Translate

sexta-feira, 31 de maio de 2019

As condições religiosas, políticas e sociais– Juízes 20

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Juízes 20
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

 As condições religiosas, políticas e sociais

Se Israel tivesse sido fiel a Deus... Se os levitas tivessem se comprometido com sua função sacerdotal... Se a busca pelos princípios espirituais fossem levados mais a sério... o livro de Juízes não existiria!

Após Mica espalhar os pedaços de sua esposa-prostitua às doze tribos de Israel, a situação ficou complicada. Observe o esboço deste capítulo extraído do Comentário Bíblico Adventista:

1. O levita declara sua afronta em uma assembleia geral (vs. 1-7);

2. A declaração da assembleia (vs. 8-11);

3. Os benjamitas resistem contra os israelitas (vs. 12-17);

4. Os israelitas perdem quarenta mil soldados em duas batalhas (vs. 16-25);

5. Por meio de uma tragédia, destroem todos os benjamitas, exceto seiscentos (vs. 26-48).

A depravação da religião resulta em depravação da sociedade. A depravação da sociedade gera um ambiente perigoso. Uma corruptela da moralidade torna as pessoas cruéis, agressivas e corrompidas. Não há outra explicação para uma nação em conflito e rebelião, confusão e exacerbada corrupção.

Pequenas concessões aos pecados resultam em grandes confusões. Uma guerra civil no povo de Deus nos dias dos juízes deixou claro como o pecado é vil. Desgraças e caos social promovem reavivamentos, mas não verdadeiros. Observe:

“Uma vez arrefecida a fúria, as onze tribos deram-se conta que haviam praticamente exterminado uma tribo de Israel e caíram em pranto [...]. Ofereceram sacrifícios ao Senhor, mas não há registro algum de que o povo tenha se humilhado, confessado seus pecados e buscado ajuda do Senhor” (Warren W. Wiersbe).

Enfim,

• Nem toda contrição, tristeza e arrependimento resulta em humilhação, restauração e perdão divino.

• Nem todo movimento coletivo em prol da justiça é um reavivamento justo perante Deus.

• Reavivamento que não resulta em reforma de vida, de coração e que leve a um compromisso com Deus e Seus sagrados princípios não passa de uma fraude do verdadeiro reavivamento.

• Compromisso insuficiente com Deus gera espiritualidade deficiente, fé decadente e fervor deprimente.

Os últimos capítulos de Juízes são como apêndice apresentando as condições religiosas, políticas e sociais do povo de Deus nos dias dos doze juízes apresentados nos capítulos 3 a 16, imediatamente à conquista da Terra Prometida. Após Deus ter feito tanto e cumprido o que havia prometido a eles, é assim que eles reagiram. E quanto a nós?

Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Uma Apólice de Seguro de Vida

A Fé Pela Qual Eu Vivo
31 de maio 
Uma Apólice de Seguro de Vida

Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis. 2Pedro 1:10.

Nos concílios do Céu, foi feita provisão para que o homem, embora transgressor, não perecesse na sua desobediência mas, pela fé em Cristo como seu substituto e segurança, pudesse tornar-se eleito de Deus, predestinado para a adoção de filho por Jesus e para Ele segundo a Sua vontade. Deus deseja que todos se salvem; para isso foi feita ampla provisão ao dar Seu Filho unigênito para pagar o resgate do homem. Os que se perderem, perecerão porque se recusaram ser adotados como filhos de Deus mediante Cristo Jesus. …

Na Palavra de Deus não há essa coisa de eleição incondicional – uma vez na graça, sempre na graça. No segundo capítulo da segunda epístola de Pedro o assunto é tornado claro e distinto. Depois de se referir a alguns que seguiram um caminho mau, a explicação é dada: “os quais, deixando o caminho direito, … seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça” (2Pedro 2:15). … Esta é uma classe de pessoas das quais nos adverte o apóstolo: “Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem; se do santo mandamento que lhes fora dado” (2Pedro 2:21). …

Há verdades que devem ser recebidas se as pessoas querem se salvar. A guarda dos mandamentos de Deus é a vida eterna para quem os aceita. As Escrituras, porém, tornam claro que os que conheceram o caminho da vida e regozijaram-se na verdade estão em perigo de cair na apostasia e se perderem. Há, portanto, necessidade de uma decidida e diária conversão a Deus.

Aqueles que mantêm a doutrina da eleição, uma vez salvo, salvo para sempre, estão contra o claro: ” Assim diz o Senhor”. Comentário Bíblico Adventista, vol. 6, págs. 1243 e 1244.

Depende da vossa conduta conseguir ou não os benefícios conferidos aos que, na qualidade de eleitos de Deus, recebem uma apólice de seguro de vida eterna. Comentário Bíblico Adventista, vol. 7, pág. 1052.
Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 157

quinta-feira, 30 de maio de 2019

O pecado embrutece- Juízes 19

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Juízes 19
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

O pecado embrutece

Se o capítulo anterior te chocou, imagina este: Você conhece estes detalhes?

• O líder espiritual envolveu-se com prostituta: “A prostituição e a impureza sexual arrancam o coração consagrado a Deus e nublam o discernimento dos caminhos de Deus. Esta era a situação de Israel naquele momento, e aqui está um homem da tribo de Levi, a tribo sacerdotal, envolvido em concubinato” (Dr. Brian J. Bailey) (vs. 1-3).

• O líder espiritual envolveu-se com bebidas e glutonarias: Na casa do sogro havia comida suficiente para alegrar-se e fartar-se, a ponto da intemperança afetar as decisões do levita (vs. 4-10).

• O líder espiritual saiu tarde, não encontrou hospedagem, mas o pecado da falta de hospitalidade: Jebus (Jerusalém) estava ocupada por estrangeiros pagãos; porém, na tribo de Benjamim, a coisa estava pior que entre os pagãos. Até que um idoso, dedicado trabalhador, ofereceu hospedagem (vs. 11-21).

• O líder espiritual foi alvo de depravação sexual: Vieram os filhos de Belial com objetivos homossexuais, violação e homicídio e rodearam a casa do idoso. O levita, após ter sua esposa abusada sexualmente durante a noite e encontrá-la morta pela manhã, sem ter a quem recorrer por justiça, esquartejou seu corpo em 12 pedaços e o enviou às 12 tribos do povo de Deus (vs. 22-30).

O levita, que deveria exercer liderança espiritual, estava desfocado, perdido, desviado. Foi atrás de prostituta, banqueteou-se na casa de seu pai intemperantemente, foi indiferente ao abuso e violação de sua concubina; depois, sem consideração, a fez em pedaços e espalhou pela terra.

Esse quadro lembra Sodoma e Gomorra, mas será que não lembra nossa sociedade atual também? Isso é o resultado de afastar-se de Deus e de Suas leis descritas em Sua Palavra.

Fique longe do pecado...

• ...sexual e infidelidade conjugal;
• ...da glutonaria;
• ...da falta de hospitalidade;
• ...da brutalidade e depravação moral;
• ...da indiferença (omissão).

O pecado embrutece e endurece o coração; afaste-se urgentemente dele: “O levita não apenas entregou a esposa às perversões daquela turba impiedosa, como também conseguiu deitar-se e dormir enquanto abusavam da mulher na rua!” (Warren Wiersbe).

ATENÇÃO: O caos social é resultado da indiferença aos divinos princípios espirituais!

Como cristãos, precisamos influenciar; não ser influenciados pela sociedade imoral! Devemos viver sábia e ousadamente cada um dos princípios revelados! Reavivemo-nos!Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Não Desanimar

A Fé Pela Qual Eu Vivo
30 de maio 
Não Desanimar

Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares. Jos. 1:9.

Havendo passado o tempo, em 1844, uma porção de irmãos e irmãs se achavam juntos numa reunião. Todos estavam muito tristes, pois a decepção fora dolorosa. Eis que entra um homem, exclamando: “Ânimo no Senhor, irmãos; ânimo no Senhor!” Isso ele repetiu uma e várias vezes, até que todos os rostos se iluminaram, e todas as vozes se ergueram em louvor a Deus.

Hoje eu digo a todo obreiro do Mestre: “Ânimo no Senhor!” …

Alguns olham sempre ao lado objetável e desanimador, e portanto, deles se apodera o desânimo. Esquecem que o universo celeste espera por torná-los instrumentos de bênção para o mundo; e que o Senhor Jesus é um tesouro inesgotável, do qual as criaturas humanas podem tirar força e coragem. Não há necessidade de desânimo e apreensão. Nunca virá o tempo em que a sombra de Satanás não se atravesse em nosso caminho. Assim procura o inimigo ocultar a luz que irradia do Sol da Justiça. Nossa fé, porém, deve penetrar essa sombra. Obreiros Evangélicos, págs. 265 e 266.

Esperança e coragem são essenciais ao perfeito serviço para Deus. Esses são frutos da fé. O desânimo é pecaminoso e irrazoável. Deus está em condições e disposto a outorgar a Seus servos “mais abundantemente” a força de que necessitam para a tentação e prova. …

Para o desalentado há um seguro remédio – fé, oração e trabalho. Fé e atividade proverão segurança e satisfação que hão de aumentar dia após dia. Profetas e Reis, pág. 164.

Cristo não falhou, nem Lhe faleceu o ânimo, e Seus seguidores têm de manifestar uma fé de natureza assim resistente. … Não devem desesperar de coisa alguma, mas esperar tudo. Com a áurea cadeia de Seu incomparável amor, tem-nos Cristo ligado ao trono de Deus. O Desejado de Todas as Nações, pág. 679.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 156

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Duvidando das promessas – Juízes 18

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Juízes 18
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Duvidando das promessas

