quinta-feira, 6 de abril de 2023

COMO O AMOR SE COMPORTA

 COMO O AMOR SE COMPORTA

O amor é paciente e bondoso. O amor não arde em ciúmes, não se envaidece, não é orgulhoso, não se conduz de forma inconveniente, não busca os seus interesses, não se irrita, não se ressente do mal. 1 Coríntios 13:4, 5

Em 1 Coríntios 13, depois de afirmar que o amor é absolutamente necessário, Paulo passa a mostrar o que o amor é, o que o amor não é e o que ele é capaz de realizar. Os verbos são empregados no presente contínuo, indicando ações e atitudes que se tornam habituais, gradualmente incorporadas pela repetição.

O amor é paciente, tolerante, tardio em irar-se, longânimo. É benigno – trata com cortesia, gentileza e doçura de temperamento. O amor não arde em ciúmes ou inveja. Quem ama não se aborrece com o sucesso dos outros. Não se envaidece. Não se vangloria. Não se gaba de suas virtudes, conhecimento e realizações. Não se ensoberbece. O amor não procura seus interesses próprios, antes emprega a renúncia própria (1Co 10:24).

O amor é humilde, ou seja, a pessoa tem consciência de sua pequenez, necessidade e dependência. Aprenda a ser humilde com Jesus. Ele disse: “Aprendam de Mim, que sou manso e humilde de coração” (Mt 11:29). O amor também não se conduz de modo inconveniente, com arrogância, com soberba. Não se porta de modo vergonhoso, desonroso, indecente.

O amor não é rude, porque isso fere os outros. Não se porta com grosseria. O amor tem uma delicadeza que não deseja ferir. Quando percebemos que nosso comportamento ou nossas atitudes estão prejudicando ou magoando alguém, o amor nos impele a eliminar essas trevas internas por meio da graça do Senhor. O amor não se exaspera, não é mesquinho. Não é difícil conviver com ele. Não irrita nem provoca os outros. Não tem má vontade, não é explosivo nem brigão. Não se ressente do mal. A palavra “ressentir-se” significa manter sob registro. Assim, o amor não mantém o registro das coisas ditas ou feitas contra nós. Não acumula ódio dos outros nem guarda mágoas. Perdoa.

Como ter um amor assim? A resposta está em Romanos 5:5. Ali é dito que “o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi dado”. Assim, hoje, reconheçamos nossa necessidade, peçamos a Deus que compartilhe conosco Seu amor e abramos nosso coração para recebê-Lo.

MEDITAÇÃO DIÁRIA

6 de abril
https://mais.cpb.com.br/meditacao/como-o-amor-se-comporta/
https://youtu.be/mtSAVJwOId8

Nenhum comentário:

Oportunidades

 Oportunidades Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto. João 12:24 Foi muito triste...