sexta-feira, 8 de setembro de 2023

Salmos 125 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 125
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 125 – Para estudar o Salmo em pauta, três perguntas requerem respostas:

1. Qual é o significado simbólico das montanhas mencionadas no texto? Os montes são frequentemente considerados na Bíblia como símbolo de estabilidade, solidez e grandeza. Montanhas são difíceis de serem removidas, representando a confiança na proteção divina. No Salmo 125 as montanhas simbolizam a firmeza e segurança que Deus oferece aos Seus fieis seguidores – assim como as montanhas são inabaláveis, a promessa divina de proteção é inquebrantável para aqueles que confiam nEle.

2. Como este Salmo expressa a ideia de segurança de Deus para os justos? Os versículos 3 e 4 revelam que a autoridade e o poder dos perversos não serão capazes de subjugar ou derrotar os justos. Desta forma, o Salmo expressa a ideia de que a segurança divina protege os justos contra as ameaças e adversidades que possam surgir. Aqueles que oram a Deus, mantêm coração puro e buscam a retidão podem confiar em Deus que os tratará com graça e proteção. No versículo 5, a ideia de segurança divina está atrelada à obediência e fidelidade aos princípios divinos. Aqueles que afastam-se desses princípios perderão a proteção e a segurança providas por Deus.

3. Qual a mensagem principal extraídas deste Salmo em relação à fé e confiança em Deus?

• William MacDonald diz que “o Salmo trata de pessoas que confiam no Senhor; Sua promessa se aplica apenas ao justo. Os inimigos só invadiram as fronteiras e penetraram os muros de Israel quando o povo de afastou do Senhor. Enquanto obedeceram a Deus e confiaram nEle, o Senhor não permitiu que o cetro do ímpio, ou seja, o governo de monarcas gentios se aproximasse”. O mesmo se aplica à igreja cristã.
• Ellen White é profunda ao abordar os momentos críticos dos cristãos inabaláveis: “Em que consistia a força daqueles que, no passado, sofreram perseguição por amor a Cristo? Era a união com Deus, união com o Espírito Santo, união com Cristo. A acusação e a perseguição têm separado muitos de seus amigos terrestres, mas nunca do amor de Cristo. Nunca a pessoa, provada pela tempestade, é mais encarecidamente amada por seu Salvador do que quando sofre a perseguição por amor à verdade”.

As verdades do Salmo 125 são inspiradoras! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Gambito

  Gambito Meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês n...