 Você sabia que…
· …Duvidando das promessas e Palavras divinas, a tribo de Dã não tomou posse da Terra Prometida por não seguir ordens de expulsar seus inimigos; agora querem algo mais fácil, invadir outras tribos? (vs. 1-2). Cuidado com dúvidas!
· …Vivendo fora da revelada vontade de Deus, um levita demonstrou-nos que seguir os próprios caminhos religiosos significa trilhar as trevas pecaminosas ao dar conselhos teologicamente depravados aos representantes da Dã? (vs. 3-5). Existem conselhos perigosos.
· Folgados e ambiciosos, os danitas invadiram a cidade de Laís, atacaram seus habitantes, e tomaram suas propriedades, e, ainda… pensaram que possuíam a bênção divina? (vs. 7-10). Não tem coisa pior que atribuir a Deus a vitória concedida pelo pecado.
· …Num contexto com tamanha bizarrice religiosa, os danitas roubaram pertences idolátricos de Mica; então, ofereceram melhor proposta ao levita Jônatas para ministrar a um público maior? (vs. 11-29). Compra e venda da fé: O mercado negro da religião surge com o afastamento da revelação divina e confiança na opinião humana.
· …Na tribo de Dã criou-se o primeiro centro de idolatria entre Israel, o qual abriu portas ao cativeiro? (vs. 30-31). Quando o mal finca raízes no coração povo de Deus, certamente produzirá frutos que corromperá os justos.
Não critique/condena/acuse… Compadeça!
Críticos da igreja de Cristo deveriam ter coração moldado pela cultura celestial, não pelas influências da cultura do inferno; assim, eles deixarão de ter a postura almejada pelo diabo e adotarão a postura idealizada pelo Deus que ama e deu Seu Filho para morrer pelos pecadores.
Pensando e repensando…
· …Reavivamento e reformas espirituais foram assuntos urgentíssimos nos dias dos juízes e, agora são em tempos de juízo investigativo.
· …Frente à pobre espiritualidade social e eclesiástica atual, carecemos de líderes que proclamem profusamente ao mundo os nobres ensinamentos do Livro Sagrado.
· …O povo de Deus em declínio espiritual nunca precisou de indiferentes, apáticos, relapsos; mas de intercessores para elevá-lo aos céus com suas orações.
· …Seguidores de Cristo devem trocar o reclamar pelo clamar, o torpor espiritual pelo fervor, o liberalismo e o fanatismo pelo cristianismo bíblico.
· …Diante da apatia religiosa e apostasia da maioria, os crentes precisam ser diferentes; e, com ousadia, viver decente, íntegra e escancaradamente os elevados princípios do Céu aqui na Terra.
Amigos… reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.
@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

A Época de Semear

A Fé Pela Qual Eu Vivo
29 de maio
A Época de Semear

Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Gál. 6:7.

Nas leis de Deus na natureza, o efeito segue à causa com certeza infalível. A colheita testificará do que foi a sementeira. …

Toda semente lançada produz uma colheita segundo sua espécie. O mesmo se dá na vida humana. Necessitamos todos, lançar as sementes da compaixão, simpatia e amor; porque o que semearmos isso colheremos. Toda característica de egoísmo, amor-próprio, estima própria, todo ato de condescendência consigo mesmo produzirá fruto semelhante. …

Deus não destrói a ninguém. Todo aquele que for destruído ter-se-á destruído a si mesmo. Todo aquele que sufoca as admoestações da consciência está lançando as sementes da incredulidade, e estas produzirão uma colheita certa. Rejeitando a primeira advertência de Deus, Faraó, na antiguidade, semeou as sementes da obstinação, e colheu obstinação. Parábolas de Jesus, págs. 84 e 85.

Cada personagem da História se fixa em seu destino e lugar; porque a grande obra de Deus segundo Seu plano será levada a efeito por homens que se prepararam para assumir posições, ao lado do bem ou do mal. Em oposição à justiça, os homens tornam-se instrumentos da injustiça. Não são, porém, forçados a seguir este curso de ação. Não necessitam tornar-se instrumentos da injustiça, como Caim também não o necessitou. SDA Bible Commentary, vol. 5, pág. 1.104.

O homem executa sua livre vontade, ou em conformidade com um caráter posto sob a moldura de Deus ou com um caráter posto sob as regras ásperas de Satanás. Review and Herald, 13 de novembro de 1900.

Cada ato, cada palavra é uma semente que produzirá fruto. Cada ato de meditada bondade, de obediência ou de renúncia, se reproduzirá em outros, e por eles ainda em terceiros. Do mesmo modo cada ato de inveja, malícia ou dissensão, é uma semente que brotará em “raiz de amargura” (Heb. 12:15), pela qual muitos serão contaminados. Parábolas de Jesus, pág. 85.

Queridos jovens amigos, aquilo que semeardes, isso haveis de colher. Agora é o tempo de semeadura para vós. Qual será a colheita? Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 347.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 150

terça-feira, 28 de maio de 2019

Igreja imperfeita– Juízes 17

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Juízes 17
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Igreja imperfeita


A igreja de Deus é imperfeita. O povo de Deus tem altos e baixos; às vezes, mais baixo que os pagãos.

Quando a situação da igreja está crítica, sobram críticos para acusá-la, humilhá-la, denegri-la e condená-la. Contudo, Seu proprietário a ama, por isso a cuida como se fosse a menina de Seus olhos. Observe a condição moral, social e espiritual de Israel na época em que “cada fazia o que parecia bem aos próprios olhos” (vs. 6; 21:25).

• Quando cada um faz o que acha ser certo, todos fazem tudo errado;

• Quando a razão se torna a base de toda ação desprovida da revelação divina, ninguém acerta no que é certo;

• Quando o critério para avaliação é o indivíduo, a sociedade toda experimenta o poder da corrupção.

