quarta-feira, 19 de julho de 2023

MEDIADOR E REI

 Meditação Diária

19 de julho

MEDIADOR E REI

Tendo, pois, Jesus, o Filho de Deus, como grande Sumo Sacerdote que adentrou os Céus, [...] aproximemo-nos do trono da graça com confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça para ajuda em momento oportuno. Hebreus 4:14, 16

No verso de hoje, Cristo recebe o nome “Jesus” e o título “Filho de Deus”. O primeiro é um nome humano comum, dado a muitos meninos judeus, e significa “Yahweh salva”, o que enfatiza Sua natureza humana e o objetivo de Sua missão. O segundo destaca Sua divindade. Sempre que Jesus Se referia a Deus como Seu Pai, o que os ouvintes entendiam e o que Ele queria dizer é que Ele é igual ao Pai (Jo 5:18).

Cristo é, de fato, completamente homem e completamente Deus, embora essa verdade não se adapte à lógica humana. Sua natureza O capacita a viver em perfeita comunhão com Deus e com a humanidade, e essa condição permite que Ele atue como nosso mediador. Por meio dessa ligação, entre Cristo e os seres humanos, podemos novamente nos achegar a Deus.

Outro ponto importante a considerar no texto que estamos examinando é aquele que trata de Cristo como Rei e de nosso acesso a Seu trono. Você deve recordar como o acesso ao trono do imperador persa era limitado, por exemplo, nos dias de Ester. Até mesmo a rainha corria risco de vida se aparecesse sem ser convidada (Et 4:11). De fato, em algumas nações do Oriente Médio, nos tempos bíblicos, somente uma pessoa podia comparecer diante do rei quando desejasse, sem correr qualquer risco: o filho primogênito, herdeiro ao trono.

Isso nos lembra o que se encontra no livro de Hebreus. Ali, o povo de Deus é chamado de “igreja dos primogênitos arrolados nos Céus” (Hb 12:23). Desse modo, o convite que diz: “Aproximemo-nos do trono da graça com confiança” (Hb 4:16) é uma indicação de que Deus nos considera Seus primogênitos e que podemos nos apresentar diante Dele sempre que quisermos. Ali há misericórdia, graça e socorro nos momentos de necessidade.

Em Hebreus, Deus também diz: “De maneira alguma deixarei você, nunca jamais o abandonarei” (Hb 13:5). Por isso, podemos dizer com confiança: “O Senhor é o meu auxílio, não temerei. O que é que alguém pode me fazer?” (v. 6).
https://mais.cpb.com.br/meditacao/mediador-e-rei/

https://youtu.be/ZuxDIpcfB5Q

Nenhum comentário:

O poder da informação

  Devocional Diário O poder da informação Que eles deem graças ao Senhor por Sua bondade e por Suas maravilhas para com os filhos dos homens...