quinta-feira, 7 de dezembro de 2023

Isaías 14 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Isaías 14

Comentário: Pr. Heber Toth Armí

ISAÍAS 14 – O contexto geral do livro de Isaías apresenta profecias dirigidas primariamente aos judeus; entretanto, há seções contendo alcance mais amplo no aspecto mundial/cósmico e também espiritual. 

Isaías 14 revela o grande conflito existente e constante entre o bem e o mal, onde Satanás torna-se o personagem principal que se opõe a Deus e tenta corromper a humanidade. Suas ações envolvem engano, tentação e instigação ao pecado. Ao desafiar a autoridade divina, o Diabo busca levar outros para longe de Deus e de Seus maravilhosos planos, promovendo a desobediência e a rebelião.

As ações de Satanás têm influenciado as atitudes humanas desde os primórdios; tudo para atrair as pessoas a afastarem-se de Deus por meio do pecado, especialmente o orgulho (Gênesis 3:1-10; 4:1-17). Contudo, o engano, a mentira e a tentação são considerados instrumentos que Satanás utiliza para desviar indivíduos do caminho certo e da obediência a Deus.

Isaías 14 trata de profecias divinas envolvendo três povos:

• Babilônios (versículos 1-23). A queda de Babilônia resulta na libertação do povo de Deus que sofria opressão pelos babilônios. Assim como Lúcifer foi derrotado no Céu após suas atitudes arrogantes e orgulhosas, Babilônia seria derrotada na Terra pelas mesmas razões.

• Assírios (versículos 24-27). A ameaça assíria não é mais poderosa que a potente mão de Deus – nenhum poder humano pode frustrar os desígnios divinos (Jó 42:2). O que Deus determina, acontece; isso deve encher-nos o coração de certeza e esperança em Suas promessas.

• Filisteus (versículos 28-32). O mal será erradicado para preservar o povo de Deus. A destruição dos inimigos filisteus está vinculada ao cuidado protetor de Deus sobre Seu povo.

Isaías 14 destaca o julgamento divino sobre as nações deste mundo que se opõem a Ele e a Seus planos. Deus não permite que o mal prevaleça indefinidamente.

Deus está atento ao que acontece no mundo; e, não está indiferente ou apático diante das injustiças e crueldades que ainda imperam arruinando a humanidade. Como Juiz Soberano Ele dará fim ao mal – no tempo certo!

A soberania divina é parte fundamental para nossa compreensão do grande conflito universal, onde Deus é supremo sobre as forças cósmicas do mal.

É certo que Deus triunfará sobre todas as forças contrárias ao bem. O bem vencerá sobre o mal! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

••••

Nenhum comentário:

Obadias 1 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse Leitura Bíblica – Obadias 1 Comentário: Pr. Heber Toth Armí OBADIAS 1 – Ao analisar a mensagem curt...