quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

A VOZ DIVINA

 Meditação Diária

https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-voz-divina/

A VOZ DIVINA

Veio para o que era Seu, e os Seus não O receberam. João 1:11

Jesus veio pela autoridade de Deus, trazendo Sua imagem, cumprindo Sua Palavra e buscando Sua glória. No entanto, não foi aceito pelos líderes de Israel; mas quando outros viessem, assumindo o caráter de Cristo, embora movidos pela própria vontade e buscando a própria glória, seriam recebidos. E por quê? Porque quem busca a própria glória apela ao desejo de exaltação própria nos outros. Os judeus corresponderiam a esses estímulos. Receberiam o falso mestre porque este bajularia o orgulho deles ao aprovar suas opiniões e tradições. Os ensinos de Cristo, porém, não tinham afinidade com as ideias deles. Eram espirituais e exigiam o sacrifício do eu; portanto, não O receberam. Não conheciam realmente a Deus, e Sua voz, por intermédio de Cristo, era como a voz de um estranho para eles.

Não acontece a mesma coisa em nossos dias? Não há muitos, mesmo líderes religiosos, que estão endurecendo o coração contra o Espírito Santo, tornando impossível a si mesmos reconhecerem a voz de Deus? Não estão rejeitando a Palavra do Senhor para conservar as próprias tradições?

“Se vocês, de fato, cressem em Moisés”, disse Jesus, “também creriam em Mim; pois ele escreveu a Meu respeito. Se, porém, não creem nos escritos dele, como crerão nas Minhas palavras?” (Jo 5:46, 47). Havia sido Cristo que falara a Israel por intermédio de Moisés. Se tivessem ouvido a Voz divina que tinha falado por intermédio de seu grande guia, a teriam reconhecido nos ensinos de Jesus. Se houvessem acreditado em Moisés, teriam acreditado Naquele sobre quem ele escrevera.

Cristo sabia que os sacerdotes e rabinos estavam decididos a tirar Sua vida; no entanto, expôs a eles claramente Sua unidade com o Pai e Sua relação para com o mundo. Viram que a oposição contra Ele não tinha desculpa; contudo, seu ódio assassino não se extinguiu. O medo se apoderou deles ao verem o convincente poder que acompanhava o ministério de Cristo, mas resistiram a Seus apelos, fechando-se em trevas.

Fracassaram nitidamente em derrubar a autoridade de Jesus ou afastar Dele o respeito e a atenção do povo, do qual muitos ficaram convencidos por Suas palavras (O Desejado de Todas as Nações, p. 161, 162 [212, 213]).

PARA REFLETIR: Como você pode ouvir Jesus com clareza e seguir Sua orientação quando Ele lhe fala?

Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...