quarta-feira, 6 de março de 2024

O relógio da minha avó

 Devocional Diário

O relógio da minha avó

Jesus respondeu: “O que é impossível para o ser humano é possível para Deus.” Lucas 18:27

Minha avó tinha um relógio que chamava muito minha atenção. Era um despertador de dar corda, desses que têm duas campainhas. Ocorre que eu tinha uma imensa vontade de saber como era o mecanismo interior daquele relógio! Minha tentação era abri-lo para verificar o que havia dentro. Um dia, eu estava sozinho na casa da minha avó. Cedendo ao impulso, desmontei o dispositivo. Confiando em minha boa memória, fui tirando peça por peça. Quando estava quase na metade da empreitada, vi que estava ficando tarde e, para que ninguém descobrisse o que fizera, comecei a recolocar as peças. Quando terminei, haviam sobrado algumas pequenas engrenagens. Com minha mente de criança, pedi ao Senhor que o relógio funcionasse. E não é que funcionou?! Sempre me surpreendeu esse acontecimento. Eu achava que fosse por causa da minha oração.

Um dia, o despertador parou e nunca mais voltou a funcionar. Ainda devo à minha avó uma explicação, mas, para isso, terei que esperar chegar ao Céu. Aprendi várias coisas com aquela experiência. Primeiro, quando se faz algo incorreto, é preciso resolver o problema. De outra maneira, a culpa sempre irá acompanhar você. Segundo, e não menos importante, é preciso maturidade para pedir algo a Deus. Eu pedi aquilo de forma ingênua, pensando numa solução instantânea. Se eu fosse um adulto, teria pedido que o Senhor me desse as palavras certas para me desculpar por minha travessura. O que é mais difícil: um relógio funcionar sem algumas peças ou enfrentar nossa realidade? Não sei se foi o Senhor quem fez o relógio funcionar. Acho que não. Talvez Ele tenha permitido que o relógio parasse porque não funcionava mais como devia e para que eu refletisse e agisse corretamente.

Deus não é uma varinha mágica. É claro que Ele pode fazer o impossível, mas está muito mais interessado em nos ver agindo corretamente. Às vezes nos desiludimos porque, depois de tirar algumas peças do relógio de nossa vida, oramos por algo e a coisa não funciona como gostaríamos. Não seria melhor se voltássemos a abrir o relógio e recolocássemos as peças que faltaram? Faça sua parte e coloque o impossível nas mãos de Deus, o Relojoeiro supremo.

Vislumbres da eternidade
de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-relogio-da-minha-avo/

•••

Nenhum comentário:

Fruta nossa de cada dia

  Devocional Diário Fruta nossa de cada dia E o Senhor Deus ordenou ao homem: “De toda árvore do jardim você pode comer […].” Gênesis 2:16 A...