sábado, 19 de novembro de 2022

O ENVIADO DE DEUS

 O ENVIADO DE DEUS

Eles serão a Minha propriedade peculiar, naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos Exércitos. Malaquias 3:17

Cristo, o Negociante celestial que busca boas pérolas, viu na humanidade perdida a pérola de preço. Viu as possibilidades de redenção no ser humano pervertido e arruinado pelo pecado. Corações que têm sido o campo de combate com Satanás e foram salvos pelo poder do amor são mais preciosos ao Salvador do que aqueles que jamais caíram. Deus contemplou a humanidade não como desprezível e indigna; contemplou-a em Cristo, viu-a como podia se tornar pelo amor redentor. Reuniu todas as riquezas do Universo e as ofereceu para adquirir a pérola. E Jesus, encontrando-a, insere-a novamente em Seu diadema. “Porque, como as pedras de uma coroa, eles serão exaltados na sua terra” (Zc 9:16, ARC). “Eles serão a Minha propriedade peculiar, naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos Exércitos” (Ml 3:17).

Mas Cristo como a pérola preciosa, e nosso privilégio de possuir este tesouro celestial, é o tema com o qual mais deveríamos nos preocupar. O Espírito Santo é que revela aos seres humanos a preciosidade da boa pérola. O tempo do poder do Espírito Santo é o tempo em que, num sentido especial, a dádiva celestial será procurada e achada. Nos dias de Cristo muitos ouviam o evangelho, mas tinham o espírito entenebrecido por falsos ensinos e não reconheciam no humilde Mestre da Galileia o Enviado de Deus. Mas depois da ascensão de Cristo, Sua entronização em Seu reino intercessor foi assinalada pelo derramamento do Espírito Santo. No dia de Pentecoste foi dado o Espírito. As testemunhas de Cristo anunciavam o poder do Salvador ressurreto. A luz do Céu entrou na mente obscurecida dos que tinham sido enganados pelos inimigos de Cristo. Agora O contemplavam elevado “a Príncipe e Salvador, a fim de conceder a Israel o arrependimento e a remissão de pecados” (At 5:31). Viram-No envolto na glória do Céu, com tesouros infinitos nas mãos para outorgar a todos os que se voltassem de sua rebelião. Proclamando os apóstolos a glória do Unigênito do Pai, foram convertidas três mil pessoas. Viam-se como realmente eram, pecadoras e poluídas, e a Cristo como seu Amigo e Redentor. Cristo foi exaltado, Cristo foi glorificado pelo poder do Espírito Santo, que repousava sobre homens e mulheres (Parábolas de Jesus, p. 118-120).

PARA REFLETIR: O Espírito Santo já fez você perceber o quanto Jesus é precioso? O que na sua vida espiritual demonstra que Jesus é precioso para você?
https://youtu.be/WUWy1vojcvM 

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...