sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024

Fé salvadora

 Fé salvadora

Para quem […] crê Naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça. Romanos 4:5

Paulo não diz que Deus justifica os bons, os piedosos, os fiéis. Deus justifica o ímpio, o pecador. O médico cura o enfermo, e Cristo é o médico do pecador. Ele é o “eterno perdoador de injúrias”, como O chamou o nicaraguense Rubén Darío. O mexicano Amado Nervo aprendeu de Cristo quando disse: “Se um espinho me fere, me distancio do espinho, mas não o aborreço.” Em Cristo se abeberou o poeta barroco brasileiro Gregório de Matos ao expor, em versos simples, a quintessência do amor divino em seu soneto “Buscando a Cristo”. Sim, Cristo “veio buscar e salvar o perdido” (Lc 19:10).

Certa vez, alguém perguntou a um pregador escocês por que Jesus escolheu Judas. O sábio pregador respondeu: “Não sei por que Jesus escolheu Judas, assim como também não sei por que Ele me escolheu.” Em sua primeira carta a Timóteo, Paulo expande esse formidável conceito, que se levanta como um monumento à salvação: “Esta palavra é fiel e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores” (1Tm 1:15). Não há um só pecador fora do alcance de Sua graça. Não há um só enfermo desenganado por esse Médico. Ele é especialista na ciência divina de salvar perdidos e de ressuscitar mortos. Ele veio exercer Sua carreira de médico na Terra porque este planeta é o grande hospital do Universo. Por isso, se você se sente enfermo, não hesite: recorra a Cristo.

A fé na graça salvadora de Jesus é o único método e a única fórmula de salvação. Mediante a fé no médico, o paciente pode ficar curado. Se o paciente não crê no médico, se não tem confiança nele, nunca será curado. É impossível exercer a medicina onde não há fé.

A fé é bem simples e comparável ao corpo humano. A fé é o olho que contempla o precioso Salvador que morreu na cruz. A fé é a mão que se agarra ao Salvador e à Sua salvação. Essa mão recebe com prazer a grande bênção do Céu: o pão e a água da vida. A fé é a boca que confessa a Cristo e que se alimenta do Senhor. A fé é o ouvido que ouve o Salvador dizendo: “O que vem a Mim, de modo nenhum o lançarei fora” (Jo 6:37). A fé são os pés que caminham apressados para Cristo. Você possui essa fé? Senão, peça a Deus agora mesmo.

Devocional Diário

Vislumbres da eternidade
9 de fevereiro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/fe-salvadora/
•••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...