segunda-feira, 25 de março de 2024

Lembra-te

 Devocional Diário

Lembra-te

Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Êxodo 20:8, ARA

Falar do sábado como uma imposição é falar apenas de tempo. Quando começa ou quando termina? O que posso ou não fazer? O que acontece quando viajamos a um país com fuso horário diferente? Nada de errado, mas há uma visão melhor. Falar do sábado como uma relação é falar de encontro.

Quando o sábado se torna uma relação de amor com Deus, ele se transforma em algo especial. É por isso que toda atividade se sujeita a esse desejado momento no qual cessamos as atividades deste mundo para entrar em um modo de antecipação da nova Terra. Cada novo sábado é a experiência de como será um dia junto ao Senhor na Nova Jerusalém. Desfrutaremos da Sua presença a cada instante e sentiremos a alegria de contemplar em primeira mão nosso amado Deus.

Ter o sábado em mente não apenas nos permite lembrá-lo – o que seria uma mera marcação em nosso calendário –, como também esperá-lo da mesma forma como esperamos alguém que amamos. A espera gera expectativa, e esse sonho nos permite criar mais vínculos com Deus.

Abraham Joshua Heschel dizia que Deus poderia ter construído um templo em qualquer lugar do mundo, mas isso limitaria o acesso de Seus adoradores. Assim, Ele criou um “templo no tempo”, no qual todos podem adorá-Lo independentemente de onde estiverem. Heschel acrescenta que, além disso, o sábado não somente é guardado (como norma), mas também se celebra (como festa). Não é um momento para limitações, mas para liberdade. É por isso que não ficamos atados às obrigações e preocupações da semana – nem nós nem aqueles que eventualmente trabalham para nós e que, talvez, não conheçam a Palavra de Deus. Parece-me de uma enorme sensibilidade que Deus Se lembre dos “outros”, os que não são, mas poderiam ser, os “servos” que nos rodeiam. Eles também merecem desfrutar do Seu templo no tempo. Digo isso porque observo que estamos ficando muito relaxados quanto a esse assunto. Celebrar o santo sábado é um privilégio para todos.

Quando o sábado se converte em uma relação de amor com Deus, ele deixa de ser um estorvo e passa a ser um momento especial pelo qual ansiamos. Não é tão difícil; basta amarmos a Deus e, de forma natural, buscaremos esse encontro. Por isso, digo uma vez mais: Ame-O de todo o coração! 

Vislumbres da eternidade
25 de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/lembra-te-2/

•••

Nenhum comentário:

As primeiras coisas

  Devocional Diário As primeiras coisas Aos filhos das concubinas que tinha, Abraão deu presentes. Gênesis 25:6 Dizem que Boston é a cidade ...