sábado, 3 de fevereiro de 2024

Jeremias 6 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jeremias 6
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JEREMIAS 6 – Desde o início do livro, Jeremias expõe a situação pecaminosa do povo de Deus. Alguns deles são:

• Idolatria: Deuses estrangeiros foram inseridos na adoração judaica.
• Injustiça e opressão: A exploração dos pobres e opressão pelos ricos e poderosos são considerado pecados.
• Infidelidade religiosa: Afastar-se de Deus, abandonando Suas leis e mandamentos atrai a condenação divina.
• Falsos profetas: Tanto ser um deles ou apegar-se às mentiras preferindo ser enganado, também é pecado.
• Corrupção: Líderes que ferem a justiça em busca de conveniências pessoas não têm aprovação divina.
• Insensibilidade espiritual: Ignorar o apelo de Deus ao arrependimento significa perseverar na iniquidade e hipocrisia ilusória.
• Violência: Seja verbal, psicológica ou física, a violência é pecado.
• Desrespeito ao nome de Deus: Desprezar a Deus e desonrar Seu nome representando-O incorretamente, implica quebrar o terceiro mandamento.
• Calúnia, fofoca e difamação: Por mais comuns (normais) que sejam estes pecados da língua, eles nunca são insignificantes no juízo divino.
• Rejeição e desobediência à Palavra de Deus: Tais pecados podem ser os piores, pois deles emanam todos os demais.

Esta lista reflete nossa realidade social? Mais especificamente, essa lista pode caracterizar os membros de nossa igreja? Estamos representados nela? Independentemente de tua conclusão, vamos considerar atentamente a mensagem de Jeremias 6:

• Tem gente - inclusive crente – que se orgulha daquilo que deveria ter vergonha: Infelizmente, até entre os religiosos pode haver quem se envergonha da Palavra de Deus (versículo 10), mas não se envergonha de suas atitudes pecaminosas (versículo 15).
• Pior do que cometer pecados, sejam quais forem – mesmo calúnias e fofocas – é não permitir que Deus os arranquem de tua vida (versículos 27-30).
• A rejeição às Leis e à Palavra de Deus implica em rejeição ao próprio Deus; isso leva a perder a proteção divina, tornando-se vulnerável neste mundo perigoso (versículos 16-20).

Apesar disso tudo, o propósito divino é salvar. É nisso que reside a ênfase do capítulo (Jeremias 6:1-9). Babilônia viria do norte para assolar aos rebeldes desobedientes, e Deus intentava alertar aos judeus a fim de que se arrependessem para salvar-se (Jeremias 6:11-26).

Infelizmente, a ignorância à Palavra de Deus leva às pessoas a desprezarem o perigo à vista (Jeremias 6:14) - isso acontece também em nossos dias (I Tessalonicenses 5:3). Fiquemos alerta!

Devemos reavivarmo-nos nas profecias! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Gambito

  Gambito Meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês n...