segunda-feira, 2 de outubro de 2023

Salmos 149 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 149
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 149 – Este Salmo convoca todas as criaturas, tanto celestiais quanto as terrenas, a louvar a Deus. Ele ressalta o tema da soberania divina sobre toda a criação e salienta a adoração como uma resposta correta a essa soberania.

Quando refletimos sobre a soberania de Deus, somos levados à adoração por diversas razões, tais como:

1. O juízo de Deus geralmente é associado à Sua justiça. Com isso em mente, a adoração surge da compreensão de que Deus é um Juiz justo, que faz julgamentos corretos e imparciais num mundo corrupto, cruel, manipulador, explorador e injusto.

2. O juízo de Deus nos faz reconhecer a santidade divina. Desta forma, a adoração é uma resposta natural à presença de um Deus santo, perfeito e incorruptível que age em nossa história sangrenta, perversa e egoísta.

3. O juízo de Deus nos leva a lembrar de nossos próprios pecados, imperfeições e de nossas transgressões perante Sua Lei. Consequentemente, essa realidade nos torna humilde e, promove em nós o arrependimento; as quais são atitudes essenciais na adoração genuína ao Deus verdadeiro.

4. O juízo divino quando compreendido de forma equilibrada e correta destaca a misericórdia de Deus ao poupar-nos da condenação que fatidicamente merecemos. A adoração surge da gratidão por essa misericórdia, que nos é concedida apesar de nossas terríveis falhas.

5. O juízo divino nos lembra da soberania do Juiz do Universo. Cientes que Deus tem autoridade suprema sobre todas as coisas e todas as pessoas, inclusive os soberanos deste mundo nossa adoração será uma resposta à autoridade e ao governo dEle sobre o Universo e sobre tudo o que nele existe.

Com estes itens em mente, vamos considerar atentamente que o salmista:

• Faz um chamado à adoração (Salmo 149:1-3). Nesses três primeiros versículos encontramos uma convocação para a adoração, exortação a se alegrar no Criador e um convite para louvar a Deus com movimentos corporais e com instrumentos musicais.
• Acrescenta as razões para louvar a Deus (Salmo 149:4-5). Os motivos para louvar a Soberano se devem ao fato de Deus Se agradar de Seu povo e por coroar aos humildes com vitória.
• Descreve a vitória divina (Salmo 149:6-9). Na execução do juízo, Deus pune os ímpios e honra aos justos.

Portanto, reavivemo-nos alegremente no juízo divino! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Obadias 1 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse Leitura Bíblica – Obadias 1 Comentário: Pr. Heber Toth Armí OBADIAS 1 – Ao analisar a mensagem curt...