To damos” (1Cr 29:14). […]

As faculdades concedidas pelo Céu não devem ser usadas para servir a fins egoístas. Toda energia, todo dom, é um talento que deve contribuir para glória de Deus, sendo usado em Seu serviço. […]

Que ninguém procure exaltar-se falando de seus feitos, vangloriando-se de suas habilidades, ostentando seus conhecimentos e cultivando elevado conceito de si mesmo! […] Cristo nunca foi atrevido ou presumido.

Aquele a quem Deus confiou dons incomuns deve devolver ao tesouro do Senhor o que recebeu, dando generosamente aos outros os benefícios de suas bênçãos. Assim Deus será honrado e glorificado (Review and Herald, 1o dedezembro de 1904).

Ellen G. White, 2/8/1968

•••••••

O Desejado de todas as nações -Ageu 2

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Ageu 2

Comentário Pr Heber Toth Armí 

 Ageu deve cumprir ainda hoje seu objetivo através de seu livro.

Foi num tempo de paralisia espiritual, quando o povo estava acomodado, após regressar do cativeiro babilônico, e sem recursos suficientes, que Deus levantou o profeta Ageu para libertar Seu povo da letargia reinante.

A mensagem do profeta foi poderosa e eficiente: Líderes eclesiásticos e liderados reagiram e reconstruíram o templo em quatro anos, terminando-o em 516 a.C. Tal reconstrução era importante para o primeiro advento do Messias (vs. 2-9).

Pode ser que a tua congregação esteja como o templo em que as pessoas da época de Ageu frequentavam: inacabado. Era um esqueleto em ruína parecido a um cadáver que se decompunha, e a espiritualidade dos membros era visível na estrutura do templo (vs. 10-14).

• Não seria nosso caso também?

Além disso, há um tom messiânico na frase: “virá o Desejado de todas nas nações” (v. 7) – explica Merril F. Unger. Porquanto, extraímos as seguintes implicações:

1. Um templo arruinado e esquecido é símbolo de desprezo Àquele que é o único que pode libertar as nações de sua escravidão no pecado (vs. 10-14).

2. Meras cerimônias de purificação não santificam a ninguém; porém, o render-se de coração ao Senhor traz solução para os graves problemas econômicos da nação (vs. 15-19).

3. Um dia o Céu e a Terra serão abalados a fim de que o Reino de Deus seja restaurado plenamente sobre os reinos mundanos: A segunda vinda de Cristo é nossa maior esperança (vs. 20-22).

4. Um dia, Jesus, o Filho de Davi, tipificado por Zorobabel, filho de Davi, assumirá os tronos do mundo e Sua administração será plena de harmonia, honra e glória (v. 23).

Desta forma, o profeta…

• …abriu os olhos do povo para o presente: O templo; e, para o futuro: O Messias vindouro.

• …mostrou o efêmero: a construção; e, apresentou o eterno: O Messias glorificado.

• …apontou a atualidade: A casa de culto para o momento; e, a escatologia: Quando não haveria necessidade de edificações para a adoração.

Jesus, o Desejado de todas as nações, deve ser entronizado hoje (e diariamente) em nosso coração a fim de que haja restauração da nossa mornidão espiritual e aconteça o reavivamento pleno de nossa alma.

Quem se dispõe? Você? – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Você crê realmente?

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sexta-feira, 9 de abril

Você crê realmente?

Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo? Tiago 2:14

Em 1859, Jean-François Gravelet, famoso acrobata francês da corda bamba, mais conhecido como “Blondin”, atravessou as cataratas do Niágara sobre uma corda de 330 metros de extensão, suspensa a 48 metros de altura sobre as enormes e perigosas cachoeiras. Ele fez a travessia sobre a corda de várias maneiras: carregando um carrinho de mão; sentando-se no meio do caminho para fritar e comer uma omelete; dentro de um saco; de olhos vendados e com pernas de pau! Aos milhares, o público saía de toda parte para assistir àquelas proezas de tirar o fôlego.

Depois dessas apresentações, a multidão aplaudia e gritava: “Blondin! Blondin! Blondin!” Certa ocasião, depois de terminar uma de suas famosas travessias, ele perguntou:

– Vocês acreditam que eu consigo carregar alguém sobre meus ombros?

– Sim! Sim! Sim! – trovejou a multidão.

– Tudo bem – disse Blondin. – Se vocês acreditam, que se apresente alguém então para ser carregado.

A aclamação parou. Ninguém se mexia. Uma coisa era crer que Blondin pudesse carregar alguém na travessia; outra coisa era crer que “eu” pudesse ser carregado. Finalmente, um homem se apresentou – obviamente alguém sustentado pela coragem de suas convicções. Enquanto a multidão observava, Blondin carregou aquele homem para o outro lado, em segurança.

Há muitos hoje como aquela multidão que aclamava Blondin. Professam crer que Jesus pode salvar – salvar os outros, mas não a “mim”. Uma fé como essa não tem valor.

A Bíblia apresenta amplas evidências de que Jesus “pode salvar totalmente os que por Ele se chegam a Deus” (Hb 7:25). Afinal, Ele salvou o ladrão penitente em sua hora extrema, não foi? Por que, então, deveria alguém questionar a Sua capacidade de salvá-lo pessoalmente?

