sábado, 2 de setembro de 2023

JUÍZO INVESTIGATIVO

 Meditação Diária

2 de setembro

JUÍZO INVESTIGATIVO

Continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e o Ancião de Dias Se assentou [...]. Milhares de milhares O serviam, e milhões de milhões estavam diante Dele. Foi instalada a sessão do tribunal e foram abertos os livros. Daniel 7:9, 10


Os adventistas do sétimo dia têm uma crença singular: a doutrina do santuário. Ela inclui o que chamamos de juízo investigativo, que começou em 1844. Nesse juízo é examinada a vida de cada pessoa que tem seu nome no livro da vida. Quando alguém, arrependido, confessa seus pecados a Deus, crendo nos méritos de Cristo, no mesmo momento é perdoado. Contudo, esses pecados permanecem registrados nos livros do Céu, embora com a informação de que foram perdoados.

Quando essa pessoa for julgada, se porventura houver pecados que não foram confessados e abandonados, seu nome será retirado do livro da vida e serão apagadas todas as informações sobre suas boas ações. Permanecerá apenas o registro de seus pecados, e seu castigo será proporcional a eles (Êx 32:33; Ez 18:24). Porém, se os registros demonstrarem que todos os pecados foram confessados, abandonados e perdoados, seu nome continuará no livro da vida, e todos os pecados serão apagados, permanecendo o registro de suas boas obras (Pv 28:13; Ap 3:5; Ez 18:21, 22). Desse modo, alguns nomes permanecem no livro da vida, e outros são retirados. Ao final, apenas aqueles cujos nomes permanecerem serão salvos.

Esse juízo não ocorre para informar a Deus, pois Ele é onisciente. Seu propósito é eliminar qualquer dúvida quanto à Sua justiça e Seu amor. Assim, imagine-se no Céu procurando alguém que esperava encontrar, mas essa pessoa não está lá. O que ocorreu? Você poderá examinar os registros e descobrir a verdade, tendo acesso a informações que você não possuía. Então, você concluirá: “Deus é justo.”

Você também ficará surpreso ao encontrar quem não esperava. Novamente, examinando os registros, você saberá sobre seu arrependimento, sua fé em Cristo e a transformação de seu coração. E você concluirá: “Deus é justo.” Por toda a eternidade, ninguém terá dúvida quanto à justiça divina.

Hoje, viva de tal modo que os registros anotados no Céu revelem que você ama a Cristo de verdade e que está sendo transformado por Sua graça. 


https://mais.cpb.com.br/meditacao/juizo-investigativo/
https://youtu.be/Q2nLeuKnTCo

Nenhum comentário:

Espera ativa

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  19 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/espera-ativa/ Espera ativa Não deixarei que fiqu...