sábado, 23 de setembro de 2023

SELAMENTO DOS 144 MIL

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

22 de setembro

 SELAMENTO DOS 144 MIL

Vi outro anjo que subia do nascente do sol, tendo o selo do Deus vivo. [...] Então ouvi o número dos que foram marcados com selo. Eram cento e quarenta e quatro mil. Apocalipse 7:2, 4

Uma das marcas do Apocalipse é sua linguagem simbólica. Outra é o emprego de muitos contrastes. Um deles revela dois grupos que existirão no tempo do fim: os 144 mil, que permanecerão ao lado de Deus e receberão o Seu selo, e os demais, a grande maioria, que receberá outro sinal, a marca da besta.

No final do capítulo 6, encontramos uma descrição parcial do que ocorrerá por ocasião da segunda vinda de Cristo, quando Deus e Seu Filho manifestarão Sua justa ira e a natureza estará em comoção. Ao contemplar essas cenas, em visão, o profeta questiona: “Quem poderá subsistir?” (v. 17). A resposta é imediata e vem por meio da visão simbólica do capítulo 7. Ali, enquanto ventos, que representam as forças do mal, são impedidos pelos anjos de Deus de realizar todo o estrago de que são capazes, aparece outro anjo, cuja missão é colocar um selo – uma marca – naqueles que são fiéis. Quando isso ocorre, é dito que foram selados os 144 mil. Pouco depois, em nova visão, João contempla o mesmo grupo, completamente salvo no reino de Deus (Ap 14:1).

Você sabe que selo é esse? É semelhante aos selos usados na Palestina, geralmente em um anel. Pressionado contra uma superfície, deixava o nome do proprietário e o de seu pai estampados. No Apocalipse, o selo traz o nome de Jesus e do Pai (Ap 14:1). Com frequência, a Bíblia usa a palavra “nome” para se referir ao caráter. É o que acontece nessa passagem. Deus não colocará uma marca visível na testa de Seus filhos, mas imprimirá neles Seu caráter, de modo que se tornarão “coparticipantes da natureza divina” (2Pe 1:4). Desde sua conversão, desenvolveram um caráter cada vez mais semelhante ao de Jesus. Assim, no final da história humana, refletirão Sua imagem e estarão em harmonia com Sua lei (Ap 14:12). Esse selo marcará os que são propriedade exclusiva de Deus a fim de protegê-los dos juízos que virão sobre a Terra.

Hoje, sigamos o caminho da verdade, com a plena confiança de que Deus quer nos marcar como Sua propriedade e nos proteger em meio aos eventos finais.

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-selamento-dos-144-mil/

Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...