O esboço do capítulo em estudo nos apresenta os seguintes tópicos:

1. Um homem de Efraim, Mica, roubou 1.160 siclos (13 kg) de prata de sua mãe e ela amaldiçoou o ladrão; o filho devolveu o que havia furtado e a mãe tomou 200 siclos (2,400 kg) e o entregou a um ourives para fabricar uma imagem, o que é idolatria (vs. 1-4);

2. Para uma capela particular da família, Mica consagrou um de seus filhos a sacerdote fazendo-o uma estola sacerdotal e fabricando vários ídolos tornando a capela para Deus uma casa de ídolos (vs. 5-6).

3. Assim que apareceu um levita de Belém, Mica o convidou para ministrar como sacerdote em sua capela familiar (vs. 7-13). Assim, “um levita renegado é transformado em sacerdote” (CBASD, v. 2, p. 311).

“Esse acordo humano e ilícito, que revela a apostasia espiritual da época, foi ignorantemente alardeado por Mica como razão da bênção divina” (M. F. Unger). Tudo isso que Mica fez teve boas intenções; ele fez “na esperança de que o Senhor faria prosperar o seu empreendimento” (Samuel J. Schultz).

A RELIGIÃO VERDADEIRA...

• ...desprovida da revelação, vira confusão;
• ...sem um bom líder espiritual, torna-se um caos;
• ...sempre carecerá de reavivamento e reformas.

Embora isso seja realidade visível em vários momentos da história, inclusive nos últimos dias, “a igreja de Cristo, por débil e defeituosa que seja, é o único objeto sobre a terra a que Ele confere Sua suprema atenção” (Ellen G. White).

Reavivemo-nos! Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

O Correto Exercício da Vontade

A Fé Pela Qual Eu Vivo

28 de maio
O Correto Exercício da Vontade

Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a Sua boa vontade. Filip. 2:13.

O coração inteiro tem de render-se a Deus, ou do contrário não se poderá jamais operar a transformação pela qual é restaurada em nós a Sua semelhança. Caminho a Cristo, pág. 43.

A religião pura tem que ver com a vontade. A vontade é o poder que governa a natureza do homem, pondo todas as outras faculdades sob seu comando. A vontade não é o gosto nem a inclinação, mas o poder que decide, o qual opera nos filhos dos homens para obediência a Deus, ou para a desobediência. Mensagens aos Jovens, pág. 151.

Diz o Salvador: “Qualquer de vós que não renuncia a tudo quanto tem não pode ser Meu discípulo.” Luc. 14:33. Tudo que afaste de Deus o coração, tem de ser renunciado. Mamom é o ídolo de muitos. O amor do dinheiro, a ambição de fortuna, é a cadeia de ouro que os liga a Satanás. Fama e honras mundanas são idolatradas por outros. Uma vida de comodidade egoísta, isenta de responsabilidade, constitui o ídolo de outros. Mas estas cadeias escravizadoras têm de ser partidas. Não podemos pertencer metade ao Senhor e metade ao mundo. Não somos filhos de Deus a menos que o sejamos totalmente. …

O desejo de bondade e santidade é, em si mesmo louvável; de nada, porém, valerão essas virtudes, se ficarem somente no desejo. Muitos se perderão enquanto esperam e desejam ser cristãos. Não chegam ao ponto de render a vontade a Deus. Não escolhem agora ser cristãos. Caminho a Cristo, págs. 43, 47 e 48.

O Senhor não se propõe a salvar-nos em associação. Temos de fazer nossa escolha individualmente. Um a um temos de apropriar-nos da graça de Deus no coração, e ninguém pode decidir por outro a carreira que seguirá. The Youth’s Instructor, outubro de 1955.

Uma vida nobre e pura, uma vida vitoriosa sobre o apetite e a concupiscência, é possível a todo aquele que quiser unir sua vontade humana, fraca e vacilante, à onipotente e inabalável vontade de Deus. A Ciência do Bom Viver, pág. 176.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 154

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Deus atende à prece de Sansão

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Juízes 16
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Deus atende à prece de Sansão

Quatro capítulos são dedicados a Sansão, um dos doze juízes; sendo que alguns receberam menos de quatro versículos, Sansão é importante na literatura bíblica visando fornecer importantíssimas lições às crianças, jovens e adultos.

Precisamos urgentemente aprender de seus erros para não cometê-los. Isso é sabedoria! Anote a lição sobressaliente:

• Deixar-se dominar por sentimentos e pecados ao invés de permitir a regência da vida pelos princípios do Céu, encurtam a vida nesta Terra – ainda que no final haja arrependimento.

Do ponto-de-vista de um judeu, observe esta descrição sobre Sansão:

“Enquanto seus inimigos o torturavam, ele não abriu a boca. Mas agora estão atacando o Todo-poderoso. Estão ridicularizando o Deus de Israel, que deu Seu nome ao povo de Israel. Intolerável. É uma questão de [...] santificar o santo nome. Sansão envolve com os braços a coluna da direita e da esquerda. E murmura uma prece” (v. 28).

Elie Wiesel continua sua descrição: “Deus atende à prece de Sansão. ‘Tamut nafshi Plishtim’, grita o condenado. Que eu morra com os filisteus. Que meu fim seja também o deles. Sansão sacode as colunas. E com um estrondo ensurdecedor, o edifício desaba. E, diz o texto, ‘os que ele matou em sua morte foram mais que os que matou em sua vida’. Então, só então, os irmãos e os membros de sua tribo aparecem e tratam de providenciar o funeral. Finalmente Sansão é amado. Todos o acompanham até a sua última morada. Entre Saraa e Estaol, depositaram-no para repousar na tumba de seu pai, Manoá” (vs. 20-31).

