quinta-feira, 13 de abril de 2023

Jó 19 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jó 19
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JÓ 19 – Através das palavras gravadas, as verdades eternas não são apagadas. Os testemunhos dos fieis servos de Deus relatados são bênçãos para nossa compreensão e motivação em forma de legados. Por isso, temos o livro de Jó!

Na verdade, este livro foi um anseio de Jó quando submergia no oceano das críticas dos amigos e dos ataques do Inimigo de Deus (Jó 19:23-24).

Em Jó 19, nota-se que a esperança exerce função primordial no sofrimento. Sem ela, o lamento de Jó não teria fim. A esperança o ergueu do fundo do mais profundo poço. Mesmo sem ver qualquer saída ou solução, sendo atacado pelas picadas venenosas das serpentes farisaicas que se gabavam de santidade, Jó conseguiu através da fé colocar-se em pé sobre a esperança provida por Deus (Jó 19:25-27).

Os supostos crentes piedosos Elifaz, Bildade e Zofar exaltavam-se acima de Jó, e o atacavam usando sua própria humilhação (Jó 19:5). Mais do que as circunstâncias adversas e ameaçadoras, Jó era esmagado pelas “intenções de ajudar” de seus supostos “amigos” (Jó 19:1-22). Um dos mais elevados enganos que o pecado pode levar os crentes é o de ser culpados de pecados dos quais estão inconscientes. Tanto é que, no final do capítulo, Jó precisou “jogar duro” com seus amigos. Veja...

“Se vocês disserem:
‘Vejamos como vamos persegui-lo,
pois a raiz do problema está nele’,
melhor será que temam a espada,
porquanto por meio dela
a ira trará castigo a vocês,
e então vocês saberão
que há julgamento”.

Sempre há aqueles que se levantam para defender suas teorias como certas, enfrentando tudo e todos, discordando de gente que estudou mais que eles, que conhece mais que eles; suas teimosias preservam suas tolas heresias.

Desta forma, os especialistas e doutores são descartados por leigos a fim de endeusarem suas ideias erradas. Mesmo provando o contrário, o orgulho não as deixa se renderem. Com atitude petulante, tais pessoas demonstram que não têm intenso respeito nem temor por Deus. Neste caso, precisam de palavras fortes como as de Jó no final do capítulo de seu livro.

A Bíblia é um livro que visa abrir nossos olhos como somos inflexíveis como os amigos de Jó. Deus a preservou para indicar-nos a direção certa da verdadeira religião. Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Espera ativa

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  19 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/espera-ativa/ Espera ativa Não deixarei que fiqu...