Translate

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Repovoamento de Jerusalém– Neemias 7

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – Neemias 7
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


Repovoamento de Jerusalém

Em 52 dias o muro de Jerusalém foi concluído. Tal reconstrução foi rápida e próspera “por causa da ajuda do Senhor. Por ironia, as nações ficaram intimidadas com o sucesso dos judeus, percebendo que eles tinham cumprido uma tarefa impossível” (Kenneth A. Mathews).

Após a conclusão do muro vista no capítulo 6, no capítulo em questão não se abordará mais a reconstrução física, mas a reconstrução social. De nada adianta ter construções se a sociedade está um caos. Uma sociedade reorganizada passa por uma espiritualidade renovada.

• Para que a cidade seja habitada é necessário que invista num sistema de segurança: Neemias põe guardas nas portas para proteger contra os perigos externos, e põe guardas espalhados nas diversas regiões da cidade, 24 horas por dia, para proteger dos perigos internos. O líder, Hananias, “era honesto e temia a Deus mais do que qualquer outra pessoa” (vs. 1-4).

• Uma boa cidade precisa ser bem planejada, seus moradores precisam ser bem organizados e distribuídos conforme uma ordem: Neemias declarou que isso não era invenção sua: “Deus pôs em meu coração reunir os nobres, os oficiais e toda a população para que todos fossem registrados”, conforme o registro genealógico. Foi feito um censo antes de a cidade ser organizada (vs. 5-65).

• O recenseamento é bíblico; em toda cidade deveria ser feito um censo: Registra-se o número total dos ex-exilados e as doações realizadas para a execução da obra (vs. 66-73).

Havia muito cuidado da parte de Neemias no repovoamento de Jerusalém. Por quê? “Esses judeus foram os ‘elos vivos’ que ligaram o passado histórico ao futuro profético e tornaram possível a vinda de Jesus Cristo ao mundo” – diz Warren W. Wiersbe.

As cidades seriam melhores se fossem mais controladas; se até a cidade do povo de Deus precisava de guardas para proteger de perigos externos e internos, quanto mais as cidades onde têm uma multidão que não quer nada com princípios divinos!

As cidades seriam bem melhores se tivessem regras rígidas contra tudo o que a prejudica: Como drogas, bebidas alcoólicas, cigarro, bar, danceteria, boates, etc.

O que mais me chama a atenção no capítulo em análise é que cargos políticos deveriam ser preenchidos por pessoas altamente consagradas a Deus, quanto mais a liderança da igreja! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

O Último Ato de Engano

A Fé Pela Qual Eu Vivo
6 de dezembro
O Último Ato de Engano


E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em Meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. Mat. 24:4 e 5.

Como ato culminante no grande drama do engano, o próprio Satanás personificará Cristo. A igreja tem há muito tempo professado considerar o advento do Salvador como a realização de suas esperanças. Assim, o grande enganador fará parecer que Cristo veio. Em várias partes da Terra, Satanás se manifestará entre os homens como um ser majestoso, com brilho deslumbrante, assemelhando-se à descrição do Filho de Deus dada por João no Apocalipse (cap. 1:13-15). … O povo se prostra em adoração diante dele, enquanto este ergue as mãos e sobre eles pronuncia uma bênção, assim como Cristo abençoava Seus discípulos quando aqui na Terra esteve. Sua voz é meiga e branda, cheia de melodia. Em tom manso e compassivo apresenta algumas das mesmas verdades celestiais e cheias de graça que o Salvador proferia; cura as doenças do povo, e então, em seu pretenso caráter de Cristo, alega ter mudado o sábado para o domingo, ordenando a todos que santifiquem o dia que ele abençoou. …

Apenas os que forem diligentes estudantes das Escrituras, e receberem o amor da verdade, estarão ao abrigo dos poderosos enganos que dominam o mundo. O Grande Conflito, págs. 624 e 625.

O Salvador advertiu Seu povo, … e predisse claramente o modo de Sua segunda vinda. “Surgirão falsos cristos. … Portanto, se vos disserem: Eis que Ele está no deserto, não saiais; ou: eis que Ele está no interior da casa, não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do Oriente e se mostra até ao Ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.” Mat. 24:24-27. Não há possibilidade de ser imitada esta vinda. Será conhecida universalmente, testemunhada pelo mundo inteiro. …

Acha-se hoje o povo de Deus tão firmemente estabelecido em Sua Palavra que não venha a ceder à evidência de seus sentidos? Apegar-se-á nesta crise à Bíblia, e a Bíblia só? O Grande Conflito, págs. 625.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 346

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

A Melhor Forma de Vencer– Neemias 6

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse
Leitura Bíblica – Neemias 6
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


A Melhor Forma de Vencer


Alguém um dia me disse: “Quando a carroça passa, os cachorros ladram”. Enquanto o trabalhador não passa com a carroça, os cachorros ficam quietos. Isso se aplica na vida, se você não fizer nada, ninguém falará nada; quando fizer, prepare-se para qualquer coisa: crítica, calúnia, oposição, desprezo, etc.

Neemias, fazendo corretamente seu trabalho, foi incomodado por pessoas que usaram estratégias engenhosas para destruí-lo.

“O esquema número 1 pode ser descrito como política amistosa. Sambalate e Gésem fizeram um convite cortês, e até melífluo, a Neemias, para que comparecesse a uma conferência do alto escalão, em território neutro […]. O aparente reconhecimento do sucesso de Neemias foi lisonjeiro; o convite a arranjar um meio de conviver soava cativante e vantajoso. Lisonja e vantagem imaginária tem sido sempre uma potente combinação para virar a cabeça das pessoas. Em negócios e em política, pessoas imprudentes têm tido os seus julgamentos alterados por essa artimanha o tempo todo. A cabeça de Neemias, porém, não foi virada, como o demonstra a sua réplica ao convite” (J. I. Packer).

Pessoas derrotadas querem que os outros sejam como elas. Geralmente quem perde faz jogo sujo com quem ganha.

Após as tentativas frustradas no início do capítulo (vs. 1-4), os inimigos de Neemias não desistiram: Atacaram sem dó e piedade, sem escrúpulos!

1. Neemias se depara com uma mentira caluniosa (v. 6). Um dos melhores líderes políticos da história é confrontado com palavras de acusação de algo que ele não fez: Rebelião contra o império persa. Cristo enfrentou a mesma acusação (Lucas 23:1-5).

2. Neemias se depara com uma ameaça cruel (v. 7). Um bom político foi ameaçado diante de um império por coisas que ele nunca fez. Neste mundo de injustiça, essa é a dura e triste realidade.

3. Neemias reage sabiamente diante das chantagens, calúnias e ameaças deixando-nos um poderoso exemplo de um líder equilibrado: Há sabedoria em…

• …firmar-se na integridade. Quem não deve não teme (v. 8).
• …desmascarar o acusador. Quem acusa um justo inventa mentiras (v. 8).
• …orar por poder e forças de Deus. Orar é a melhor forma de vencer (vs. 9-14).
• …terminar que está fazendo. Confiar em Deus é o segredo do sucesso (vs. 15-19).

Nestes dias precisamos de mais Neemias! Torne-se como ele! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis