domingo, 10 de março de 2024

Jeremias 42 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica – Jeremias 42

Comentário: Pr. Heber Toth Armí

JEREMIAS 42 – A estrutura deste capítulo auxilia-nos na compreensão de seu conteúdo:

• O povo que restou em Judá faz súplica a Jeremias; queriam que intercedesse por eles pois estavam dispostos a obedecer a Deus (Jeremias 42:1-3).

• Jeremias prontamente aceita o pedido, e assegura que transmitiria fielmente a mensagem de Deus, seja ela favorável ou não (Jeremias 42:4-6).

• Deus responde a súplica de Jeremias: Deveriam permanecer na terra de Judá e não buscar refúgio no Egito. Deus prometeu bênçãos na obediência, mas advertiu severamente contra optarem por fugir ao Egito.

“Joanã e os demais respeitavam Jeremias e, por essa razão, pediram suas orações, mas eles não confiaram em Deus o suficiente para seguir o conselho do profeta. Estavam cansados de viver pela fé e decidiram ir para o Egito. Um dos motivos foi medo. Tinham receio da represália da Babilônia pelo assassinato de Gedalias, cometido por Ismael. Entretanto, a grande razão foi a recusa em viver pela fé. Eles não queriam aceitar os riscos e perigos de depender de um Deus invisível. Almejavam a segurança e a estabilidade de uma economia sólida. O povo não queria assumir a árdua tarefa de reconstruir uma vida de fé em Deus. Ansiavam pela vida tranquila que, segundo imaginavam, os aguardava no Egito: ‘Não; antes, iremos à terra do Egito, onde não veremos guerra, nem ouviremos som de trombeta, nem teremos fome de pão, e ali ficaremos’ (Jr 42:14). Eles buscavam uma saída fácil”, expõe Eugene Peterson.

Reflita:

• Escolher o Egito hoje é buscar segurança nas ilusões do mundo, em vez de confiar nas provisões de Deus.

• Quando optamos pelo Egito, trocamos a liberdade espiritual pela escravidão das convenções mundanas.

• Ir para o Egito nos dias de hoje é deixar de lado a fé para abraçar o conforto temporário, ignorando as terríveis consequências eternas resultantes da desobediência a Deus.

• Optar pelo Egito significa recusar convites divinos para uma vida consagrada e escolher viver aquém do propósito para o qual fomos chamados.

• Ao escolhermos o Egito, trocamos a segurança da presença divina pela incerteza das soluções humanas.

Assim como os conterrâneos de Jeremias, podemos ser tentados a escolher o Egito da vida quando a jornada da fé parece árdua; porém, é na perseverança que encontramos a verdadeira força. Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

••••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...