Salvação significa dar o passo inicial de crer em Jesus, mas inclui também confiar Nele a cada passo do caminho. Ao fazermos isso, Ele nos leva até o fim com segurança, tal como Blondin carregou o homem sobre os ombros acima das cataratas do Niágara. E Jesus faz com muito mais segurança!

Donald E. Mansell e Vesta W. Mansell, 21/1/1998

•••••••

“Estou com vocês” -Ageu 1

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Ageu 1

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Não há como se desfazer do passado; não há como ignorá-lo. Entretanto, é possível usá-lo para nosso benefício. Estudando o primeiro capítulo do profeta Ageu, fica evidente que o passado precisa tomar-nos pela mão, conduzir-nos no presente e, orientar-nos rumo ao futuro.

Uma avaliação do presente com base no passado pode ajudar a determinar o teu futuro. Então…

“Considerai o vosso passado”. Duas vezes o profeta cita essa frase (vs. 5, 7). Na versão A Mensagem diz: “Deem uma olhada na sua vida. Reflitam sobre ela”.

Deus quer nos conduzir a…

1. Uma reflexão;

2. Uma retrospectiva;

3. Uma introspecção;

4. Uma auto avaliação;

5. Uma meditação.

O amadurecimento passa pelo meditar na Palavra de Deus. Nosso crescimento espiritual acontece sob a regência de um Ser Supremo. A meditação é como nossa alimentação para o coração.

Para quem não prioriza a Deus, a vida é incompleta, sem sentido, não avança consideravelmente; a insatisfação, a avidez materialista é insaciável e o dinheiro escasso (vs. 1-6).

Se as pessoas refletissem sobre a corrida e miserável vida, notaríamos muito mais atitudes positivas em relação a Deus do que se vê. Nada prospera sem a bênção de Deus; então, por que…

• …deixá-lO fora de nossa agenda?

• …não buscá-lO diariamente?

• …não tê-lO como Deus, o primeiro em nossa vida?

• …deixar o materialismo ocupar o lugar do cristianismo?

Precisamos assimilar o princípio de que independente de Deus “nada – nem homem, nem mulher, nem animal, nem plantação – vai prosperar” (vs. 8-11).

Façamos como os ouvintes de Ageu do ano 520 a.C. “Quando o Eterno enviou o profeta Ageu, eles prestaram atenção, eles honraram o Eterno”; como resultado Deus declarou: “Estou com vocês” (vs. 12-15).

Portanto, considere atenciosamente: Precisamos aprender…

• …a olhar o passado para não cometermos os mesmos erros de sempre.

• …que investir em tudo, exceto em Deus, não é produtivo: Investimentos errados produzem resultados insatisfatórios.

• …que reter para nós o que deveria ser entregue a Deus é egoísmo e resulta em pura perda.

Priorizar qualquer coisa em lugar de Deus é idolatria. Quando materialismo ocupa o lugar do cristianismo Deus precisa chamar a atenção dos Seus filhos para não despencar no caminho da perdição.

Deus anseia nossa salvação. Ele quer nossa restauração.

“Senhor, reaviva-nos agora e sempre!” – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

quinta-feira, 8 de abril de 2021

GPS profético

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Quinta-feira, 8 de abril

GPS profético

Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele. Isaías 30:21

Houve uma época em que encontrar alguns endereços era uma verdadeira dor de cabeça. A vida e as viagens se tornaram muito mais fáceis com o aperfeiçoamento e a popularização do Sistema de Posicionamento Global, mais conhecido pela sigla em inglês GPS. Esse sistema espacial de navegação via satélite é operado pelas forças armadas dos Estados Unidos e disponibilizado para o mundo todo. No dia 10 de fevereiro de 1993, a Associação Nacional da Aeronáutica selecionou a equipe do GPS como vencedora do Troféu Roberto J. Collier, o prêmio mais respeitado da área da aviação nos Estados Unidos.

É inegável que a tecnologia contida no sistema é uma das mais úteis e importantes de nossos tempos.

Os aparelhos com GPS podem nos mostrar qual é a estrada que devemos seguir e nos conduzir de volta para ela sempre que corremos o risco de nos perder. Na esfera espiritual, Jesus é “o Caminho” (Jo 14:6), e o Espírito Santo é o Agente que nos ajuda a manter nossa fidelidade a Cristo e à Sua Palavra (Jo 16:13, 14). De acordo com a promessa divina, “quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele”. Um dos meios mais importantes que o Espírito Santo usa para desempenhar essa função é o dom profético.

Nós, adventistas do sétimo dia, cremos que os escritos inspirados de Ellen White são um GPS profético para a desafiadora parte final de nossa jornada rumo ao lar celestial. Assim como o GPS, que não passa de uma ferramenta para nos manter na direção correta, esses escritos não têm a intenção de substituir a Bíblia, mas apenas de nos manter fiéis a ela. Eles apresentam parâmetros hermenêuticos para nossa interpretação das Escrituras, a fim de que não modifiquemos o verdadeiro sentido da Palavra de Deus. Incomodados com esses parâmetros, alguns críticos e revisionistas minam a autoridade profética de Ellen White com o intuito de ter liberdade suficiente para distorcer o texto bíblico.

