quinta-feira, 30 de março de 2023

CARTA A LAODICEIA

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

CARTA A LAODICEIA

Aconselho que você compre de Mim ouro refinado pelo fogo, para que você seja, de fato, rico. Compre vestes brancas para se vestir, a fim de que a vergonha de sua nudez não fique evidente, e colírio para ungir os olhos, a fim de que você possa ver. Apocalipse 3:18

A cidade de Laodiceia localizava-se em um entroncamento de três estradas romanas importantes, o que fez dela um centro comercial e financeiro importante. Ela abrigava fortunas enormes. Isso favorecia seus cidadãos a se tornarem orgulhosos, independentes e arrogantes. Em seu entorno, eram criadas ovelhas de lã negra. Logo surgiram fábricas que faziam tecidos, roupas e tapetes – muito procurados por gente de todas as partes. Também havia ali uma espécie de laboratório, muito famoso, que fabricava e vendia uma pomada para o tratamento dos ouvidos e um pó usado para o preparo de um colírio.

Na mensagem à igreja de Laodiceia, depois de expor sua situação de pobreza, miséria, nudez e cegueira espirituais, Jesus oferece o que ela precisa para cumprir sua missão e ser vitoriosa. Primeiramente, para que ela saia da situação de pobreza, Ele oferece ouro, que representa a fé e o amor. Essa igreja, que vive a iminência da volta de Cristo, é pobre nessas duas coisas. Isso nos lembra as palavras de Cristo aos discípulos: “Quando o Filho do Homem vier, será que ainda encontrará fé sobre a Terra?” (Lc 18:8). “E, por se multiplicar a maldade, o amor de muitos se esfriará” (Mt 24:12).

A igreja também está nua, assim como Eva sentiu-se depois de pecar contra o Criador. Por isso, Jesus lhe oferece uma vestimenta adequada. Não as vestes confeccionadas nos teares das fábricas locais, mas vestes brancas, que simbolizam a pureza e a justiça que Cristo concede ao pecador.

A mensagem também declara que a igreja é cega, pois não percebe sua condição espiritual. Contudo, Jesus é capaz de lhe restaurar a vista, como fez com Bartimeu. Ele oferece o colírio celestial, que consiste na sabedoria para distinguir o certo do errado e perceber o mal sob qualquer disfarce. É como Tiago já havia escrito: “Se […] algum de vocês necessita de sabedoria, peça a Deus, que a todos dá com generosidade” (Tg 1:5).

Portanto, Laodiceia está mal, mas há esperança. Ela ainda pode se arrepender, ir a Jesus e Dele receber tudo o que lhe falta.
 29 de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/carta-a-laodiceia/
https://youtu.be/WhuxMxgFHcs
•••••

Nenhum comentário:

Todos contam

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 18 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/todos-contam/ Todos contam Porque, onde estivere...