Assim cumpriu-se totalmente a profecia divina que Sansão libertaria Israel apenas parcialmente (13:5). Assim, Salvador real e absoluto é Jesus Cristo; Ele morreu para libertar-nos completamente do pecado.

Finalizando, “a história de Sansão comprova que a força e o poder humanos, mesmo quando ampliados sobrenaturalmente, não garantem o sucesso ou a invencibilidade. É a pureza de caráter, o amor a Deus e a dedicação ao dever que resultam na vitória. Hoje se exalta demasiadamente o vigor, a beleza, a juventude e a audácia, tudo isso mesclado com a indulgência sensual. O estatuto da vida de Sansão é extremamente importante para a sociedade moderna” (Roy E. Gane).

Na história de Sansão o verdadeiro herói é Deus; e, em tua história?

Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Não nos Envergonhamos de Jesus

A Fé Pela Qual Eu Vivo

27 de maio 
Não nos Envergonhamos de Jesus

Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego. Rom. 1:16.

Os que possuem realmente a religião de Jesus, não se envergonharão da cruz nem temerão carregá-la perante os que têm mais experiência que eles. Caso almejem fervorosamente andar direito, desejarão todo auxílio que possam obter dos cristãos de mais idade. De boa vontade serão por eles ajudados; os corações que se acham aquecidos pelo amor de Deus, não serão entravados por bagatelas na carreira cristã. Falarão daquilo que o espírito de Deus opera no interior. Cantarão isto, orarão sobre isto. É a falta de religião, a falta de vida santa que torna os jovens tardios. Sua vida os condena. Sabem que não vivem como os cristãos devem viver, por isto não têm confiança em Deus, nem na igreja. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 47.

É bom falarmos da misericórdia e longanimidade de Deus, e da incomparável profundeza do amor do Salvador. Nossas palavras devem ser expressões de louvor e ações de graças. Se o coração e a mente estiverem cheios do amor de Deus, isso será revelado na conversação. Não nos será difícil transmitir aquilo que experimentamos na vida espiritual. Parábolas de Jesus, pág. 338.

Nunca vos envergonheis de vossa fé; nunca sejais encontrados ao lado do inimigo. “Vós sois a luz do mundo.” Mat. 5:14. Vossa fé deve ser revelada como verdade preciosa, verdade que todos devem e precisam ter se querem ser salvos. … Devemos pelejar a boa peleja da fé, e estarmos resolutos, “inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor”. I Cor. 15:58. Testimonies, vol. 5, págs. 520 e 521.

A influência espontânea e inconsciente de uma vida santa é o mais convincente sermão que se pode fazer em prol do cristianismo. O argumento, mesmo quando seja irrespondível, pode só provocar oposição; mas o exemplo piedoso tem um poder a que é impossível resistir completamente. Atos dos Apóstolos, pág. 511.
Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 153

domingo, 26 de maio de 2019

A misericórdia divina- Juízes 15

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Juízes 15
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

A misericórdia divina na vida de Sansão

Aqueles que empenham-se em conhecer a Bíblia descobrirão que suas ações forâneas às orientações da Bíblia resultam em destruição da vida.

Leia, estude, medite e reflita nos princípios divinos da história de Sansão. Não permita que os prazeres deste mundo faça que tua vida seja uma pura ilusão, desembocando num mar de frustração, amargura e decepção.

1. Não é sábio envolver-se com pessoas que não têm princípios, tais pessoas têm comportamentos tão cruéis que é de arrepiar os cabelos: A mulher de Sansão já havia sido dada a outro homem quando ele voltou “arrependido” reconciliar-se com ela e sua família. Irado, ele queimou plantações dos filisteus com 300 raposas; furiosos, os filisteus queimaram a mulher que era de Sansão e o pai dela. Sansão também se vingou deles por isso (vs. 1-8).

2. Um homem de muitas habilidades, orgulhoso, prepotente e arrogante, geralmente não têm amigos; vive uma vida solitária e só se mete em confusão. Os filisteus odiavam a Sansão e, inclusive os judeus o consideravam como inimigo. Os homens da tribo de Judá amarraram a Sansão e o entregaram aos filisteus (vs. 9-13).

3. Deus é misericordioso com Seu povo mesmo quando este está vivendo sob a regência do pecado, indiferença e comprometido com o mal. O Espírito do Senhor apossou-se de Sansão, o qual soltou-se das cordas, tomou uma queixada de jumento e arrasou com mil homens inimigos do povo de Deus (vs. 14-20).

É impressionante neste relato a misericórdia divina. Quando alguém louva a si mesmo pelas vitórias que Deus concedeu, Deus permite que necessidades o alcance objetivando levá-lo a reconhecer sua dependência do Autor da vida e das habilidades (vs. 15-19).

Síntese:

• Os sentimentos nos enganam.
• A vingança não é solução, causa mais confusão.
• A vitória e a salvação originam em Deus, sempre!

“Fisicamente falando, Sansão foi o homem mais forte da Terra; mas no domínio de si mesmo, na integridade e firmeza foi um dos mais fracos. Muitos tomam erradamente as paixões fortes como caráter forte; mas a verdade é que aquele que é dominado por sua paixão, é homem fraco. A verdadeira grandeza do homem é medida pela força de sentimentos que ele domina e não pelos sentimentos que o dominam” (Ellen G. White).

