sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024

Jeremias 12 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jeremias 12
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JEREMIAS 12 – Neste texto, Jeremias reconhece a justiça de Deus; porém, se preocupa com essa justiça. Por isso, questiona Deus algo nesse sentido: Por que é que os perversos e incrédulos prosperam e aqueles que seguem Teus caminhos muitas vezes enfrentam dificuldades?

Tal questionamento se deve à análise feita e à conclusão obtida. Jeremias observou ao redor e viu a corrupção florescendo, os injustos enriquecendo à custa dos menos afortunados. Ele constatou que a justiça parece distante, e a opressão se espalhando como fogo descontrolado. Ele percebeu que, embora Deus tenha plantado uma semente da verdade em solo desordenado, as ervas daninhas da iniquidade cresceram mais rápido que a colheita da justiça (Jeremias 12:1-3).

Diante de análises como estas, uniríamos a Jeremias com as seguintes indagações requerendo respostas de Deus – parafraseando Jeremias 12:4: “Até quando, Senhor, testemunharemos a destruição da verdade e da justiça? Até quando os maus prevalecerão, enquanto os justos sofrem?” E então, submetendo-nos a Deus, faríamos a seguinte oração: “Orienta-nos, ó Deus, em meio a esta escuridão, para que possamos entender os Teus propósitos e permanecermos firmes em Tua vontade, mesmo quando as tormentas e furacões da injustiça rugem ao nosso redor”.

Deus responde aos questionamentos humanos com outros questionamentos, Suas indagações seriam mais ou menos assim:

• Se te cansas correndo com homens que a pé podem competir, como poderás competir com cavalos?
• Se reclamas de um chuvisqueiro, como vais suportar uma tempestade?
• Se não consegues competir com os que estão a teu redor nesta sociedade corrompida, como resistirás às adversidades que virão?
• “E, se não consegue deixar a razão prevalecer em dias tranquilos, o que vai acontecer quando os problemas ocorrerem solto como o Jordão na época da enchente?” (Jeremias 12:5, A Mensagem).

Causas maiores das que questionamos podem sobrevir (Jeremias 12:6-17); e, se não confiarmos na soberania divina, nossa fé pode ser solapada com problemas como se fossem uma avalanche. Entretanto, Deus mostra que a nossa fé se fortalece quando...

• Reconhecemos que Ele é o Criador e Senhor de tudo, e Sua vontade prevalecerá no final.
• Conscientizamos que as ações humanas têm consequências, e Ele pode intervir para disciplinar e corrigir.
• Permanecemos fiéis, resistindo à corrupção e perseverando em Seus princípios, aproveitando corretamente o dom do livre-arbítrio.

Enfim, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...