quarta-feira, 8 de março de 2023

A ORAÇÃO DE PAULO

 A ORAÇÃO DE PAULO

Por essa razão, eu me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toda a família, nos Céus e na Terra, recebe o nome. Efésios 3:14, 15

A Bíblia contém muitas orações. Imagino que você, leitor, recorde-se das orações que se encontram no Livro dos Salmos e daquelas feitas por alguns de seus principais personagens. Entre elas, há as orações de Moisés intercedendo por Israel (Êx 32:31, 32; Nm 14:13-19); as orações de Elias, no Carmelo, primeiro pedindo que Deus enviasse fogo do céu e, depois, que enviasse chuva sobre a Terra (1Rs 18); e as orações de Jesus, sendo que as duas mais conhecidas são: a oração do Pai Nosso (Mt 6:9-13) e a oração sacerdotal (Jo 17).

Hoje, porém, vamos meditar em uma oração menos conhecida, feita por Paulo quando estava preso (Ef 3:1). Na Carta aos Efésios, depois de lembrar aos seus leitores como estavam perdidos e o que Deus fizera, em Cristo, para os salvar, unindo judeus e gentios em Sua igreja, o apóstolo declarou que os irmãos não deviam desanimar por causa da prisão dele, pois Deus usaria aquela situação para o bem deles, uma vez que ele teria o tempo necessário para escrever a Palavra de Deus e orar pelo crescimento espiritual deles.

Então, Paulo passa a focar no tema da oração (Ef 3:14-20). Ela é endereçada a Deus Pai, cuja família é formada pelos seres santos do Céu e pela igreja na Terra. Paulo ora ajoelhado, indicando sua atitude de humildade, quando o inferior se prostra diante do Superior. Nessa oração, ele clama pelo fortalecimento espiritual de seus leitores, o que ocorreria quando, pela fé, o Espírito de Deus habitasse em seu interior, e suas raízes e alicerces espirituais se apegassem ao amor de Cristo – que devia ser compreendido, conhecido e assimilado por eles até que chegassem à plenitude de Deus (Ef 4:13).

Essa oração é movida pela confiança no poder de Deus, que, atuando em nós e em nosso favor, habilita-nos a fazer infinitamente mais do que pedimos ou mesmo pensamos. Em Sua oração, Jesus finaliza com a exaltação a Deus, que merece ser glorificado, mediante Cristo, na igreja, em todas as gerações e para todo o sempre. Essa prece ensina que é nosso privilégio orar a Deus Pai. Com base em quem Ele é, podemos solicitar, sobretudo, bênçãos espirituais, glorificando Seu nome. 

MEDITAÇÃO DIÁRIA

8 de março
https://youtu.be/ELwzGcJKVYs
•••••

Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...