domingo, 25 de fevereiro de 2024

Jeremias 28 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jeremias 28
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JEREMIAS 28 – Da mesma forma que o povo de Judá precisou lidar com escolhas difíceis baseadas nas mensagens de verdadeiros e falsos profetas, também somos desafiados a discernir e seguir a vontade de Deus em meio a uma sociedade impregnada de vozes e perspectivas conflitantes.

O contexto histórico do livro de Jeremias é o período que antecede e inclui a queda de Jerusalém e o Reino de Judá diante da invasão babilônica no século VI a.C. Nessa época Jeremias pregou advertindo ao povo sobre a iminente destruição devido à infidelidade social e religiosa. No capítulo 28, Jeremias confrontou Hananias, um falso profeta que contradisse suas mensagens, afirmando que o cativeiro babilônico terminaria rapidamente. Jeremias, por sua vez, sustentara que o exílio duraria 70 anos, conforme Deus lhe revelara.

Como identificar um profeta verdadeiro entre falsos profetas?

• Primeiramente, é preciso estar ciente que a única autoridade para a fé e prática é a Palavra de Deus, esse é o princípio do Sola Scriptura. A mensagem de Jeremias é autenticada como verdadeira, porque está alinhada com profecias anteriores (Levítico 26:1-46; Deuteronômio 28:1-68; etc.).
• Em segundo lugar, é necessário adotar a totalidade das Escrituras ao interpretar um texto específico. Diferentemente de Jeremias, Hananias parece ser motivado em agradar a si mesmo e seus ouvintes, oferecendo uma mensagem mais otimista em contraste com a “severidade” das advertências de Jeremias – a qual está em harmonia com a vontade de Deus em toda a Escritura (II Crônicas 36:15-23).

Sob as lentes do Sola e Tota Scriptura, o confronto entre Jeremias e Hananias lembra-nos da importância da autoridade das Escrituras na formação da fé e no discernimento da verdade. Jeremias manteve sua posição com base nas promessas e profecias anteriores, enquanto Hananias negligenciou ou reinterpretou seletivamente a revelação divina, tornando-a mais agradável, interessante.

A linguagem e a retórica utilizadas por Jeremias e Hananias revelam suas respectivas convicções e estratégias de comunicação. Enquanto Jeremias é incisivo e firme em sua proclamação, Hananias é mais conciliador e assertivo em suas afirmações.

O confronto entre Jeremias e Hananias destaca a importância da interpretação profética cuidadosa das Escrituras, especialmente diante de crises em que várias vozes concorrentes surgem, apresentando interpretações divergentes.

Aprendamos a discernir a voz de Deus em meio às múltiplas vozes contemporâneas! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...