segunda-feira, 14 de agosto de 2023

Salmos 100 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 100
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 100 – No ano 2000 e 2001 tive a alegria de estudar no que era chamado Instituto Adventista São Paulo, em Hortolândia. Havia ali na época o Coral Jovem do IASP que gravou uma música baseada na letra do Salmo em apreço:

Celebrai com júbilo ao Senhor.
Com grande júbilo celebrai.
Celebrai com júbilo ao Senhor.
Povos da Terra, celebrai.

Sabei que o Senhor é Deus.
Foi Ele quem nos fez.
Nós somos suas ovelhas.
E Ele é o Pastor.

Entrai por suas portas.
Com muita gratidão.
Entrai nos santos átrios Seus.
Com hinos de louvor.
Rendei-Lhe todos, graças.
Seu nome bendizei.
[...].

Celebrai com júbilo ao Senhor.
Com grande júbilo celebrai.
Celebrai com júbilo ao Senhor.
Povos da Terra, com grande júbilo.
Ao Deus eterno, povos da Terra.
Com grande júbilo, ao Deus eterno.
Povos da Terra, celebrai.
Celebrai, celebrai.

Precisamos desses imperativos captados pelo autor desta música, expressos no Salmo 100. Neste Salmo encontramos os seguintes itens que merecem nossa consideração:

• Chamado para louvor de forma universal para adorar ao Senhor com alegria.
• Ênfase especial na gratidão, Salmo exemplo de louvor e ações de graças.
• Destaque para a fidelidade e eternidade de Deus sobressaindo a outros salmos que também citam este tema.
• Descrição da relação entre Deus e Seu povo é vista como íntima e próxima, onde há cuidado e proteção por parte de Deus.
• Acesso a Deus a fim de adorá-Lo pessoalmente e coletivamente.
• Linguagem poética e invocativa convidando os ouvintes a participarem ativamente da adoração e ação de graças.

A mensagem do salmo, devidamente absorvida, nos moldará e nos impactará em diversos aspectos, tais como:

• Em nossa prática de louvar e adorar a Deus com alegria e gratidão.
• Nossa consciência da criação, do pertencimento a Deus e da Sua relação conosco.
• Na consideração da importância da ação de graças como vital para a vida piedosa.
• Nossa confiança na fidelidade de Deus que dura para sempre, independente dos tempos e situações vividas.

O Salmo 100 é considerado um Salmo de ações de graças pelo fato de Deus ser Senhor (v. 1), Criador (v. 3), Dono (v. 3), Pastor (v. 3); e, por Ele ser bom (v. 5) e Sua misericórdia e fidelidade durarem para sempre (v. 5). Em outras palavras, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

O poder da informação

  Devocional Diário O poder da informação Que eles deem graças ao Senhor por Sua bondade e por Suas maravilhas para com os filhos dos homens...