domingo, 12 de novembro de 2023

Eclesiastes 9 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Eclesiastes 9
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ECLESIASTES 9 – O tema da morte vem pairando sobre o livro de Eclesiastes desde o início. Mesmo que cada ação em seu devido tempo tenha propósito (Eclesiastes 3:1-8), é certo que o tempo para cada pessoa terá fim (Eclesiastes 2:17-23; 3:18-21; 4:13-16; 6:3-6). O sábio rei Salomão admite que, no fim, a morte alcança a cada criatura viva que existe na Terra!

Como a morte é um assunto assustador, aterrorizante, “ao longo da história humana, as pessoas têm-se recusado a aceitar a finalização que a morte traz para a vida. A morte acarreta uma inaceitável e súbita interrupção de trabalho, planos e relacionamentos de uma pessoa. Embora figure na inscrição de muitas pedras tumulares de cemitério a frase ‘descanse em paz’, a verdade é que a maioria das pessoas não dá boa acolhida ao pacífico repouso da sepultura. Preferiam estar vivas e produzindo. Assim, não é de surpreender que o tema da morte e do além-túmulo sempre tenha sido uma questão de intensa preocupação e especulação. Afinal de contas, o índice de mortalidade é ainda de um por pessoa: cada um de nós, no tempo determinado, enfrentará a sombria realidade da morte”, considera Samuele Bacchiocche.

O medo e a não aceitação da realidade da morte requer que desçamos do pedestal de nossas opiniões e expectativas infundadas para submeter-se à revelação de Deus em Sua Palavra. Apenas pela revelação divina o ser humano pode tornar-se verdadeiramente sábio durante sua vida, declara Eclesiastes 9 logo no início. Em seguida, salienta que a morte espreita o justo e o ímpio – pessoas boas e más não estão livres dessa fatídica fatalidade irreversível (Eclesiastes 9:2-6).

Por conseguinte, é preciso saber aproveitar o prazer de alimentar-se, desfrutar da companhia da família e dos benefícios do trabalho antes de chegar à sepultura (Eclesiastes 9:7-10). Nem mesmo os mais sábios conseguiram até hoje driblar a morte, ou predizer acertadamente sua chegada (Eclesiastes 9:11-12). Todavia, nem por isso, nem pela pobreza ou, por quaisquer coisas, a sabedoria deveria ser desprezada, banalizada (Eclesiastes 9:13-18).

O propósito primário de Eclesiastes 9 não é doutrinar-nos sobre a morte, mas sobre a vida. Sendo que na morte não há vida, então não devemos desperdiçar tempo em coisas destruidoras da vida esperando tê-la novamente após morrer. Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Penélope

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 21 de junho https://mais.cpb.com.br/meditacao/penelope/ Penélope Portanto, irmãos, sejam pacie...