Reavivemo-nos! Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Desenvolvendo Bons Hábitos

A Fé Pela Qual Eu Vivo
26 de maio 
Desenvolvendo Bons Hábitos

Desviei os meus pés de todo caminho mau, para observar a Tua Palavra. Sal. 119:101.

Estamos nos aproximando do fim do tempo; e não queremos agora seguir os gostos e práticas do mundo, mas seguir a vontade de Deus, ver o que dizem as Escrituras, e então andar de acordo com a luz que Deus nos deu. Nossas inclinações, nossos costumes e práticas não devem ter a preferência. Nossa norma é a Palavra de Deus. Orientação da Criança, pág. 330.

A juventude está formando hábitos que, em nove de dez casos, decidirão o seu futuro. A influência das companhias que mantiverem, das associações que formarem, e dos princípios que adotarem, será levada com eles no decurso de toda a sua vida. Conselhos Sobre Educação, pág. 40.

Não há necessidade de sermos anões espirituais, caso exercitemos continuamente o espírito nas coisas espirituais. Mas orar meramente por isto e em torno disto, não satisfará às necessidades do caso. Precisas habituar a mente a concentrar-se nos assuntos espirituais. O exercício trará vigor. Muitos cristãos professos acham-se bem a caminho de perder ambos os mundos. Ser um homem meio cristão e meio mundano, faz de ti cerca de uma centésima parte cristão e todo o resto mundano. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 242.

A mente precisa ser educada e disciplinada para amar a pureza. Cumpre estimular o amor pelas coisas espirituais; sim, cumpre estimulá-lo, caso queiras crescer na graça e no conhecimento da verdade. Os desejos de bondade e verdadeira santidade, são bons, até certo ponto, mas se te deténs aí, de nada aproveitarão. Os bons propósitos são justos, mas não se demonstrarão de nenhum préstimo, a menos que sejam resolutamente executados. Muitos se perderão enquanto esperam e desejam ser cristãos; não fizeram, porém, nenhum esforço sincero; portanto, serão pesados nas balanças e achados em falta. A vontade precisa ser exercida na devida direção: Serei um cristão de todo o coração. Conhecerei o comprimento e a largura, a altura e a profundidade do amor perfeito. Escutai às palavras de Jesus: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.” Mat. 5:6. São tomadas por Cristo amplas providências para satisfazer a alma que tem fome e sede de justiça. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 243.
Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 152

sábado, 25 de maio de 2019

Aprenda para não cometer erros– Juízes 14

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – Juízes 14
Comentários: Pr. Heber Toth Armí


Aprenda para não cometer erros.

Quando permitimos que o coração fale mais alto que a Palavra de Deus em nossa vida, nossas emoções dominam levando-nos para fora do belíssimo plano que Deus sonhou para nós.

Reflita nesta reflexão escrita pelo Dr. Siegfried J. Schwantes sobre Sansão:

“Sansão acabou caindo nas mãos do inimigo, porque jamais caiu em si mesmo. Dominou o leão no caminho de Timnate, mas nunca dominou o próprio eu. Gostava de propor enigmas, mas só tarde resolveu o enigma de sua vida. Fixou os olhos no brilho ofuscante de uma falsa Dalila e acabou cego. Buscou uma liberdade falsa, e terminou escravo. Não quis trilhar a senda da retidão e findou dando voltas e mais voltas empurrando as moendas do cárcere. Incendiou com o auxílio das raposas as searas inimigas, mas permitiu que a raposinha dos vícios destruísse sua própria vida. Carregou os portões de Gaza sobre os ombros, mas foi esmagado sobre os pecados de Gaza. Brincava de deixar-se amarrar, e amarrado ficou. Gostava de folia e seu penúltimo ato foi servir de palhaço, perante algozes. Felizmente arrependeu-se na undécima hora e procurou redimir uma vida fracassada com um último arroubo de esforço de fé. Venceu, mas quão gloriosa teria sido sua carreira, tivesse aceito a diretriz divina para sua vida”.

Caso queiras aprender para não cometer os mesmos erros, invista tempo com a Bíblia, atente às diretrizes divinas para sua vida:

• As raízes dos problemas no matrimônio surgem antes do casamento, são observáveis no namoro (vs. 1-7). Desconsiderar sábios conselhos paternais, e, investir em jugo desigual, resultam em caos total (Deuteronômio 7:3-4).

• As causas dos problemas no casamento podem sabiamente e racionalmente serem identificadas no namoro (vs. 8-17). Chantagem emocional, falta de confiança e traição resultam em maldição.

• As razões dos problemas no namoro estouram no casamento; a arte de estragar casamento reside em não saber lidar com problemas no namoro (vs. 18-20). Guiar-se pela emoção e não pela revelação é o trampolim da autodestruição.

Relacionamentos que Deus nunca planejou para Seus filhos são causas de muitas desgraças familiares e, também, da verdadeira religião. Casamentos impróprios aos olhos de Deus dão-nos uma vida que nunca planejaríamos para nós.

