quinta-feira, 23 de novembro de 2023

SIGO ESPERANDO

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

23 de novembro

SIGO ESPERANDO

Não percam a confiança de vocês, porque ela tem grande recompensa. [...] Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não irá demorar. Hebreus 10:35, 37

Era 1964, o ano em que eu completaria nove anos de idade. Havíamos voltado da igreja e tínhamos acabado de almoçar. Fomos para o quintal, e meu pai, tomando algumas canas-de-açúcar, descascou-as e as cortou em pequenos cubos que nós, crianças, gostávamos de mastigar. Foi então que minha mãe falou: “Alguns pastores estão dizendo que Jesus voltará neste ano.” Imediatamente, olhei para o céu anil do Rio Grande do Sul.

Naquela época, havia gente que gostava de fazer cálculos para descobrir quando Cristo viria. Eles lembravam que depois de 120 anos da pregação de Noé, havia caído o Dilúvio. Como Jesus havia comparado os dias de Seu retorno aos dias de Noé (Mt 24:37-39), eles acharam que havia certa lógica em tomar a data de 1844, que assinala o início do juízo investigativo, e somar a ela 120 anos de pregação. Claro, o resultado foi 1964. Mas essas cogitações estavam erradas, e Jesus não veio.

Anos depois, eu estava terminando o ensino médio no Instituto Adventista Cruzeiro do Sul quando, lendo o livro Patriarcas e Profetas, escrito por Ellen G. White, fui profundamente tocado por Deus. Embora toda a minha curta vida tivesse sido passada na igreja, foi mediante a leitura desse livro, nas madrugadas de 1972, que fiz uma entrega completa a Jesus. Mais do que isso, senti que Deus me chamava para ser um pastor.

Confesso que, quando comecei a estudar Teologia no antigo Instituto Adventista de Ensino, eu pensava que Jesus voltaria antes de eu completar meus estudos. Mas Jesus não veio. Então, veio a formatura, o casamento e o início do trabalho no Mato Grosso do Sul, na região de Nova Andradina. Minha convicção era de que o retorno de Cristo estava muito próximo.

O tempo passou e, quando escrevo estas linhas, faz poucos dias que completei 65 anos, idade-limite de trabalho para um pastor adventista. Logo estarei aposentado. Trabalhei como pastor por 44 anos, e Jesus ainda não voltou. Mas, enquanto Ele não vem, sigo esperando com confiança, porque Ele certamente virá! 

https://youtu.be/69JbuE0_R4A

Nenhum comentário:

Lecitina espiritual

DEVOCIONAL DIÁRIO - VISLUMBRES DA ETERNIDADE  27 de fevereiro Lecitina espiritual    Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Por isso,...