Translate

terça-feira, 25 de junho de 2019

Melhores Amigos – 1 Samuel 20

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – 1 Samuel 20
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


Melhores Amigos

Baseando-se neste capítulo, Rosalie Haffner Lee sugere qualidades a serem consideradas na escolha de verdadeiros amigos:

1. Semelhança de gostos e interesses: Para andar juntas, duas pessoas precisam estar de acordo – assim como Davi e Jônatas.

2. Alguém que é sensível e bondoso: Embora em algumas pessoas se encontrem tais qualidades como força, coragem e persistência, em todo amigo verdadeiro deve haver uma fusão dessas qualidades com outras mais brandas, como delicadeza e simpatia – como na amizade de Davi e Jônatas.

3. Deve haver afeição: Jônatas estava disposto a renunciar à sucessão do trono de seu pai; seu desejo era ser leal ao amigo.

4. Deve haver aproximação de valores espirituais: Jônatas conhecia os caminhos de Deus do mesmo modo que Davi. Quando os dois amigos estavam prestes a separar-se, Jônatas foi confortado com o pensamento de que o Senhor dirigiria os acontecimentos de acordo com Sua vontade, e preservaria a amizade deles.

Sobre esse episódio na vida de Davi, quando corria risco de morte, Ellen G. White observou: “A amizade de Jônatas por Davi era também da providência de Deus, a fim de preservar a vida do futuro governante de Israel”.

Amigos são importantes para avançarmos neste mundo de tristezas. Um provérbio sueco reza: “A amizade dobra nossa alegria e divide a tristeza ao meio”. William Shakespeare declarou: “Depois de algum tempo você aprende que as verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida”.

Por causa dos satânicos objetivos do tentador, cumprir planos divinos é desafiador. Inimigos como Saul podem surgir de onde nem imaginamos. Cumprir os propósitos de Deus faz as hostes demoníacas se levantarem para criar estratégias intentando interrompê-los.

Diante desta realidade, “se desejamos uma vida além da mera existência biológica, é necessário interagir com Deus. Não há outra alternativa” – diz teólogo Eugene Peterson.

• Nossa amizade com Deus deve estar acima de qualquer amizade;

• Os amigos mais caros, nobres e importantes são aqueles presenteados por Deus;

• Os melhores amigos são aqueles que te apoiam e te ajudam a viver os planos divinos.

Assim, carecemos de boas amizades nos dias atuais. Por isso, precisamos ser bons amigos.

Faça sólidas amizades!/Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Uma Ressurreição Especial

A Fé Pela Qual Eu Vivo
25 de junho
Uma Ressurreição Especial


E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna e outros para vergonha e desprezo eterno. Dan. 12:2.

É à meia-noite que Deus manifesta o Seu poder para o livramento de Seu povo. O Sol aparece resplandecendo em sua força. Sinais e maravilhas se seguem em rápida sucessão. Os ímpios contemplam a cena com terror e espanto, enquanto os justos vêem com solene alegria os sinais de seu livramento. Tudo na natureza parece desviado de seu curso. As correntes de água deixam de fluir. Nuvens negras e pesadas sobem e chocam-se umas nas outras. Em meio dos céus agitados, acha-se um espaço claro de glória indescritível, donde vem a voz de Deus como o som de muitas águas, dizendo: “Está feito.” Apoc. 16:17.

Essa voz abala os céus e a Terra. Há um grande terremoto “como nunca tinha havido desde que há homens sobre a Terra; tal foi este tão grande terremoto”. Apoc. 16:18. … A Terra inteira se levanta, dilatando-se como as ondas do mar. Sua superfície está a quebrar-se. Seu próprio fundamento parece ceder. …

Abrem-se sepulturas, e “muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno”. Dan. 12:2. Todos os que morreram na fé da mensagem do terceiro anjo saem do túmulo glorificados para ouvirem o concerto de paz, estabelecido por Deus com os que guardaram a Sua lei. O Grande Conflito, págs. 636 e 637.

Os que haviam morrido na fé da mensagem do terceiro anjo, guardando o sábado, saíram de seus leitos de pó. Primeiros Escritos, pág. 69.

“Os mesmos que O traspassaram” (Apoc. 1:7), os que zombaram e escarneceram da agonia de Cristo, e os mais acérrimos inimigos de Sua verdade e povo, ressuscitam para contemplá-Lo em Sua glória, e ver a honra conferida aos fiéis e obedientes. …

A voz de Deus é ouvida no Céu, declarando o dia e a hora da vinda de Jesus e estabelecendo concerto eterno com Seu povo. … E, quando se pronuncia a bênção sobre os que honraram a Deus, santificando o Seu sábado, há uma grande aclamação de vitória. O Grande Conflito, págs. 637 e 640.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 182

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Deus cuida dos fiéis– 1 Samuel 19

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – 1 Samuel 19
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


Deus cuida dos fiéis

Aquele que não se entrega a Deus de verdade é porque tem um sério pacto com o pecado. A desgraça da vida está em não aceitar a graça divina.

O rei Saul desprezou Deus. Sua vida tornou-se vulcão de sentimentos negativos. Perdeu o senso do dever. Desviou o foco administrativo para Davi com intuito de matá-lo. Em várias situações ele quase matou seu genro:

1. Queria que seu filho Jônatas, amigo e cunhado de Davi, o ajudasse a matá-lo (vs. 1-6);

2. Com sua lança tentou cravar Davi na parede de seu palácio (vs. 7-10);

3. Era para tê-lo matado em sua cama, mas os assassinos encontraram um ídolo que estava em seu lugar embaixo das cobertas (vs. 11-17);

4. O refúgio de Davi foi junto a Samuel, o profeta de Deus (vs. 18-24).

A vida não foi fácil para Davi após ter sido ungido por Samuel para ser rei em Israel. Davi só fazia o bem para o rei, mas este estava ávido para matá-lo. As palavras de Jônatas relembram ao pai que Davi era bom para ele – por um tempo Saul se convencera!

Davi era manso, sereno e calmo; tocava harmoniosamente sua harpa para acalmar o estresse, o conflito e a fúria de Saul. Mas, o brilho de Davi ofuscava os olhos do rei. Quanto mais se destacava, mais Saul o odiava.

Deus protege Seus servos de formas impensáveis. Com raiva e ódio à flor da pele, procurando Davi para assassiná-lo, Saul foi tomado pelo Espírito de Deus deixando-o estirado ao chão. Nota-se que, “a graça de Deus estava com Saul, mas a desobediência foi a sua ruína” (Merril F. Unger).

Reflita: O líder político...

• ...que tem problemas pessoais deixa de administrar sua nação para criar problemas desnecessários.

• ...sem princípios morais é regido por sentimentos baixos que o tornam inimigo dos bons e parceiro dos corruptos.

• ...alheio as coisas espirituais – como oração, consagração e submissão a Deus – torna-se a desgraça de uma nação.

• ...desfocado de seu dever devido a ter o foco no pecado provoca tragédias, que, se Deus não estivesse agindo, já teria provocado a ruína/destruição de todos.

• ...desobediente a Deus é uma desgraça total!

Confiemos em Deus quando os políticos são corruptos! Ele cuida dos fieis! Reavivemo-nos! /Heber Toth Armí /

@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis