Translate

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Agente na Redenção

A Fé Pela Qual Eu Vivo
18 de fevereiro
Agente na Redenção


E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado. Rom. 5:5.

O coração, por natureza, é mau, e “quem do imundo tirará o puro? Ninguém”. Jó 14:4. Invenção alguma humana pode encontrar o remédio para a alma pecadora. … A fonte do coração se deve purificar para que a corrente se possa tornar pura. Aquele que se esforça para alcançar o Céu por suas próprias obras em observar a lei, está tentando o impossível. Não há segurança para uma pessoa que tenha religião meramente legal, uma forma de piedade. A vida cristã não é uma modificação ou melhoramento da antiga, mas uma transformação da natureza. Tem lugar a morte do eu e do pecado, e uma vida toda nova. Essa mudança só se pode efetuar mediante a eficaz atuação do Espírito Santo. O Desejado de Todas as Nações, pág. 172.

É o Espírito que torna eficaz o que foi realizado pelo Redentor do mundo. É por meio do Espírito que o coração é purificado. Por Ele torna-se o crente participante da natureza divina. Cristo deu Seu Espírito como um poder divino para vencer toda tendência hereditária e cultivada para o mal, e gravar Seu próprio caráter em Sua igreja. O Desejado de Todas as Nações, pág. 671.

Como o vento, que é invisível, mas cujos efeitos se podem claramente ver e sentir, assim é o Espírito de Deus em Sua obra no coração humano. Essa virtude regeneradora que nenhum olho humano pode ver, gera na alma uma vida nova; cria um novo ser, à imagem de Deus. Caminho a Cristo, pág. 57.

O irrefletido e desgarrado torna-se sério. O empedernido arrepende-se de seus pecados, e o incrédulo crê. O jogador, o bêbado, o licencioso, tornam-se ajuizados, sóbrios e puros. O rebelde e obstinado torna-se manso e semelhante a Cristo. Ao vermos essas modificações no caráter, podemos ter a certeza de que o poder divino de conversão transformou o homem todo. Evangelismo, pág. 288.

Aquele que olha para Cristo em fé singela, infantil, torna-se participante da natureza divina pela ação do Espírito Santo. Review and Herald, 29 de novembro de 1872.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 55

Mais Murmurações - Números 12

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica - Números 12
Comentários Heber Toth Armí


Mais Murmurações

Nossos pecados impendem-nos de avançar em direção ao Céu. Pecados surgem de forma inesperada, inclusive em profetas verdadeiros. Quem procura perfeição em seres humanos afogará em profundas decepções.

Logo após a caminhada do povo de Deus à Terra Prometida, Moisés lidou com três tipos de reclamações: Uma relacionada com dificuldades, outra com alimentação e, agora, com a liderança. A reclamação surgiu da profetiza Miriã e do sumo sacerdote Arão. Todas as reclamações atraíram o juízo divino.

Deus ama Seus servos, sejam estes mansos ou indisciplinados. Deus age para salvar os irreverentes e proteger aos mansos. Veja abaixo três reações de Deus frente à reclamação infundada de Arão e Miriã:

1. Deus ouviu atentamente a confusão que Miriã e Arão estavam causando com suas palavras proferidas irracionalmente contra Seu servo Moisés, irmão deles (vs. 1-5);

2. Deus advertiu rigorosamente àqueles que provocavam confusão com suas reclamações, mesmo sendo líderes espirituais de alto nível (vs. 6-9);

3. Deus julgou e castigou Miriã por ter influenciado Arão a murmurar contra seu irmão (vs. 10-16).

O povo perdeu uma semana aguardando Miriã recuperar-se e purificar-se da lepra causada pelo “pecado tolo e impensado” (vs. 11, 16). A murmuração/reclamação é uma peste diabólica que atinge qualquer pessoa, e Deus não é tolerante com tal pecado mesmo que seja Sua profetiza, como era Miriã.

Portanto, a MURMURAÇÃO...

• ...de um líder espiritual afeta todo o povo de Deus;
• ...impede o crescimento, avanço e desenvolvimento do povo de Deus;
• ...causa indignação em Deus;
• ...é um atraso de vida;
• ...é pecado!
• ...não fica sem punição de Deus...

Deus é misericordioso! Arão intercedeu diante de Moisés, e Moisés intercedeu perante Deus. Como resultado, Miriã foi perdoada (embora precisou ser disciplinada com lepra).

Pergunto, que razão tinha Miriã para reclamar? O que a esposa de Moisés fez contra ela? Qual era realmente a raiz do problema? Creio que Miriã ficou chateada por não ter sido consultada quanto à divisão de responsabilidade aos 70 líderes realizada por Deus, visando aliviar a carga de Moisés (11:24-25).

Miriã estava com o ego ferido... Contudo, Deus a curou/salvou! Se você anda reclamando, deixe Deus curar-te/salvar-te também para que não sejas um atraso de vida para Seu povo!

Insatisfação sempre é a mãe da reclamação. Busque restauração espiritual! Heber Toth Armí
@palavraeficaz
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Uma Presença Terna e Misteriosa

A Fé Pela Qual Eu Vivo
17 de fevereiro

Uma Presença Terna e Misteriosa


O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. João 3:8.

A grandeza de Deus é-nos incompreensível. “O trono do Senhor está nos Céus” (Salmos 11:4); não obstante, pelo Seu Espírito Santo, está Ele presente em toda parte. Tem conhecimento íntimo de todas as obras de Suas mãos e interesse pessoal em todas elas. …

Foi o Criador de todas as coisas … que criou a o ser humano, com sua capacidade para saber e amar. E Ele não é por natureza de molde a deixar não satisfeitos os anelos do coração. Nenhum princípio intangível, nenhuma essência impessoal ou simples abstração poderia satisfazer às necessidades e anelos dos seres humanos nesta vida de lutas com o pecado, tristeza e dor. Não basta crermos na lei e na força, em coisas que não têm piedade ou nunca ouvem o brado por auxílio. Precisamos saber acerca de um braço Todo-poderoso que nos manterá, e de um Amigo infinito que tem piedade de nós. Necessitamos agarrar-nos a uma mão aquecida pelo amor, confiar em um coração cheio de ternura. E efetivamente assim Deus Se revelou em Sua Palavra. Educação, págs. 132 e 133.

As coisas espirituais discernem-se espiritualmente. … Os sábios segundo o mundo têm procurado explicar, baseados em princípios científicos, a influência do Espírito de Deus sobre o coração. O mínimo passo nessa direção introduzirá a alma no labirinto do ceticismo. Testemunhos Seletos, vol. 1, págs. 576, 583 e 584.

A natureza do Espírito Santo é um mistério. Os homens não a podem explicar, porque o Senhor não lho revelou. Com fantasiosos pontos de vista, podem-se reunir passagens da Escritura e dar-lhes um significado humano; mas a aceitação desses pontos de vista não fortalecerá a igreja. Com relação a tais mistérios – demasiado profundos para o entendimento humano – o silêncio é ouro. Atos dos Apóstolos, pág. 52.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 54

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis