terça-feira, 27 de abril de 2021

Remando Juntos

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Terça-feira, 27 de abril

Remando Juntos

Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo todos morreram. E Ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para Aquele que por eles morreu e ressuscitou. 2 Coríntios 5:14, 15

Quinhentos anos antes que Paulo escrevesse essas palavras, o historiador grego Tucídides usou o termo “constranger” em referência aos remadores das galés, pois essa palavra significava: “remar juntos”. Se adotamos então esse sentido, lemos: “Pois o amor de Cristo (nos leva a remar juntos), julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E Ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para Aquele que por eles morreu e ressuscitou.”

Pensando nas galés nos dias de Tucídides, podemos entender o texto de hoje se referindo aos cristãos como indivíduos que, em um grupo e incentivados pelo amor de Cristo, “remam” por Ele, e assim trabalham em harmonia.

Unidade, concórdia, cooperação, coordenação, assistência mútua e empatia são os requisitos na condução da obra do evangelho. Essas qualidades devem ser vistas em pessoas de temperamento, personalidade, formação e educação diferentes. Compelidos pelo amor de Cristo, que nivela as diferenças e motiva a todos, não devemos viver mais para nós mesmos. Precisamos ser capazes de remar juntos em direção ao mesmo destino. Vivemos por Aquele que por nós morreu.

É possível sermos tão possuídos do amor de Cristo que possamos trabalhar em perfeita harmonia? É possível tão íntima cooperação entre fracos mortais? Esta foi a oração de Jesus por Seus seguidores: “Para que todos sejam um, Pai, como Tu estás em Mim e Eu em Ti” (Jo 17:21).

Uma antiga tradição ensina que a afeição dos cristãos era tamanha que os próprios pagãos, ao percebê-la, disseram: “Vejam como se amam esses cristãos.”

Que o grande amor de Cristo encha de tal maneira nosso coração que sejamos motivados a permanecer unidos em harmonia no trabalho para Ele!

Thomas A. Davis, 6/1/1967

Nenhum comentário:

O Perigo da Abundância

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 17 de maio - segunda O Perigo da Abundância O qual Se entregou a Si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar dest...