O divórcio de Sansão se deu na lua-de-mel para chamar nossa atenção. Fiquemos atentos! Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Tomando Nossa Cruz

A Fé Pela Qual Eu Vivo
25 de maio
Tomando Nossa Cruz


E dizia a todos: Se alguém quer vir após Mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-Me. Luc. 9:23.

O plano da salvação fundamentou-se no sacrifício. Jesus deixou as cortes reais, e fez-Se pobre, para que por Sua pobreza nos pudéssemos enriquecer. Todos quantos participam desta salvação, comprada para eles com tão infinito sacrifício pelo Filho de Deus, seguirão o exemplo do Modelo Verdadeiro. Cristo foi a principal pedra de esquina, e cumpre-nos edificar sobre esse fundamento. Todos devem ter espírito de abnegação e sacrifício. A vida de Cristo na Terra foi de renúncia; assinalou-se pela humilhação e o sacrifício. E hão de os homens, participantes da grande salvação que Jesus veio do Céu trazer-lhes, recusarem-se a seguir a seu Senhor, partilhando de Sua abnegação e sacrifício? … É o servo maior que seu Senhor? Há de o Redentor do mundo exercer a renúncia e o sacrifício em nosso favor, e os membros do corpo de Cristo entregarem-se à complacência consigo mesmos? A abnegação é condição essencial do discipulado.

“Então disse Jesus aos Seus discípulos: Se alguém quiser vir após Mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-Me.” Mat. 16:24. Eu tomo a dianteira na vereda da renúncia. Não exijo de vós, Meus seguidores, coisa alguma senão aquilo de que Eu, vosso Senhor, vos dou o exemplo em Minha vida. Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 366.

A renúncia e a tribulação estendem-se em linha reta no caminho de todo o seguidor de Cristo. É a cruz que atravessa as afeições naturais e a vontade. Testimonies, vol. 2, pág. 651.

Jesus é o nosso modelo. Se Ele pusesse de lado Sua humilhação e sofrimentos, e tivesse dito: “Se alguém quiser vir após Mim, agrade-se a si mesmo, desfrute o mundo e será Meu discípulo”, as multidões teriam crido nEle e O teriam seguido. Se quisermos estar com Ele no Céu, temos que ser semelhantes a Ele na Terra. Life Sketches, pág. 114.

Sigamos o Salvador em Sua simplicidade e renúncia. O Homem do Calvário seja por nós enaltecido pela palavra e por vida santa. Testemunhos Seletos, vol. 3, pág. 365.

E a todos quantos a erguem e conduzem após Cristo, a cruz é um penhor da coroa da imortalidade que hão de receber. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 23.
Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 151

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Sansão um libertador– Juízes 13

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – Juízes 13
Comentários: Pr. Heber Toth Armí


Sansão um libertador

Se você lê o livro de Juízes procurando perfeição, logo se deparará com a decepção. Depois de tudo o que Deus já havia feito até o capítulo 12 de Juízes, note o primeiro versículo do capítulo 13:

“O povo de Israel voltou a agir mal diante do Eterno. Por isso, o Eterno os entregou ao domínio dos filisteus por quarenta anos”.

A seguir, o texto prepara-nos para o nascimento de Sansão; Dale Ralph Davis intitula o capítulo assim: “Nasce Sansão o salvador”. Salvador?

Sim! Roy E. Gane diz que “Sansão foi um libertador especial a quem Deus escolheu antes do Seu nascimento”. Por quê? Porque embora eles O tivessem abandonado, “Deus, em Sua grande misericórdia, não abandonara os israelitas”.

Todo nascimento de uma criança neste mundo é um milagre divino; porém, o nascimento de um bebê por uma mulher estéril (impossibilitada de engravidar) é bem mais impactante e mais miraculoso. Sansão, nitidamente, foi fruto de um milagre (vs. 2-3). Contudo, isso não resolve o problema da nação em pecado.

Sansão foi um milagre de mãe estéril. Manoá e sua esposa receberam não só a visita de um anjo, mas orientações divinas dele. Ao crescer, Sansão foi abençoado por Deus... e foi guiado pelo Espírito Santo. Eis o início da história do homem mais forte do mundo; do qual, através dele Deus começaria a livrar Israel das mãos dos filisteus (vs. 4-25).

• Acaso Deus omitiu alguma orientação?

• O que mais Deus deveria fazer?

• Faltou algo a Sansão para permanecer nos caminhos do Senhor?

• Os pais de Sansão foram totalmente consagrados?

• Sansão tornou-se o líder mundial mais consagrado e poderoso?

Sansão era narizeu antes de nascer. “Deus instituiu o chamado ao narizeado para ajudar a reforma e sociedade hebraica (Amós 2:10-12). A promessa de ser temperante era parte fundamental dessa reforma. Hoje, quando a maior parte do mundo está embriagada com o vinho de Babilônia (a contrafação espiritual) e também degenerada com o vinho pelos hábitos de comer e beber, a vida de abstinência é especialmente recomendada” (Gane).

• Hoje, Deus quer pessoas que se consagrem a Ele!

• Não importa se o ambiente é favorável ou não, a decisão de servir a Deus está em tuas mãos!

• Temos muito a crescer!

“Reaviva e reforma-nos, Senhor!” Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Transformados Pela Contemplação

A Fé Pela Qual Eu Vivo
24 de maio
Transformados Pela Contemplação


Mas todos nós, com cara descoberta, refletindo, como um espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. II Cor. 3:18.

