terça-feira, 9 de janeiro de 2024

Isaías 47 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Isaías 47
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ISAÍAS 47 – Ao ler e estudar com atenção este texto, pode-se extrair um memorandum para ser enviado a cada nação que se enveredou pelo caminho da antiga Babilônia. Algo assim:

Cara nação ___:

Isaías 47 contém uma mensagem profética, uma advertência ecoando através dos séculos. Ele fala de uma cidade orgulhosa, Babilônia, que confiava na própria força, sabedoria e poder. Contudo, foi confrontada com a ira divina devido à sua arrogância e exploração do povo.

Assim como a Babilônia no passado, é importante que as nações atuais reflitam sobre suas ações e atitudes. A mensagem ressoa com a advertência de que a confiança em forças humanas e o abuso de poder levarão à queda. Não há escapatória quando a justiça divina se manifesta.

Nenhuma nação, por mais poderosa, é imune à responsabilidade; e, a confiança em sua própria grandeza é ilusória. A busca desenfreada por poder, a exploração dos fracos e a negligência em relação à justiça e misericórdia têm suas consequências inevitáveis. A história da Babilônia serve como aviso solene a toda nação que confia em sua grandiosidade e poder. A queda da soberana dos reinos é uma lição contundente sobre a fragilidade da confiança na política, nas riquezas, na magia e no orgulho. Nenhuma nação está acima da possibilidade de colapso, e a prepotência é uma estrada que leva à destruição.

Portanto, que estas palavras sirvam como um lembrete humilde a todas as nações: O poder verdadeiro reside na justiça, na compaixão e na equidade. Que a busca por grandeza seja acompanhada pela responsabilidade, cuidado dos vulneráveis e uma atenção constante aos princípios éticos.

Que o orgulho e a arrogância sejam substituídos pela humildade e sabedoria, para que todas as nações possam construir um futuro baseado na justiça, paz e cooperação mútua.

Que essas palavras ressoem como um chamado à reflexão e ação, guiando todas as nações para um caminho de equidade e compaixão, de responsabilidade ética e comprometida com os princípios da vida. Que a sabedoria guie as decisões dos grandes poderes de cada nação e que a compreensão dessa mensagem prevaleça sobre a arrogância pautada sobre a ignorância!

Atenciosamente,
A voz da advertência e esperança.

Se esta "carta" chegasse a cada nação e fosse atendida, viveríamos um reavivamento mundial! Compartilhe-a! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Dor de coração

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/dor-de-coracao/ Dor de coração O cetro não se ar...