domingo, 13 de agosto de 2023

OBEDECER, NO SENHOR

 Meditação Diária

13 de agosto

OBEDECER, NO SENHOR

Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isto é justo. Efésios 6:1


Nós não gostamos de obedecer. Gostamos de fazer nossa vontade. Obedecer pode implicar que a vontade de outro deva ser satisfeita e não a nossa. Os filhos devem sempre obedecer aos seus pais? Normalmente sim, mas há exceções, como veremos.

Em certa igreja de que fui pastor, havia uma senhora que, com seus dois filhos – meninos na idade dos 15 anos –, frequentava assiduamente os cultos. O pai não era adventista. Em uma das visitas pastorais que fiz a eles, essa irmã abriu seu coração e contou de suas lutas para ensinar os filhos a amar e servir a Deus e a se conservarem no bom caminho. Disse também que, fazia pouco tempo, o esposo havia incentivado os garotos a frequentar o prostíbulo, porque já tinham idade para iniciar a vida sexual.

Os dois meninos, criados desde sempre nos caminhos de Deus, conheciam o mandamento para obedecer aos pais. E agora, deveriam obedecer a essa orientação paterna? Seria esse um dilema para eles? Claro que não! O texto de hoje limita a obediência aos pais. “Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isto é justo” (Ef 6:1). Os meninos e as meninas devem obedecer aos seus pais quando o que lhes é ordenado estiver em harmonia com a vontade divina. Caso contrário, devem priorizar o que Deus quer. Como os apóstolos disseram certa vez: “É mais importante obedecer a Deus do que aos homens” (At 5:29).

Infelizmente, o que a família sugere ou exige nem sempre é o melhor. Isso pode ser visto em diversas narrativas bíblicas. Em uma delas, Rebeca, mãe de Jacó, recomendou que o filho, por meio do engano, conseguisse do pai a bênção da primogenitura. Jacó devia ter dito “não” à sua mãe; contudo, relutante a princípio, aceitou a sugestão. Como consequência, a família ficou ainda mais dividida, e o remorso por aquele pecado o acompanhou por muitos anos (Gn 27). Finalmente, na noite em que lutou com o Anjo do Senhor, ele encontrou o perdão e a paz tão desejados (Gn 32:22-30).

Certamente, quando uma ordem paterna está em harmonia com os caminhos de Deus, os filhos devem acatar, lembrando que há uma bênção para todo filho e filha obediente: “Para que tudo corra bem com você” (Ef 6:3).


https://mais.cpb.com.br/meditacao/obedecer-no-senhor/
https://youtu.be/vuYqSjvg0n4

Nenhum comentário:

Fruta nossa de cada dia

  Devocional Diário Fruta nossa de cada dia E o Senhor Deus ordenou ao homem: “De toda árvore do jardim você pode comer […].” Gênesis 2:16 A...