segunda-feira, 26 de junho de 2023

Salmos 51 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 51

Comentário: Pr. Heber Toth Armí

SALMO 51 – Muitas vezes fantasiamos os personagens bíblicos. Geralmente os colocamos em patamares muitos elevados, dos quais a Bíblia jamais os colocou.

Note no Salmo 51, que Davi, o grande e poderoso rei do povo de Deus, sucumbiu à tentação que assolava os monarcas ao seu redor. Ele deslizou pelo caminho comum, envolvendo-se nas tenebrosas teias da poligamia. O primeiro passo rumo à perdição foi tomar para si múltiplas esposas, distanciando-se da vontade divina. Esse desvio o levou a transgressões ainda mais graves...

O crime de Davi, cometido contra o nobre Urias e a desafortunada Bate-Seba foi abominável aos olhos de Deus. O Senhor, sendo justo e imparcial, não sancionou nem justificou esses pecados horrendos. Pelo contrário, enviou uma repreensão feroz e uma denúncia pesada pelo profeta Natã. Davi estava cego para sua situação monstruosa perante Deus. Contudo, seus pecados exigiram a reprovação do Soberano através do profeta.

Oh, homens de liderança na história bíblica! Quão profundamente pecaram! Seus erros não foram encobertos; foram fielmente registrados nos anais da história sagrada, incluindo as punições celestiais que se seguiram a tais transgressões. Os santos homens da Bíblia eram mortais, sujeitos a um adversário infernal que os tentava incessantemente.

Que lições profundas extraímos do Salmo 51, o qual é a expressão do coração arrependido de Davi, ecoando em nossa alma, penetrando nas profundezas de nosso ser! Seu conteúdo revela-nos a verdadeira natureza do pecado, a urgência do arrependimento genuíno e a imensidão da misericórdia divina.

No Salmo 51 somos lembrados de nossa própria fragilidade e tendências para agir maldosamente. Somos confrontados com a realidade dolorosa de que, mesmo as pessoas mais virtuosas podem falhar. Contudo, nessa escuridão, encontramos um raio de esperança; pois, como Davi, podemos nos voltar para Deus, suplicando por Sua graça e perdão.

Deus é gracioso e compassivo, pronto para perdoar-nos e restaurar-nos quando voltamo-nos arrependidos para Ele, com um coração humilde e sincero.

Para isso, humildemente considere...

• Reconhecer sinceramente teus pecados (Salmo 51:1-6).

• Buscar a purificação e a restauração (Salmo 51:7-12).

• Ter um coração contrito para cultuar (Salmo 51:13-17).

• Interceder pela restauração do povo de Deus (Salmo 51:18-19).

Arrependimento sincero e busca pelo perdão são essenciais para experimentar restauração espiritual. Desfrutemos desse reavivamento que Deus anseia nos conceder através de nossa transformação! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

•••••

Nenhum comentário:

Dor de coração

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/dor-de-coracao/ Dor de coração O cetro não se ar...