Nunca devemos silenciar a maravilhosa palavra profética. Isso é o que Cristo disse aos seus seguidores: “Quem vos der ouvidos ouve-Me a Mim; e quem vos rejeitar a Mim Me rejeita; quem, porém, Me rejeitar rejeita Aquele que Me enviou” (Lc 10:16). Se Ellen White tivesse sido uma falsa profetisa, deveríamos tê-la rejeitado. Em contrapartida, sendo ela uma profetisa verdadeira, devemos aceitar suas mensagens divinamente inspiradas.

Alberto R. Timm, 10/2/2018

•••••••

A santa ira de Deus - Sofonias 3

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Sofonias 3

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Se Deus fosse injusto, Seu caráter seria inconsistente. Como não é, Sua justiça exige providências contra o pecado que assola o mundo e tudo o que nele há. Logo, é necessário um julgamento rigoroso.

A santa ira de Deus move Suas ações, não sem antes revelar Sua infinita bondade e expressar Sua graça. Quanto mais entendimento se adquire sobre a santidade de Deus e Sua ira contra o pecado, mais valor se dará a Sua graciosa graça.

Talvez por isso Arthur W. Pink analisa: “Um estudo da concordância mostrará que nas Escrituras há mais referências à cólera, fúria e ira de Deus do que ao Seu amor e bondade”. Entretanto, este destaque à justiça só dá maior valor ao Seu amor e graça. Pois, onde estaríamos agora se não fossem estes últimos atributos divinos?

O capítulo de nossa meditação pode ser assim esboçado:

1. Juízo sobre Jerusalém: a cidade da paz, não será poupada, nem as igrejas cristãs. Desobediência, resistência à correção, incredulidade e impiedade, ganância, leviandade, hipocrisia, tudo será castigado (vs. 1-7).

2. Um remanescente sobrará e será consolado, pois Deus vingará os perversos na segunda vinda de Cristo; e, os poucos fiéis serão ricamente abençoados: salvação plena (vs. 8-20).

Revelado por Deus, “…o plano da redenção tinha um propósito ainda mais vasto e profundo do que a salvação do homem. Não foi para isto apenas que Cristo veio à Terra; não foi simplesmente para que os habitantes deste pequeno mundo pudessem considerar a lei de Deus como devia ela ser considerada; mas foi para reivindicar o caráter de Deus perante o Universo” (Patriarcas e Profetas, cap. 4, p. 68/37).

Infelizmente, diante de tudo o que já foi revelado na Bíblia e no sacrifício de Cristo, apenas poucas pessoas se salvarão. Contudo, se não fosse a graça de Deus, nem mesmo estes se salvariam. “Portanto, cante, filha de Sião! Celebre, Israel! Filha de Jerusalém, alegre-se! Faça festa! […] Não há mais o que temer do mal, nunca mais” (vs. 14-15).

Para quem não se preparou, o dia do juízo será um terror; para os fiéis, será a maior demonstração de amor depois do Calvário! Os salvos estarão para sempre com a bênção da presença do Senhor: “As tristezas acumuladas… vão desvanecer…” (vs. 18-20). Louvado seja Deus!

Temos muitas razões para buscar reavivamento! Deus quer executar Seus maravilhosos planos em nossa vida! – Heber Toth Armí

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Bodas de ouro

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Quarta-feira, 7 de abril

Bodas de ouro

Santificareis o ano quinquagésimo e proclamareis liberdade na terra a todos os seus moradores; ano de jubileu vos será. Levítico 25:10

No quesito aniversário de casamento, cada ano é representado por algum elemento de valor. Ouro é para 50 anos de matrimônio. Uma escolha apropriada. Qualquer um que celebre 50 anos de matrimônio tem memórias ou recordações de ouro armazenadas. É um longo caminho do ano um ao 50!

Não é de admirar que a maioria ame histórias de pessoas que viveram até uma centena de anos ou que celebram aniversários que abrangem muitas décadas. No tempo de Israel, 50 anos duravam tanto quanto hoje.

O ano 50 enchia o futuro de esperança. “Mas o que distinguia em especial o ano do Jubileu era a devolução de todas as terras à família do possuidor original. […] Foram essas as providências tomadas por nosso misericordioso Criador para amenizar o sofrimento, trazer algum raio de esperança e fazer brilhar alguma centelha de luz na vida dos necessitados e angustiados” (Ellen G. White, Patriarcas e Profetas, p. 468).

Depois de 50 anos, os israelitas que estavam em escravidão eram libertados. O Senhor provia alimento para o povo de Israel sem a necessidade de plantar. Que ocasião para se aguardar!

Visto de outro ângulo, o ano do jubileu lembrava aos abastados e aos proprietários de terras que tudo pertencia a Deus. Ensinava-os a compreender os direitos e as necessidades dos mais pobres e dos oprimidos.

No jubileu, percebemos um exemplo do que Deus faz por Seus filhos. Jesus veio proclamar liberdade. Nele quebram-se os grilhões do pecado. Nele Deus restaura o Éden e entrega o domínio a Seu povo. Nele Deus provê para todas as nossas necessidades.


Todo valor espiritual vem de Sua mão. A produção agrícola no jubileu deveria ser deixada livre para o estrangeiro, o órfão e a viúva, e mesmo para os animais do campo.

