quinta-feira, 7 de março de 2024

Conexão constante

 Devocional Diário

Conexão constante

Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação e perseverem na oração. Romanos 12:12

Creio que muitas pessoas oram como se vivessem em um supermercado. Vamos a um supermercado para obter coisas. Algumas são de primeira necessidade (alimento, produtos de higiene, etc.); outras, nem tanto. Entramos no supermercado com nossos carrinhos de compra e começamos o ritual de ver e pegar o que queremos. De igual modo, há os que vão até o Senhor com uma lista de desejos e pedem tudo o que desejam. Algumas de suas petições são de primeira necessidade (saúde, paz, arrependimento, perdão, etc.); outras, nem tanto. Como no supermercado, oramos a Deus na esperança de obter as coisas facilmente, como se estivessem em uma liquidação, sem exigir de nós muito esforço, tempo ou recursos.

Em um supermercado, não procuramos estabelecer vínculos afetivos com a pessoa que está no caixa, porque o que importa para nós é a compra. Muitas orações consideram a Deus como um mero fornecedor de bênçãos. No entanto, o Eterno é um Ser pessoal. Ele gosta de conversar conosco. Vamos ao supermercado somente quando precisamos de algo. O estabelecimento pode estar aberto 24 horas por dia, sete dias por semana, mas passamos pouco tempo lá dentro. Semelhantemente, nossas orações parecem durar o tempo mínimo para resolver nossos dilemas. No entanto, a Bíblia nos recomenda que oremos sem cessar e que perseveremos na oração.

A oração verdadeira se assemelha mais ao relacionamento de um casal apaixonado do que a um supermercado. Nosso par, a quem amamos, não é uma coisa, mas um ser vivo. Amamos a forma como ela ou ele é, como se move, como fala e como pensa. Essa relação não nos faz somente pedir; queremos oferecer também. Não vemos e pedimos; vemos e oferecemos. Não importa quanto custe algo; pela pessoa querida damos tudo. A entrega é total e com alegria. Desfrutamos tanto da companhia dela que ficamos à espera do dia em que nos convidará a ser coparticipantes de seus sentimentos por toda a sua existência. Por último, passaríamos o dia todo com a pessoa amada, aproveitando cada minuto de sua presença ao nosso lado.

É exatamente assim que devemos orar: como pessoas que verdadeiramente amam a Deus. E você? Como tem agido para com o Senhor em suas orações?

Vislumbres da eternidade
de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/Conexao-constante/
•••

Nenhum comentário:

As primeiras coisas

  Devocional Diário As primeiras coisas Aos filhos das concubinas que tinha, Abraão deu presentes. Gênesis 25:6 Dizem que Boston é a cidade ...