sábado, 17 de junho de 2023

GÔMER

 Meditação Diária

17 de junho

GÔMER

Como poderia Eu abandoná-lo, Efraim? Como poderia entregá-lo, Israel? Como faria com você o que fiz com Admá? Como poderia fazer de você outra Zeboim? Meu coração se comove dentro de Mim; toda a Minha compaixão se manifesta. Oseias 11:8

Para se contrapor à má liderança dos reis de Israel, que conduziram o povo à idolatria, Deus lhes enviou Seus profetas. O último deles foi Oseias, incumbido de vivenciar, proclamar e escrever a mensagem divina para Seu povo. Seu livro trata da relação entre Deus e Israel, tendo início a partir da história do profeta e de sua família.

Por ordem divina, o profeta se casou com Gômer. Em seu lar nasceram três filhos. Mais tarde, ele descobriu que eram filhos de prostituição (Os 2:4). Gômer acabou abandonando a família para viver uma vida depravada. Tempos depois, Deus apareceu ao profeta e lhe mandou trazer sua esposa de volta para casa: “Vá outra vez e ame uma mulher, que é amada por outro e é adúltera, assim como o Senhor ama os filhos de Israel, embora eles olhem para outros deuses” (Os 3:1). Obediente, Oseias saiu a procurá-la. Ela havia caído tão baixo que se tornara uma escrava-prostituta. Oseias a encontrou e pagou por ela o preço de um escravo – uma parte em dinheiro e outra em certa quantidade de cevada (v. 2).

A exemplo de Gômer, que se afastou de seu marido e se prostituiu, Israel também deixou o Senhor e preferiu a companhia de seus amantes: os ídolos e as nações pagãs. Confiava neles para sua felicidade e segurança, mas não confiava em Deus. Da mesma forma que Oseias se empenhou para salvar o casamento e buscou a esposa, Deus estava disposto a perdoar Israel e a manter a aliança que fizera com o povo.

O texto para nossa reflexão, usando uma linguagem antropomórfica, retrata a luta no coração de Deus. Por um lado, para ser justo, Ele deveria punir Israel – agir como fez com as cidades de Admá e Zeboim quando as destruiu por sua impiedade, junto com Sodoma e Gomorra (Dt 29:23). Por outro lado, Ele ainda amava Seu povo e não queria deixá-lo.

Quão grande é o amor de Deus! Quando alguém O abandona, por mais distante que esteja, Deus vai em busca dessa pessoa preciosa e Se empenha para reatar a amizade. Como responderemos ao amor de Deus?

https://mais.cpb.com.br/meditacao/gomer/
https://youtu.be/vRfr7FrdFqc

Nenhum comentário:

Oportunidades

 Oportunidades Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto. João 12:24 Foi muito triste...