sábado, 14 de janeiro de 2023

I Crônicas 28 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – I Crônicas 28
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


I CRÔNICAS 28 – A espiritualidade é o foco de Esdras ao escrever Crônicas. Deve ser nosso foco também.

Visando elevar o nível espiritual do leitor, o livro em pauta omite as falhas morais e enfatiza as vitórias do rei Davi visando revelar a soberania de Deus sob a realeza israelita. Os planos de Deus na Terra foram relativamente bem-sucedidos através das mãos de Davi e seu filho Salomão. Precisamos hoje considerar isso. Precisamos permitir que Deus atue na história humana através de nós. Devemos buscar sempre fazer a vontade divina em todas as circunstâncias da vida.

O povo que havia voltado do exílio babilônico devia conhecer suas origens e história, a fim de avivar a memória para não cometer os mesmos erros que o levou ao cativeiro por 70 anos.

Através da inspiração do Espírito Santo, e não do espírito de crítica, Esdras apresentou nas Escrituras, que a maior contribuição da dinastia divídica foi no âmbito espiritual. Por isso, o foco deste livro em apreço descreve a organização e a manutenção do culto para as novas gerações. A vida de serviço a Deus depende de saber como cultuar e adorá-lO corretamente.

No capítulo em análise, Davi havia convidado líderes israelitas, príncipes das tribos e capitães dos turnos para explicar sua intenção de erigir um templo ao Soberano Deus; e, também apresentar a planta do mesmo. Na construção do Templo sagrado, “não havia espaço para a imaginação ou engenhosidade humana, pois o templo seria um tipo de Cristo”, observa William MacDonald.

Assim, os cristãos devem considerar com atenção estas informações; entre elas, Davi discursa publicamente ao filho Salomão (I Crônicas 27:9-10); contendo...

• Uma ordem: Reconheça a Deus... sirva-O de todo coração e espontaneamente.
• Uma promessa: Quem buscar a Deus, O encontrará.
• Uma advertência: Quem abandonar a Deus, será rejeitado por Ele.

O mais importante não é ser escolhido por Deus para uma missão, é obedecer-Lhe no cumprimento dessa missão. Na submissão a Sua vontade, o fiel terá Sua presença. Biblicamente, não há margem para a predestinação!

Como Salomão, precisamos de incentivo na obra divina: “Seja forte e mãos ao trabalho... Não tenha medo nem desanime, pois... Deus está com você!” (I Crônicas 27:10, 20).

Sem titubear, façamos o que Deus nos chama a fazer! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Nenhum comentário:

A OBRA DE CRISTO NO CÉU

A OBRA DE CRISTO NO CÉU Tendo, pois, Jesus, o Filho de Deus, como grande Sumo Sacerdote que adentrou os Céus [...], aproximemo-nos do trono ...