sábado, 21 de janeiro de 2023

O BRILHO DA GRAÇA

 O BRILHO DA GRAÇA

Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos. Tito 2:11

Durante os tempos do Antigo Testamento, a manifestação da graça de Deus era uma promessa, e os fiéis aguardavam seu cumprimento. Isso ocorreu no primeiro advento de Cristo (2Tm 1:9, 10; Cl 1:26). O texto da carta a Tito nos diz que “a graça de Deus se manifestou”. O verbo usado aqui – manifestar – era o mesmo utilizado para se referir ao nascer do sol. Essa conotação de proporcionar luz é muito própria quando consideramos a condição moral e espiritual do mundo por ocasião do nascimento de Jesus.

Com frequência, ao pensarmos na situação do mundo atual, ficamos alarmados. Porém, eu convido você a fazer uma comparação, dentro da própria Bíblia, da condição do mundo em que Paulo se encontrava no início da era cristã com o atual. Compare as listas de pecados mencionados em cada época e você perceberá que aqueles dias eram terríveis. Como exemplo, cito uma lista do passado, a que se encontra em Romanos 1:26-31. São mencionados os pecados de perversão sexual, prática homossexual, disposição mental reprovável, “todo tipo de injustiça, perversidade, avareza, maldade”, “inveja, homicídio, discórdia, engano e malícia”; e os pecadores são retratados como “difamadores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes, orgulhosos, inventores de males, desobedientes aos pais, insensatos, desleais, sem afeição natural e sem misericórdia”. Se você ler os livros de história sobre os costumes e estilo de vida daqueles dias, poderá ficar assombrado. Esses pecados não eram isolados a ponto de chamar a atenção. Eles eram bastante comuns e generalizados.

O mundo estava envolto em uma intensa escuridão, mas Deus, ao nos enviar Seu Filho, fez brilhar a luz do “sol da justiça, trazendo salvação” (Ml 4:2; ver Is 9:2). Assim, o primeiro advento de Cristo é retratado como a manifestação da graça de Deus, semelhante ao nascimento do sol, que, à medida que se eleva nas alturas, vai dissipando as trevas. Desde os dias de Cristo, a brilhante luz do evangelho tem alcançado mais e mais cada canto deste mundo, iluminando e transformando nações e indivíduos. Essa graça também chegou até você. Aceite-a e permita que ela opere sua salvação.

MEDITAÇÃO DIÁRIA

21 de janeiro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-brilho-da-graca/

https://youtu.be/vMjaPbs3X1E
•••

Nenhum comentário:

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

  A OBRA DO ESPÍRITO SANTO Quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque eles não creem em Mim; da...