sábado, 1 de julho de 2023

JESUS E A CULTURA

 Meditação Diária

1 de julho

JESUS E A CULTURA


Em vão Me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos humanos. Rejeitando o mandamento de Deus, vocês guardam a tradição humana. Marcos 7:7, 8

Embora Cristo tenha vindo a este mundo trazer uma mensagem que estava acima de todas as culturas e que não devia ser condicionada por nenhuma delas, teve de escolher uma cultura na qual viver. Ele não encarnou no vácuo, mas em uma cultura, e a escolhida foi a judaica. Desse modo, enquanto proclamava uma mensagem que estava acima da cultura, necessitava viver do modo cultural como viviam os judeus de Seus dias. Vestia-Se como eles se vestiam, comia o que eles comiam, trabalhava como eles, falava a linguagem deles e exemplificou Seus ensinos com elementos da cultura local: ovelhas, talentos, dracma, samaritano, fariseu e publicano.

Se Jesus tivesse escolhido nascer em nossos dias, no estado de São Paulo, por exemplo, como seria Sua vida? Em vez de túnica e sandálias, usaria calça e camisa, meia e sapato. Comeria arroz e feijão, manga, laranja, banana e outras coisas que comemos. Quem sabe usaria carro ou moto para Se locomover. Falaria em português e diria “bom dia!”, apertaria a mão das pessoas e, ao ilustrar Seus ensinos, contaria a parábola do relógio, da internet, do forno de micro-ondas, do acidente de trânsito, do universitário que conseguiu se formar e do empresário generoso.

Portanto, ao mesmo tempo que a mensagem da Bíblia está acima de todas as culturas, ela se encontra inserida em uma cultura específica. Nós, porém, vivemos em uma cultura diferente daquela dos tempos bíblicos, e o evangelho deve ser levado a todas as culturas e impactá-las. Por isso, precisamos cuidar para não confundir as orientações divinas com o modo de viver de uma determinada cultura.

Deus não espera que adotemos essa ou aquela cultura como padrão para Seu povo. Também não deseja que ao evangelizarmos outras pessoas e outros povos tentemos aculturá-los à maneira dos tempos bíblicos ou à nossa maneira. Duas coisas devem ser consideradas: em todas as culturas há elementos que contrariam os princípios bíblicos. Por isso, não os adote em sua prática religiosa, mas afaste-se deles. Além disso, o que deve pautar nossa vida e ser repassado para outros é a mensagem que está acima de todas as culturas: a salvação em Cristo oferecida a todos.

https://mais.cpb.com.br/meditacao/jesus-e-a-cultura/

Nenhum comentário:

Penélope

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 21 de junho https://mais.cpb.com.br/meditacao/penelope/ Penélope Portanto, irmãos, sejam pacie...