domingo, 24 de setembro de 2023

Salmos 141 Comentário:

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 141
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 141 – Pessoas más falam e agem para envenenar ou ferir o coração dos justos. Estão sempre depreciando alguém, sempre falam coisas detestáveis dos outros. O que elas ignoram é que o mal que os ímpios tramam sempre retornará a eles como uma tempestade implacável!

A sabedoria está em discernir o engano dos maus e resistir à tentação de seguir o caminho deles. O coração dos corruptos é como um abismo sem fundo, sedento por destruição e caos; mas, o coração arrependido fica sedento por discernimento, transformação e proteção de Deus. Falsidade é o alicerce dos pervertidos, mas a verdade é a rocha inabalável dos convertidos.

• Cientes de que os ímpios tecem teias de engano e que a verdade sempre as desfaz, o pecador arrependido anseia por livrar-se dessas teias ilusórias.
• Cientes de que os maus podem orgulhar-se por conseguir seus propósitos, mas serão derrubados pela mão da justiça divina, pecadores humilham-se e anseiam por restauração.
• Sabedores pela revelação divina que a maldade pode até tentar prevalecer, mas a bondade sempre prevalecerá no final, aqueles que foram maus desejarão ser diferentes, e por isso recorrerão a Deus em oração e súplicas.

Se o Salmo 140 é uma súplica por livramento dos fofoqueiros, caluniadores, perversos e maus, o Salmo 141 é uma súplica para Deus livrar o salmista de ser uma das pessoas com este perfil.

Leia o Salmo 141. Um esboço dele nos ajudará a entendê-lo melhor e aplicar suas lições em nossa vida:

• Súplica por auxílio divino com urgência (versos 1-2).
• Pedido de vigilância sobre a língua, pois humanamente é impossível dominar as palavras dos nossos lábios (verso 3).
• Pedido para Deus direcionar o coração para não envolver-se nas práticas dos perversos nem ser cúmplices de malandragens participando de seus banquetes (verso 4).
• Expressão de confiança na estratégia de Deus em colocar pessoas para alertar quanto ao perigo das práticas e envolvimento com os malfeitores – visando livramento da morte (versos 5-8).
• Súplica por Deus para ser um refúgio dos engodos e armadilhas daqueles que usam redes para destruir pessoas do bem (versos 9-10).

Quem dera nossa sociedade, igreja e família assimilassem esses ensinamentos diariamente! Quem dera você e eu colocasse em prática os princípios dos Salmos 140 e 141. Vamos batalhar por isso? – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

O melhor argumento

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 14 de junho https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-melhor-argumento/ O melhor argumento Assim é a...