domingo, 26 de março de 2023

BRILHANDO MAIS E MAIS

 BRILHANDO MAIS E MAIS

A vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. Provérbios 4:18, ARA

No momento em que somos, pela primeira vez, justificados – perdoados por Deus – começa o processo de santificação, que se desenvolve durante toda a nossa existência. À medida que o tempo passa, conhecemos mais o caráter de Deus e Sua vontade. Somos cada vez mais puros, consagrados e semelhantes a Cristo.

Como diz o livro de Provérbios, o caminho do justo é como a luz do Sol pela manhã. Para qualquer observador, o Sol vai crescendo de glória em glória, de um estágio a outro, até que, quando está no meio do céu, encontra-se com toda a força e brilho. Ele não saltou repentinamente da escuridão para seu apogeu, mas foi pouco a pouco. Assim é com o cristão. A partir da aceitação de Cristo e da justificação, haverá um contínuo desenvolvimento do caráter. Desse modo, refletiremos cada vez mais plenamente a imagem de Cristo (2Co 3:18).

Na Carta aos Romanos, quando Paulo argumenta sobre a justificação do pecador, ele chega a uma conclusão. Estas são suas palavras: “Concluímos, pois, que o ser humano é justificado pela fé, independentemente das obras da lei” (Rm 3:28). Isso significa que as boas obras e a obediência não são um requisito para que sejamos justificados, perdoados. Ao nos justificar, Deus não leva em conta nossas boas obras, não importa quais sejam. Deus olha para a nossa fé, que é a resposta ao que Ele fez por nós, em Cristo.

Isso não é tudo. O mesmo apóstolo, no mesmo capítulo, tratando do mesmo assunto da salvação, ensina-nos que o fato de as obras não serem consideradas na justificação não as torna dispensáveis. Na verdade, o cristão será obediente e dará atenção aos mandamentos de Deus. Sua fé estabelecerá a lei de Deus em sua vida por meio da obediência. A fé em Cristo para o perdão dos pecados não anula a obediência, mas a produz. Sempre que alguém possui a verdadeira fé, produzirá obras como consequência natural. O argumento de Paulo é: “Anulamos, então, a lei por meio da fé? De modo nenhum! Pelo contrário, confirmamos a lei” (Rm 3:31).

Ao sentir os raios do Sol, lembre-se de que hoje é um ótimo dia para você brilhar mais do que ontem, para confirmar a lei de Deus em sua vida.
 MEDITAÇÃO DIÁRIA
26 de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/brilhando-mais-e-mais/
https://youtu.be/yi9pjiHOlyI
•••••

Nenhum comentário:

O melhor argumento

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 14 de junho https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-melhor-argumento/ O melhor argumento Assim é a...