quarta-feira, 6 de dezembro de 2023

ISAÍAS 13 - Comentário

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse


Leitura Bíblica – Isaías 13
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ISAÍAS 13 – A partir deste capítulo, até o capítulo 23, Isaías agrupou várias profecias contra nações contemporâneas a Israel, com lições atemporais, úteis para nossos dias; as quais merecem nossa devida atenção.

Mesmo que nos dias de Isaías, Babilônia ainda não oferecia perigo aparente a Judá, Deus já via no futuro seu crescimento expoente. Apesar da imponência alcançada como sua grande potencia política no cenário mundial, ela veria sua ruína total não muito tempo depois. “Se uma lição pode ser extraída desta profecia é a de que o orgulho precede a queda (Prov 16:18). Babilônia, a glória e orgulho dos caldeus, conheceria a mais profunda humilhação”, salienta Siegfried Schwantes.

Embora Isaías 13 tenha um contexto específico e histórico, encontramos vários princípios de vida aplicáveis de forma relevante nos dias atuais, como por exemplo:

• Assim como a Babilônia enfrentou consequências por suas ações pervertidas, devemos aprender com os erros do passado para não repeti-los, vindo a sofrer da mesma forma (Apocalipse 18:2-4).

• É importante reconhecer que nenhum Império, ou mesmo um indivíduo, é invulnerável. Por isso, é sábio praticar a humildade em todas as nossas conquistas (Daniel 4:1-37).

• Vendo as consequências nefastas das escolhas erradas, devemos nos conscientizar de nossa responsabilidade associada a cada uma de nossas decisões.

• O reconhecimento da transitoriedade das riquezas materiais e a necessidade de buscar uma vida menos centrada em bens deste mundo é uma verdade que salta do fúnebre relato profético de Babilônia.

• A profecia contra a Babilônia dos dias de Isaías se cumpriu (Jeremias 51:11, 28; Daniel 5:28, 31); estudando-a compreendemos os eventos proféticos e entendemos melhor os planos divinos.

• A Babilônia antiga nesta profecia aponta para a Babilônia escatológica, existente antes do segundo advento de Cristo (Isaías 13:9-10; Mateus 24:29-30; Marcos 13:24-27; Lucas 21:25-28), ilustrando o mundo todo: “Castigarei o mundo por causa de sua maldade, os ímpios pela sua iniquidade. Darei fim à arrogância dos altivos e humilharei o orgulho dos fieis... Por isso farei o Céu tremer, e a Terra se moverá de seu lugar, diante da ira do Senhor dos Exércitos no dia do furor de Sua ira” (Isaías 13:11, 13; Apocalipse 6:12-17; 18:1-24; 19:11-15).

Diante disso, preparemo-nos consagrando-nos humildemente diante de Deus, esperando pacientemente pela segunda vinda de Cristo. Clamemos pelo pleno reavivamento! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Gambito

  Gambito Meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês n...