quarta-feira, 7 de junho de 2023

Salmos 32 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 32

Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 32 – Há lições profundas nas inspiradas palavras deste Salmo. Temos muito a aprender quando consideramos sua mensagem. O poeta e rei Davi o escreveu, e Deus o preservou até hoje para instruir-nos. Vamos explorá-lo com oração e, coração sensível:

O Salmo 32 ensina sobre a importância de reconhecer nossos pecados: O salmista reconheceu a realidade do pecado em sua vida, descreveu a aflição e o peso esmagador enquanto tentava escondê-lo/ignorá-lo. “Quem esconde seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia” (Provérbios 28:13).

O Salmo 32 ensina sobre a terrível consequência da culpa: O silêncio e a culpa afetaram física e emocionalmente ao salmista. Ele sentiu sua vitalidade esgotar-se, sua força diminuir e sua vida tornar-se deserto árido. A culpa não tratada corretamente pode impactar negativamente nossa saúde e bem-estar.

O Salmo 32 ensina o caminho do arrependimento e do perdão: Davi revela ter confessado seus pecados, reconhecendo sua transgressão e voltando-se a Deus em arrependimento genuíno. Em Deus encontramos misericórdia e perdão quando há arrependimento sincero e confissão de pecados.

O Salmo 32 ensina sobre a maravilhosa graça de Deus em nos perdoar: O salmista declara a bem-aventurança daqueles cujos pecados são perdoados e cujas transgressões são cobertas. Não importam quão terríveis e imundos sejam nossos pecados, Deus pode e quer perdoar a todos nós. Na desgraça da vida, Cristo anseia que busquemos Sua graça restauradora!

O Salmo 32 apresenta o destino para a alegria e comunhão com Deus: O salmista encoraja os perdoados a se alegrarem no Senhor. Ele destaca que a comunhão com Deus produz alegria e satisfação no coração reconciliado e perdoado. Ao sermos restaurados por Deus, experimentaremos uma profunda alegria espiritual e viveremos em íntima comunhão com o Deus que é rico em perdoar (Miqueias 7:18-19).

A mensagem do Salmo 32 desafia:

• Pecador, confesse seus erros, arrependa-se com fervor, pois em Deus há misericórdia e amor sem fim, pronto para lhe perdoar, assim como fez por mim.
• Liberte-se da culpa, encontre em Deus paz e alívio; no perdão divino, descubra seu refrigério.
• Não tema o tamanho ou peso da transgressão, no arrependimento sincero, encontre a redenção.

Que a graça do perdão nos inspire a viver, em comunhão com Deus, alegres em Seu poder! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Fruta nossa de cada dia

  Devocional Diário Fruta nossa de cada dia E o Senhor Deus ordenou ao homem: “De toda árvore do jardim você pode comer […].” Gênesis 2:16 A...