terça-feira, 26 de setembro de 2023

Salmos 143 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 143
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 143 – Inspirado por Deus, homens santos podem exprimir testemunhos de suas profundas experiências referentes ao esgotamento humano; porém, diferentemente das pessoas alheias a Deus, o piedoso sofredor extrai princípios teológicos da sua dor; aproxima-se de Deus, aprende e compartilha lições práticas de vida que guia o leitor em seus momentos críticos e desafiadores.

Davi, ao escrever o Salmo 143 ensina-nos sobre a importância de reconhecer nossa própria fraqueza. Pois, isso nos ajudará a confiar na graça divina, buscar orientação espiritual, encontrar refúgio em Deus e a praticar louvor e gratidão como elementos-chave para superar o esgotamento e desfrutar de restauração – apesar da situação!

De forma extraordinária, o Salmo 143 aborda didaticamente o tema do esgotamento físico, emocional e inclusive o espiritual. Seu conteúdo é uma joia preciosa nos Salmos. É uma poesia divinamente inspirada que revela a luta interior do salmista e oferece magníficas lições espirituais que iluminam nossa própria jornada de esgotamento.

1. Em um mundo que frequentemente demonstra valorizar a independência e a autossuficiência, admitir nossa vulnerabilidade é um poderoso princípio de vida (Salmo 143:1).

2. Ao enfrentar esgotamento, é fácil cair no desespero; porém, devemos recordar que Deus é um Juiz justo e também compassivo, podemos confiar em Sua graça para obtermos esperança (Salmo 143:2-6).

• O verso 2 revela que, quanto mais próximos de Deus estivermos, mais reconheceremos nossas mazelas, falhas e pecados. Salmo 130:3 corrobora esta verdade: “Se Tu, Soberano Senhor, registrasse os pecados, quem escaparia?”.

• Ellen White compactua desse princípio. Ela escreveu: “Quanto mais perto de Jesus você chegar, tanto mais cheio de faltas você se sentirá. Porque sua visão será mais clara e suas imperfeições poderão ser vistas em amplo e vivo contraste com Sua natureza perfeita”.

• Porém, Sua graça liberta-nos da desgraça!

3. Quando nos vemos atolados nos pântanos da vida, buscar restauração espiritual e renovação é essencial; o que é possível recorrendo à benignidade de Deus, meditando em Sua Palavra e, conhecendo através o caminho a seguir dela (Salmo 143:7-10).

4. Quando estamos esgotados, desfalecidos e desanimados e vamos a Deus, Ele nos fortalece, revigora e restaura. Podemos utilizar a oração, a suplica, o louvor e a adoração para experimentar um reavivamento espiritual em meio às situações críticas (Salmo 143:11-12).

Aproximemo-nos de Deus e reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...