domingo, 18 de abril de 2021

O ato estranho de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Domingo, 18 de abril

O ato estranho de Deus

Para realizar a Sua obra, a Sua obra estranha, e para executar o Seu ato, o Seu ato inaudito. Isaías 28:21

O livro Bitter Harvest [Amarga Colheita] fala de um empregado de uma firma de grãos em Michigan que, inadvertidamente, pegou um veneno mortal e, achando que fosse um complemento vitamínico, misturou-o com os grãos. Os grãos envenenados contaminaram o gado, as galinhas e os porcos de muitas fazendas. Os fazendeiros não tiveram escolha a não ser isolar os animais contaminados, sacrificá-los e queimar os corpos para evitar que a contaminação se espalhasse. Eles sabiam que, se não sacrificassem os animais, toda a indústria de gado de Michigan estaria ameaçada.

Deus “não [quer] que nenhum pereça” (2Pe 3:9). É Sua vontade que “todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade” (1Tm 2:4). Mas há pessoas a quem nem mesmo Deus pode salvar. Elas escolheram o pecado em vez da justiça, a rebelião em vez da obediência, o egoísmo em vez do amoroso serviço. Se Deus Se arriscasse a levá-las para o Céu, elas infectariam o ambiente santo de novo com o vírus do pecado. Se Deus não agisse para erradicar o pecado, seus efeitos malignos acabariam por destruir o Universo inteiro.

Deus oferece perdão por nossos pecados passados e poder para vivermos a vida cristã no presente. Sua graça concede perdão quando falhamos e força para que não venhamos a repetir as mesmas falhas outras vezes.

Em última análise, Deus tem que agir. Ele tem que livrar o Universo do pecado. “Nosso Deus é fogo consumidor” (Hb 12:29). Um Deus santo tem que consumir o pecado. Pecado e pecadores serão consumidos e transformados em cinzas (Ml 4:1-3; 2Ts 2:8; Sl 37:20).

Hoje, Deus nos oferece uma escolha: ou deixamos que Ele consuma o pecado dentro de nós com a abrasadora presença de Seu Santo Espírito, ou seremos consumidos com nosso pecado na abrasadora presença de Sua iminente volta. Um Deus amoroso chora ao ver pecadores sendo destruídos.

A destruição do perverso é um ato incomum e estranho, mas inevitável, pois ocorrerá para que o Universo fique seguro para sempre. Você permitirá que Jesus faça Sua obra purificadora em seu coração hoje? Permitirá que o fogo da Sua presença purifique-o interiormente?

Mark A. Finley, 11/7/2006

Nenhum comentário:

Salvaguarda das Faculdades Morais

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 3 de Agosto, Terça Salvaguarda das Faculdades Morais Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos ab...