Jesus veio para dar ao mundo um ano de jubileu perpétuo. Cada dia é uma página no calendário do Seu gracioso amor. O dia de hoje é exatamente isso para você. “Cristo faz a ligação entre a humanidade pecadora, fraca e desamparada e a fonte do poder infinito” (Ellen G. White, Caminho a Cristo, p. 20).

Walter Scragg, 28/1/1988

•••••••

Arrependa-se - Sofonias 2

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Sofonias 2

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Se você concorda com Sofonias, então, está na hora de confrontarmos o pecado; de falar mais do juízo e da única forma de livrar-se da condenação.

Tem muita gente enganada indo em direção do inferno. Fique alerta: Ou você serve a Deus, ou é escravo do pecado. Não há meio termo – não tem como servir a Deus permanecendo escravo do pecado.

Os profetas não brincavam com coisa séria, não faziam shows de suas mensagens. Preste atenção em Sofonias:

“Busquem o Eterno, todos vocês, que promovem paz com disciplina, que vivem segundo a justiça do Eterno. Busquem as estradas retas do Eterno. Busquem uma vida pacífica e disciplinada. Talvez assim sejam poupados no dia da ira do Eterno” (vs. 2-3).

Embora o tema da ira divina não atraia a atenção de pregadores que desejam popularidade, J. L. Packer observa que “uma das coisas mais impressionantes sobre a Bíblia é o vigor com que os dois Testamentos destacam a realidade e o terror da ira de Deus”.

• Ainda mais impressionante é continuarmos vivos mesmo sendo objetos da ira divina, devido a nossa rebeldia.

O restante do capítulo refere-se à condenação da parte de Deus aos…

• …Filisteus (vs. 4-7);

• …Moabitas e amonitas (vs. 8-11);

• …Etíopes (v. 12);

• …Assírios, principalmente ninivitas (vs. 13-15).

Sofonias é abrangente na mensagem, contudo, sucinto nas palavras. Martin Bucer afirma: “Quem deseja todos os oráculos secretos dos profetas resumidos em um único compêndio deve ler o breve livro de Sofonias”. Ele foi direto ao ponto. Veja o que ele havia dito no capítulo anterior representando a voz de Deus (1:12-13):

“Vou achar e castigar os gordos e preguiçosos, que estão sentados, divertindo-se e relaxando. Eles pensam: ‘O Eterno não faz nada, nem bem nem mal…’. Mas esperem para ver. Eles vão perder tudo o que possuem: dinheiro, casa e terra”.

Agora, ao iniciar o capítulo dois, o profeta expõe: “Portanto, preparem-se. Aprumem-se! Vocês são uma nação que não sabe o que quer. Façam isso antes de serem soprados para longe, como folhas na tempestade, antes que a ira do juízo do Eterno caia sobre vocês, antes que a ira do juízo do Eterno desça com força total”.

O caminho da vida é arrepender-se. Portanto, refugiemo-nos em Deus através de Jesus! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

terça-feira, 6 de abril de 2021

Juízo do Eterno - Sofonias 1

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Sofonias 1

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Corrupções, maldades, imoralidades, despudor, torpor sexual, infidelidades e injustiças te incomodam demais? Você não aguenta mais ter de sobreviver às mazelas da sociedade atual?

Veja no capítulo em pauta a boa notícia:

“O grande dia do juízo do Eterno está quase aí. É hora de contagem regressiva: ‘…sete, seis, cinco, quatro…’ […] Esse é o dia do juízo do Eterno – da minha ira! Eu me importo com o pecado, e meu zelo é um fogo para consumir o mundo corrompido, um incêndio incontrolável sobre os que se corrompem” (vs. 14-18).

Deus falou com Sofonias e através dele:

• “Vou fazer uma limpeza na terra; uma faxina geral na casa”.

• “Homens, mulheres e animais, incluindo as aves e os peixes; qualquer coisa que cause o pecado será destruída, mas especialmente as pessoas” (vs. 1-3).

• “Gritos amargos e estridentes se ouvirão no dia do juízo, até homens fortes gritarão por socorro” (v. 14).

Se as pessoas soubessem como Deus abomina o pecado, não dariam atenção a nenhuma tentação. Todavia, a maioria perdeu a noção de santidade, e o que significa a ira de Deus (sendo esse assunto, conforme diz Geoffrey Bromiley, um aspecto essencial da mensagem do Antigo Testamento).

É importante que tenhamos uma visão abrangente do livro de Sofonias a fim de que compreendamos a grandiosidade das suas aplicações:

1. A filosofia do juízo divino: Deus adverte (1:1-2:3);

2. A aplicabilidade do juízo celestial: Deus admira-Se (2:4-3:7);

3. A consequência do juízo universal: Deus regozija-Se (3:8-30).

O primeiro capítulo revela que Deus aniquilará pagãos, sincretistas religiosos e apóstatas (vs. 4-6). Falsos líderes religiosos, líderes políticos indiferentes, gananciosos, materialistas, relaxados, preguiçosos (vs. 7-13) sofrerão as consequências de suas escolhas insanas.

• Só contrastando nossa sociedade com a santidade de Deus é possível mensurar a malignidade do pecado.

Atualmente muitos pregam meias-verdades: graça sem juízo; amor a Deus sem compromisso; tradições humanas, não o pleno/puro evangelho bíblico. Consequentemente, tem muita gente na estrada do inferno crendo piamente que chegará ao Céu.

Há algo positivo neste capítulo? Claro! Deus fará “uma limpeza na terra, uma faxina geral…”. Quando o Planeta for purificado, estará seguro somente quem estiver firmado nAquele que sofreu as consequências do juízo sem ter pecado: Jesus!

O juízo divino é positivo para o pecador arrependido! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

PODE A FÉ FORÇAR A DEUS?

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Terça-feira, 6 de abril

PODE A FÉ FORÇAR A DEUS?

Então, lhe disse Jesus: Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou sã. Mateus 15:28

Dificilmente o pai ou uma mãe cujos filhos estejam seriamente enfermos não terão sentimentos semelhantes aos dessa cananeia anônima. Certamente terão um intenso desejo de que Deus cure seus filhos também. Essa mulher foi elogiada como um modelo de fé porque persistiu em pedir a Jesus que curasse sua filha mesmo depois de uma aparente recusa do Senhor. Mas que mãe em um situação igual teria desistido?

Infelizmente, esse encontro entre Jesus e a mãe persistente tem sido às vezes interpretado como o meio pelo qual a fé é usada para extrair favores de Deus. Alguns concluem desse relato que Jesus estivesse talvez relutante em operar o milagre solicitado e que a fé da mulher de certa forma O persuadiu a operar o milagre. Isso confirma o mito aceito por muitos de que, se alguém pede uma bênção específica e ela não é concedida, significa que não houve fé suficiente para “forçar a Deus” a fazer o que foi pedido. Essa ideia tem resultado em pessoas aflitas a respeito das ações de Deus.

Realmente, o que Jesus fez nesse relato revela algumas qualidades preciosas de nosso Deus. Em vez de ser surpreendido pela mulher cananeia, Ele viajou uma distância grande, fora de Seu caminho, somente para estar disponível para satisfazer aquela necessidade específica. Sua aparente indiferença ao que a mulher precisava levou Seus discípulos à compreensão da dor que atitudes assim podem produzir nas pessoas. Curando a filha da cananeia, Jesus reprovou a mesquinhez dos judeus.

O amor de Jesus pela filha dessa mulher sem nome era acompanhado por Seu desejo de permitir que ela revelasse uma qualidade de fé inestimável. Ela tinha ouvido acerca do ministério e ensinos de Jesus e correspondeu, depositando inteira confiança Nele. Foi essa confiança que fundamentou seu pedido. Porém, sua confiança não se baseava em Sua resposta àquela solicitação. Adorou a Jesus pelo que Ele é, não pelo que Ele faria ou deixaria de fazer por ela. Como aconteceu com Jó, sua confiança em Deus se fundamentava em algo mais amplo do que as circunstâncias pessoais. A fé não é um meio de o cristão obter vantagens e favores especiais de Deus. É a confiança em Deus somente por conta do que Ele é!

Dick Winn, 11/9/1987

segunda-feira, 5 de abril de 2021

“Deus amou o mundo de tal maneira”

 MEDITAÇÃO DIÁRIA


Segunda-feira, 5 de abril

“Deus amou o mundo de tal maneira”

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Muitas têm sido as tentativas dos homens para descrever o insondável amor de Deus pela humanidade. Todas essas tentativas ficam muito distantes da realidade. A mais eloquente analogia é a do amor de um pai e uma mãe por seus filhos. Depois de o Mestre descrever o mais fielmente possível esse amor, O ouvimos dizer: “Se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que Lhe pedirem?” (Mt 7:11).

“Se os pais se sacrificam por seus filhinhos, quanto mais Deus! Se um homem daria a vida pelos amigos, quanto mais Deus! Se vocês são capazes de sofrer por alguém a quem amam, quanto mais Deus! Lembrem-se de como Lacordaire dramatizou uma vez essa verdade? ‘Se vocês querem saber como o Todo-Poderoso Se sente a nosso respeito, escutem o pulsar de seu próprio coração. Acrescente a isso o Infinito’” (Stewart, Heralds of God, p. 148).

O amor de Deus pelo homem não se expressa apenas em João 3:16, mas em toda a história do evangelho. A encarnação foi uma expressão desse amor. O ministério de Jesus em benefício dos homens foi constante e uma eloquente tentativa de dramatizar o amor de Deus. A cruz foi a suprema manifestação do amor. Deus continuou demonstrando Seu imenso amor no ministério do Espírito Santo, em nós, e na obra de Cristo no Céu em favor dos pecadores, na promessa da segunda vinda de Jesus e na esperança da vida eterna. Todas essas grandes verdades evangélicas refletem o amor de Deus.

Alguém pode perguntar: “Se Deus me ama, por que eu sofro?” “Se Deus ama o mundo, por que existe tanta dor?” Parte da resposta a essas perguntas está nas palavras de Paulo: “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas” (2Co 4:17, 18).

O amor de um Deus eterno deve ser avaliado nos termos de Sua eternidade. Seu amor pode ser sentido agora, mas só será compreendido na vida eterna.

Norval F. Pease, 22/3/1970

Princípios para Nossa Espiritualidade - Habacuque 3

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Habacuque 3

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Ao olhar à política, educação, saúde, economia, sociedade e até à religião, poderás ter grandes decepções, tristezas e angústias; porém, quando se olha além do horizonte e, pela fé, é possível contemplar ao Soberano Deus, que tem a história nas mãos. Tal visão alegra o coração em meio à corrupção.

Ainda que o mundo esteja em estado de calamidade pública total devido a tanta corrupção e imoralidade, é possível enxergar luz no fim do túnel: A glória divina.

Habacuque deixa, segundo Isaltino Filho, as seguintes aplicações:

• Uma lição estarrecedora: O povo de Deus não está isento do julgamento.

• Uma lição gloriosa: A história não está descontrolada, Deus deu-lhe destino.

• Uma lição moral: Os violentos e maldosos colherão o que plantaram.

• Uma lição espiritual: O justo viverá pela fé, não pelas circunstâncias.

• Uma lição final: Há alegria em viver pela fé.

Além dessas, o último capítulo do livro do profeta Habacuque revela-nos alguns princípios essenciais para nossa espiritualidade. Grave-as no coração:

1. O crente fiel, que confia plenamente em Deus, não reclama da situação, mas clama a Deus para agir em favor de Seu amado povo (vs. 1-2).

2. O servo de Deus não faz greve ou critica pessoas erradas, Ele ora a Deus e recorda Seus cuidados especiais (vs. 3-15).

3. O indivíduo que se submete a Deus não se vinga do inimigo, espera pela vingança divina: a justiça de céu não falha (v. 16).

4. O filho de Deus se dispõe a confiar totalmente nEle, a despeito do que os olhos carnais veem, pois a fé enxerga mais longe (vs. 17-19).

Quando contemplamos situações específicas, pode ser que não entenderemos Deus; porém, quando Ele nos desvenda os olhos, veremos as maravilhas de Suas ações; então, como Habacuque, exclamaremos:

“Mesmo que não haja figos na figueira, e as uvas da videira não amadureçam; mesmo que não se colham azeitonas, e os campos de trigo não produzam; mesmo que os apriscos estejam sem ovelhas e as estrebarias sem gado, desde já cantem louvor jubilante ao Eterno. Pulando de alegria diante de Deus, meu Salvador. Por saber que o governo do Eterno será vencedor, sinto-me fortalecido e encorajado…” (vs. 17-19).

Unamo-nos em Oração: “Aviva a tua obra, ó Senhor! Dá-nos urgentemente o reavivamento prometido!” – Heber Toth Armí.

Escreva o que mais você gostou em Habacuque:

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

domingo, 4 de abril de 2021

Em quem confiar?

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Domingo, 4 de abril

Em quem confiar?

Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor, o nosso Deus. Salmo 20:7, NVI

Na década de 1950, Hollywood endeusou um jovem ator que, com uma combinação extraordinária de talento e beleza, foi indicado ao Oscar quatro vezes consecutivas. Seu nome: Marlon Brando. No mês em que escrevo esta meditação, Brando encerrou o último capítulo de sua vida numa situação muito deprimente.

Patologicamente obeso e psicologicamente desequilibrado, a famosa estrela de outros tempos morreu no apartamento de um só quarto, sujo e dilapidado, escondendo suas duas estatuetas do Oscar dos credores que corriam atrás de uma dívida de quase 20 milhões de dólares.

Sua vida familiar tinha sido um desastre. Em 1990, seu filho Christian matou o namorado da irmã Cheyene e enfrentou um julgamento marcado por insinuações de incesto. Cinco anos mais tarde, Cheyene cometeu suicídio.

Houve momentos em que o excêntrico ator teve todo o dinheiro que quis. Bebeu e comeu do bom e do melhor. Torrou a fortuna e só encontrou refúgio numa ilha que comprou no Taiti. A realidade é que nunca teve paz. O dinheiro, o poder e a fama não foram capazes de preencher o vazio enlouquecedor de seu triste coração.

O salmista Davi expressa isso no texto de hoje. Tudo o que você tocar, ver e possuir são miragens enganosas. Embora muitas vezes o ser humano não queira aceitar, só pode ser feliz quando construir o edifício da vida sobre Jesus, a Fonte da verdadeira paz e realização. Pena que, para entender isso, muitos precisam chegar a um ponto em que não sabem mais para onde ir nem o que fazer. Olham para todos os lados buscando uma saída, mas só encontram sombras que os deixam cada vez mais confusos. Desesperam-se, choram e buscam inutilmente uma razão para estar vivos. O pior de tudo é que ninguém conhece sua angústia, porque ela habita no recôndito da alma.

Há momentos em que você sente um vazio no coração? Tudo o que consegue não o satisfaz? Você corre e corre e não sabe exatamente atrás do quê?

Se sim, lembre-se do texto bíblico de hoje: “Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor, o nosso Deus.”

Alejandro Bullón, 7/2/2007

Admoestações Divinas- Habacuque 2

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Habacuque 2

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Temos de ser mais interessados em admoestações divinas do que em bajulações humanas.

Infelizmente nosso orgulho fica ferido e nos fechamos quando somos confrontados com as advertências divinas; porém, nos inchamos com elogios humanos.

O profeta Habacuque não dá voltas, ele é objetivo: vai direto à ferida. Para quem almeja moldar-se com a Palavra de Deus, fique alerta. Na Bíblia “A Mensagem” diz:

1. Quem vocês pensam que são, enriquecendo por meio da extorsão e do roubo? Por quanto tempo acham que vão ficar impunes?… (v. 6-8) – Riqueza é bênção?

2. Quem vocês pensam que são, roubando e saqueando despreocupadamente, vivendo no luxo, agindo como maiorais, fazendo de conta que estão acima da lei e dos problemas? Vocês arquitetaram a ruína de sua própria casa… (vs. 9-11) – Perigo!

3. Quem vocês pensam que são, construindo uma vila sobre homicídios, uma cidade sobre crimes? […] Enquanto isso, a terra se enche da percepção da glória do Eterno, assim como as águas cobrem o mar (vs. 12-14) – Aleluia!

4. Quem vocês pensam que são, convidando os vizinhos para suas festas, com bebida à vontade, enchendo-os nas suas orgias? Acham que isso é diversão? Errado! É o chamariz da desgraça… (vs. 15-17) – Cuidado!

Agora reflita: Como respondes mensagens como estas?

Saiba que, “… o Senhor está em seu santo templo! [E, ordena:] Quietos, todos – façam silêncio santo e ouçam!” (v. 20). Deus não apenas sabe o que faz, Ele sabe o que dizer antes de fazer qualquer coisa. Ele é Deus Soberano! Honre-O! Respeite-O! Ouça-O!

Veja a seguir mais ensinamentos:

• É preferível esperar em Deus mesmo ficando sem respostas imediatas, do que ouvir palpites humanos.

• É preferível descansar esperando em Deus a agir/decidir baseando-se no desespero das circunstâncias.

• É preferível viver uma fé sincera e firme mas viva, do que viver cheio de si com a alma vazia de Deus.

• É preferível sofrer pela fé a abandoná-la para não sofrer, viver sem fé é o pior caminho a seguir.

• É preferível servir ao Deus vivo a criar deuses para nos servir…

O segredo da espiritualidade é desenvolver mais e mais fé em Deus!

Enfim, o mal parece indestrutível; a injustiça, incorrigível; e, a maldade, indescritível… Até quando? Espere para ver o que Deus responderá…

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

sábado, 3 de abril de 2021

Os dois coroinhas

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sábado, 3 de abril

Os dois coroinhas

Não porque não tivéssemos esse direito, mas por termos em vista oferecer-vos exemplo em nós mesmos, para nos imitardes. 2 Tessalonicenses 3:9

Esta é a história de dois coroinhas. Um deles nasceu em 1892, na Europa Oriental. O outro nasceu apenas três anos mais tarde numa pequena cidade do estado de Illinois, EUA. Embora vivessem em países diferentes, esses dois rapazes tiveram experiências quase idênticas.

Cada um dos meninos teve oportunidade de ajudar o sacerdote de sua paróquia na cerimônia da Santa Ceia. Ao segurarem a taça da comunhão, ambos acidentalmente derramaram um pouco de vinho sobre o tapete junto ao altar. A semelhança de sua história termina aqui.

O sacerdote da igreja europeia, ao ver a mancha vermelha no tapete, deu um tapa no rosto do menino e gritou: “Seu imbecil desajeitado! Saia do altar!” O menino cresceu e se tornou ateu e comunista. Seu nome: marechal Josip Tito, ditador da Iugoslávia durante 37 anos.

O sacerdote da igreja em Illinois, ao ver a mancha junto do altar, ajoelhou-se ao lado do garoto, olhou-o com ternura nos olhos e disse: “Está tudo bem, meu filho. Você se sairá melhor da próxima vez. Um dia você será um ótimo sacerdote.” O menino cresceu e se tornou o querido bispo Fulton J. Sheen.

É provável que Josip Tito tenha pensado: “O evangelho não conseguiu mudar o temperamento desse padre. Logo, o evangelho não tem poder, e a religião é uma farsa.”

Fulton, por sua vez, ao ser tratado com tamanha bondade ao cometer uma falha involuntária, deixou-se atrair para a carreira sacerdotal graças à conduta amorosa do padre de Illinois.

Não há dúvida de que Cristo é o nosso exemplo supremo. Mas muitas vezes apontamos para Ele como exemplo a fim de desviar a atenção das pessoas de nosso mau testemunho. Nós também precisamos ser exemplo. Se o evangelho não fizer diferença em nosso trato, não conseguiremos convencer as pessoas de que vale a pena ser cristão.

“Cuidem para que pelo seu exemplo não ponham outras almas em perigo. Coisa terrível é perdermos nossa própria alma, mas seguir uma conduta que ocasione a perda de outras almas é ainda mais terrível. […] Com que fervor, então, devemos guardar nossos pensamentos, nossas palavras, nossos hábitos, nossa disposição!” (Ellen G. White, Testemunhos Para Ministros, p. 158).

Rubem Scheffel, 13/12/2010

•••••••

Queixa de Habacuque -Habacuque 1

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Habacuque 1

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Amigos, reflitam: Quem não já questionou alguma coisa na vida?

