quinta-feira, 26 de outubro de 2023

Provérbios 23 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Provérbios 23
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


PROVÉRBIOS 23 – A sabedoria prática promove a ética. A prática da sabedoria eleva a moral neste mundo em declínio. A essência da ética está na Lei de Deus, expandida nas páginas de Sua Palavra.

Os Dez Mandamentos (Êxodo 20:3-17) são o alicerce para uma vida honrosa, nobre e valiosa, ecoados nos ensinamentos de Provérbios 23:1-31. Na verdade, Provérbios amplia a mensagem do Decálogo. “O justo teme a Deus, obedece aos pais (20:30), domina as paixões como a raiva (16:32) e o desejo sexual (18:22; 19:14), mantém o discurso verdadeiro (12:19, 22) e é bondoso com os pobres (14:31). De modo contrário, os tolos amam as prostitutas (23:27-28), bebem excessivamente (23:29-35), são preguiçosos (24:30-34) e se ocupam de maledicências (18:8). Sem o devido temor do Senhor, sem a confiança no plano divino para a vida e sua aceitação, as tolices se tornam num estilo de vida, e a sabedoria se torna impossível” (Paul House).

A ponte entre Provérbios 23:1-31 e Êxodo 20:3-17 chama-nos a perceber a necessidade contínua de cultivar a sabedoria divina, a praticar a moderação e a ética em nosso cotidiano, independentemente da cultura e das mudanças no mundo ao nosso redor.

• A honra a pai e mãe do quinto mandamento ecoa em Provérbios 23:12-16, 22-26.
• A proibição à perversão sexual do sétimo mandamento ecoa em Provérbios 23:27-28.
• O pecado do furto declarado no oitavo mandamento, ecoa em Provérbios 23:10-11.
• A questão da cobiça refreada no décimo mandamento está presente em Provérbios 23:1-8, 17-18.

Além desses princípios morais, os sábios apresentam um vício de alta periculosidade: Bebidas alcoólicas. Elas destroem  tudo, inclusive a moral humana, degradando a alma e corrompendo o caráter (Provérbios 23:19-21, 29-35).

Na sociedade atual, onde somos frequentemente bombardeados por mensagens de consumo, materialismo e individualismo, os conselhos divinos em Provérbios 23 nos lembram da importância da moderação, da humildade e do respeito pelos outros. Os princípios contidos neste capítulo alertam-nos sobre os diversos perigos da busca implacável por prazer e riqueza, que geralmente levam à degradação moral.

• Deus não nos quer destruídos, arruinados e deformados, mas libertos, restaurados e transformados. Devemos desejar o que Deus almeja para nós!
• Esses ensinamentos atuam como guias valiosos, ajudando-nos a navegar pelos desafios e tentações da vida moderna com integridade e compaixão.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.
••••

Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...