segunda-feira, 27 de março de 2023

Jó 2 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jó 2
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JÓ 2 – A fé é mais importante na adversidade do que na prosperidade. Sua atuação é mais relevante diante da aflição do que diante da satisfação. Porém, ela precisa ser desenvolvida em dias de tranquilidade para ser usada em dias de turbulência.

Assimile as profundas lições de vida de Jó 2:

Jó lidou com problemas gigantescos provocados diretamente pelo Diabo. Simultaneamente, esse homem bom enfrentou complexos problemas financeiros, familiares e salutares. Jó precisou lidar com grandes perdas significativas – que fariam pessoas frágeis caírem em profunda depressão, ou buscar “solução” no suicídio.

• A resiliência de Jó transformou-se num poderoso legado para todos nós quando enfrentamos problemas.

O fiel servo de Deus, maduro espiritualmente, não é blindado ao sofrimento, nem possui sangue de barata. Ele não é insensível nem indolor diante da dor física e emocional. Após Satanás o atingir “com feridas terríveis, da sola dos pés ao alto da cabeça... Jó apanhou um caco de louça e com ela se raspava, sentado entre as cinzas”. Quando vieram seus amigos para consolá-lo “mal puderam reconhecê-lo e começaram a chorar em alta voz... Os três se assentaram no chão com ele, durante sete dias e sete noites. Ninguém lhe disse uma palavra, pois viam como era grande o seu sofrimento” (Jó 2:7-8, 11-13).

Embora tivesse muita fé, Jó se entristeceu profundamente, perdeu interesse em atividades outrora prazerosas, teve insônia, perda de apetite e de energia, etc. Assim, Satanás acreditava piamente que Jó perderia também a fé. Entretanto, ainda que a esposa o forçasse a abandonar a Deus, nada o convenceu a fazê-lo!

A resiliência de Jó mostra-nos que a fé desenvolvida chega a ser maior que as aflições causadas pelas mais terríveis adversidades. Por isso, é possível continuar confiando em Deus, independentemente das circunstâncias que nos assolam.

Além disso, Jó demonstra que mesmo sem entender nada, é possível enfrentar qualquer dificuldade mantendo viva a chama da fé. Na verdade, as aflições devem servir de grande motivação para colocar a fé em prática.

• Ainda que tudo conspire contra a fé, ela pode sobreviver.

Portanto, avancemos rumo à elevada filosofia de Jó: “Saí nu do ventre de minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor” (Jó 1:21). Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Gambito

  Gambito Meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês n...