sábado, 13 de maio de 2023

Salmos 7 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 7
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 7 – Ferir uma pessoa fisicamente é doloroso; porém, feri-la com palavras, falar mal, fazer fofocas, promover calúnias e fazer acusações causam mais sofrimentos à vítima.

Vivemos numa sociedade que até dentro das igrejas há pessoas que são tão cruéis quanto o próprio Diabo que é o acusador dos irmãos (Apocalipse 12:10). Muitos não são assassinos no sentido literal, entretanto matam pessoas com suas palavras. Consequentemente, temos feridas abertas e outras que já cicatrizaram em nosso coração.

O Salmo em pauta oferece os seguintes pontos:

• Introdução: O salmista clama a Deus em prol da libertação daqueles que o perseguem e o acusam falsamente. Uma das grandes injustiças é acusar e condenar alguém por aquilo que não fez (Salmo 7:1-5).

• Petição de inocência: O salmista alega ser inocente e pede que Deus o julgue com justiça e imparcialidade. No Salmo 7:6-8 “as palavras do salmista podem parecer presunçosas, mas convém lembrar que ele não afirma ser reto e íntegro em todas as áreas de sua vida, apenas no tocante às acusações de seus inimigos” (William MacDonald).

• Petição de justiça: O salmista considera seus inimigos como cruéis e impiedosos, pois falam o que não é verdade sobre ele (9-13). “Quando alguém percebe a gravidade do pecado em determinado caso, deseja que ele tenha fim. É correto orar pelo fim do mal” (CBASD).

• Confiança no Juiz universal: O salmista coloca seu caso perante Deus, ciente que não há justiça melhor para lidar com a injustiça (Salmo 7:14-16). Todo o “salmo é basicamente um apelo à defesa divina diante das ações e alegações dos opressores. A confiança de Davi no julgamento divino é a espinha dorsal do Salmo 7... À medida que essa verdade o envolve cada vez mais, ele passará da ansiedade intensa para uma segurança transcendente” (John MacArthur).

• Conclusão: O salmista termina exaltando a Deus por Sua justiça e declarando sua disposição de buscá-lO e confiar nEle (Salmo 7:17).

Os caluniadores e acusadores precisam arrepender-se; pois, as pessoas grávidas de maldades darão à luz as maldades que almejavam para os outros.

Aos caluniados: Não se vinguem, não se desesperem, perseverem na fé e, confiem no Soberano Juiz que destruirá toda injustiça junto com os injustos.

Deus vê tudo! Ele vai julgar tudo perfeitamente! Portanto, reavivemo-nos! Confiemos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Uma pitada de sal

  Devocional Diário Uma pitada de sal Que a palavra dita por vocês seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibam como devem resp...