• Por que as coisas são como são?

• Por que ninguém faz nada para corrigir a imoralidade?

• Por que o mal parece prevalecer? 

• Por que a injustiça toma conta da sociedade?

• Por que a corrupção está por todo lado?

• Por que a igreja está sendo influenciada pelo mundo, quando deveria influenciá-lo? Por que Deus parece não agir?

• Por que…

Se você teve tais experiências, sentiu na pele o que experimentou Habacuque ao ver a igreja em sua época trocando Deus pelo pecado. O capítulo 1 de seu livro pode ser assim dividido:

• O problema: Por que Deus não julga o pecado de Seu povo que está aumentando cada dia mais? Como um Ser todo poderoso e santo não age para combater o pecado que está no meio de Seu povo? Onde está a justiça de Deus para combater a injustiça? (vs. 1-4).

• A solução: Deus respondeu para o profeta dizendo que Ele não está de braços cruzados (Deus nunca cruzou os braços diante do pecado, tanto é que Jesus morreu de braços abertos). Deus revelou que os caldeus (Babilônia) estavam fortalecendo-se e seriam usados como instrumentos para disciplinar Seu povo (vs. 5-11).

• A solução de Deus, um problema para o ser humano: Os porquês de Habacuque voltam a aflorar. Agora que Deus deu a resposta, ele quer saber por que os ímpios caldeus, piores que os judeus, seriam usados como instrumento de Deus? (vs. 12-17).

A resposta está no próximo capítulo. Em Habacuque 1 ficamos meditando; entretanto, algumas lições podem ser extraídas. Talvez a maior lição deste capítulo seja: Quando pensamos que Deus não está agindo, devemos saber que Ele nunca é indiferente ao pecado – seja dentre Seu povo ou fora dele.

Observe as aplicações observadas por T. Whitelaw. Como Habacuque…

1. …nenhum servo de Deus pode ficar indiferente ao caráter moral e espiritual do tempo em que vive;

2. …devemos nutrir o mais alto interesse em levar os problemas de nossa nação a Deus em oração;

3. …o servo de Deus nunca deve duvidar que Deus é justo, e, ouve nossas orações.

A forma de Deus agir é muito superior a nossa forma de entender! Desta forma, precisamos confiar plenamente nEle. Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Barrabás

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sexta-feira, 2 de abril

Barrabás

Naquela ocasião, tinham eles um preso muito conhecido, chamado Barrabás. Mateus 27:16

Os quatro evangelhos fazem referência a Barrabás, uma figura misteriosa que surge em conexão com o julgamento de Cristo. A tradição a seu respeito é reticente. Prisioneiro, ele aguardava a execução. Desejando libertar Jesus, talvez influenciado pela mensagem de sua esposa, Pilatos sugere uma escolha entre os dois: Jesus ou Barrabás? Ele é colhido por uma estarrecedora surpresa: “Solte-nos Barrabás”, grita a multidão.

Qual é a razão para uma escolha como essa? Os líderes religiosos daquele tempo sabiam que poderiam prender Barrabás novamente, quando necessário. Mas como poderiam silenciar alguém como Jesus Cristo? Como parar um Homem que, sem qualquer arma, representava um perigo revolucionário capaz de subverter o judaísmo e todo o Império Romano? O que fariam com Alguém cujas armas eram Suas novas ideias sobre Deus e as pessoas, capazes de explodir as velhas categorias religiosas? Barrabás poderia explorar seus conterrâneos, mas ele não ameaçava governar a vida de ninguém. Por outro lado, Jesus apresentou um reino que governa de dentro para fora. Sem imposição, conduz a uma lealdade superior à vida e à morte.

Naquela tarde da Páscoa, três ladrões, talvez do mesmo grupo, deveriam ser crucificados: Dimas, Gestas e Barrabás. Barrabás é liberto no último instante, e Jesus é crucificado em seu lugar. Aqui encontramos a mais perfeita ilustração do princípio da substituição. A história de Barrabás é a história da salvação por meio da morte de Jesus Cristo. Seu nome, “Bar Abba”, significa “filho do pai”. Como ele, todos nós, filhos do pai Adão, somos culpados de rebelião e sedição contra Deus, ladrões de Sua glória, assassinos de nós mesmos e dos outros, prisioneiros do pecado. No corredor da morte, Barrabás apenas aguardava a execução. Ele deve ter olhado para as palmas de suas mãos, imaginando como seria a dor dos cravos rasgando a carne, dilacerando a cartilagem e os ossos. Ouviu então o sinistro barulho da chave abrindo a pesada porta de ferro. Escutou os passos dos guardas. “Chegou minha hora”, pensou. Sua cabeça estava pesada e confusa. Parecia até ouvir seu nome gritado pela enorme multidão. Ainda não sabia exatamente o que estava acontecendo. Abismado, recebeu a sentença: “Pode ir para casa.”

Isso é substituição: Jesus tomou nosso lugar. Ele foi feito pecado para que sejamos feitos justiça de Deus.

Amin A Rodor, 17/4/2014

•••••••

O ato estranho de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA Domingo, 18 de abril O ato estranho de Deus Para realizar a Sua obra, a Sua obra estranha, e para executar o Seu ato, o Se...