sexta-feira, 8 de setembro de 2023

O MESSIAS

 Meditação Diária

8 de setembro

O MESSIAS

O Espírito do Senhor Deus está sobre Mim, porque o Senhor Me ungiu para pregar boas-novas aos pobres, enviou-Me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados. Isaías 61:1

No Antigo Testamento, quando Deus escolhia alguém para uma missão espiritual, providenciava para que essa pessoa fosse ungida. Isso aconteceu com sacerdotes, reis e profetas. O óleo de oliva derramado sobre a pessoa era um símbolo da atuação especial do Espírito de Deus a partir daquele momento. Na língua hebraica, em que foi escrito o Antigo Testamento, a palavra para ungido é “Messias”. Em grego, a língua do Novo Testamento, a palavra é “Cristo”. Portanto, “Messias”, “Cristo” e “Ungido” são termos sinônimos.

O Antigo Testamento contém muitas profecias a respeito do Messias. Sabemos que Ele nasceria em Belém (Mq 5:2) como um menino (Is 9:6) e que, em algum momento, seria morto e ressuscitaria (Is 53). Deus O usaria como instrumento para a salvação de toda humanidade e não apenas dos judeus. Isaías escreveu: “Agora diz o Senhor, que Me formou desde o ventre para ser o Seu servo, para trazer Jacó de volta e reunir Israel a Ele. […] Ele diz: ‘Para Você, é muito pouco ser o Meu servo para restaurar as tribos de Jacó e trazer de volta o remanescente de Israel. Farei também com que Você seja uma luz para os gentios, para que Você seja a Minha salvação até os confins da Terra’” (Is 49:5, 6).

Com o decorrer do tempo, o Messias ocuparia o trono de Davi e estabeleceria Seu reino, que aumentaria mais e mais (Is 9:7) até abranger toda a Terra (Sl 2; 72). Sob o Seu governo não haveria mais guerra, mas haveria justiça, segurança, paz e prosperidade (Is 11).

O texto de hoje foi lido por Jesus em um culto na sinagoga de Nazaré, no início de Seu ministério. Tendo acabado de ler, disse: “Hoje se cumpriu a Escritura que vocês acabam de ouvir” (Lc 4:20, 21). Em toda a Bíblia, o ungido mais importante foi Jesus. Nele, essas profecias encontram cumprimento. Por isso, os escritores do Novo Testamento não se cansam de se referir a Ele como “Jesus Cristo”. É nosso privilégio, hoje, crer em Jesus como o Ungido por Deus para nos salvar. Digamos como Pedro: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mt 16:16). 

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-messias-2/
https://youtu.be/Y7ON73oNBNo

Nenhum comentário:

Espera ativa

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  19 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/espera-ativa/ Espera ativa Não deixarei que fiqu...