Ao se demorar a mente sobre Cristo, é o caráter moldado à semelhança divina. Os pensamentos são repletos do senso de Sua bondade, e de Seu amor. Contemplamos-Lhe o caráter e assim está Ele em todos os nossos pensamentos. Seu amor nos rodeia. Se olharmos ainda que por um momento para o Sol em sua glória meridiana, ao desviarmos os olhos, em tudo que olharmos aparecerá a imagem do Sol. O mesmo se dá quando contemplamos a Jesus; tudo para que olhamos reflete Sua imagem, o Sol da Justiça. Não podemos ver nenhuma outra coisa, nem falar de qualquer outra coisa. Sua imagem está impressa na retina da alma e afeta cada parte de nossa vida diária, suavizando e subjugando toda a nossa natureza. Contemplando, ajustamo-nos à semelhança divina, a saber, à semelhança de Cristo. A todos aqueles com quem nos associamos refletimos os brilhantes e alegres raios de Sua justiça. Nosso caráter foi transformado; pois o coração, a alma, a mente são iluminados pelos reflexos dAquele que nos amou e a Si mesmo Se deu por nós. …

Jesus Cristo é tudo em nós: o primeiro, o último, o melhor em tudo. Jesus Cristo, Seu espírito, Seu caráter, matiza cada coisa; é a urdidura e a trama, o próprio tecido de todo o nosso ser. As palavras de Cristo são espírito e vida. Não podemos, então, centralizar nossos pensamentos sobre o eu; não somos mais nós que vivemos, mas é Cristo que vive em nós, e Ele é a esperança da glória. O eu está morto, mas Cristo é um Salvador vivo. … Não podemos parar para considerar nossos desapontamentos ou mesmo para neles falar; pois um quadro mais agradável nos atrai a vista: o precioso amor de Jesus. Testemunhos Para Ministros, págs. 388-390.

Se conservarmos a mente firmada em Cristo, “Ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a Terra”. Osé. 6:3. Como o Sol da Justiça levantar-se-á sobre nós, trazendo salvação “debaixo das Suas asas”. Mal. 4:2. Floresceremos “como o lírio”. Osé. 14:5. Seremos “vivificados como o trigo”, e floresceremos “como a vide”. Osé 14:7. Confiando constantemente em Cristo como nosso Salvador pessoal, cresceremos em tudo nAquele que é a cabeça. Parábolas de Jesus, pág. 67.
Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 150

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Juízes vêm, juízes vão– Juízes 12

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – Juízes 12
Comentários: Pr. Heber Toth Armí


Juízes vêm, juízes vão

Tem coisas que sem oração não tem solução. A questão é mais séria do que muitos imaginam. Vida sem consagração é cheia de confusão.

Observe:

“O livro de Juízes começa com as tribos israelitas cooperando entre si (Juí. 1:1-3 e 22 – ‘casa de José’ = Efraim e Manassés’). Eles cooperaram liderados por Baraque (Juí. 5:14, 14 e 18) e Gideão (Juí. 7:23-25). Mas o problema entre as tribos cresceram desde a apatia (Juí. 5:15-17) até a contenda (Juí. 8:1-3) e finalmente a guerra (Juí. 12:1-6). Os israelitas se tornaram seus próprios inimigos!” (Roy Gane).

Brigas entre amigos, ou melhor, entre irmãos. A vida longe de Deus é de constante tensão, provocações e confusões. Houve guerra civil no povo de Deus. Nas palavras de Merril F. Unger, “o resultado foi disputa e guerra entre irmãos, morte e amargas e duradouras rixas, tão características de crentes que perderam o senso de unidade do Corpo de Cristo (1Co 12.13; Ef 4.1-6)”.

Jefté não teve a paciência e tolerância de Gideão (Juízes 8); consequentemente, morreram de Efraim, naquele tempo, 42.000 pessoas. Apesar disso, Gane afirma: “A despeito de suas faltas, Jefté foi um homem piedoso e zeloso perante o Senhor”; focando o Novo Testamento, ele atesta: “Levando em conta a época e as circunstâncias de sua vida, Deus registrou Jafté como um herói de fé (Heb. 11:32-34)”.

Após a morte de Jefté – que julgou por 6 anos –, levantaram-se outros juízes para governar a Terra Prometida:

• Ibsã, de Belém, que julgou Israel por 7 anos; porém, pouco se sabe sobre ele (vs. 8-10);

• Elom, de Zebulom, que julgou a Israel por 10 anos e foi sepultado em Aijalom (vs. 11-12);

• Abdom, de Piratom, que teve 40 filhos e 30 netos, que cavalgavam 70 jumentos. Julgou Israel por 8 anos e foi sepultado em terras amalequitas (vs. 13-15).

Juízes vêm, juízes vão; porém, a imoralidade em Israel continuava em ascensão. Isso é consequência da apatia do povo de Deus em relação à consagração.

Atenção:

1. Se for para guerrear, faça-o em prol da verdade;

2. Se for para lutar, que seja contra a imoralidade;

3. Se for para destruir, que seja a perversidade/iniquidade.

4. Se for para promover, que seja o sonho pela eternidade.

Consagremo-nos! Reavivemo-nos! Santifiquemo-nos!
Heber Toth Armí /


@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis