sábado, 17 de dezembro de 2022

O ORIGINADOR DE TODA A VERDADE

 O ORIGINADOR DE TODA A VERDADE

   E o Verbo Se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a Sua glória, glória como do unigênito do Pai. João 1:14

   Em Cristo combinaram-se divindade e humanidade. A divindade não se degradou para tornar-se humanidade, ela conservou seu lugar; mas a humanidade, pela união com a divindade, resistiu à mais feroz prova da tentação no deserto. O príncipe deste mundo se aproximou de Cristo depois de Seu longo jejum, quando estava no auge da fome, e sugeriu-Lhe que mandasse às pedras que se tornassem pão. Mas o plano de Deus, delineado para a salvação da humanidade, previa que Cristo conhecesse a fome, a pobreza e todos os aspectos da experiência humana. Ele resistiu à tentação, mediante o Poder que as pessoas também podem possuir. Apoiou-Se no trono de Deus, e não existe homem ou mulher que não possa ter acesso ao mesmo auxílio, pela fé em Deus. O ser humano pode se tornar participante da natureza divina. Não há ninguém que não possa pedir o auxílio do Céu, quando tentado e provado. Cristo veio para revelar a fonte de Seu poder, a fim de que o ser humano não confiasse jamais em suas capacidades humanas desajudadas. 

   Os que querem vencer devem empenhar ao máximo todas as faculdades de seu ser. Devem lutar pedindo poder divino, de joelhos diante de Deus. Cristo veio para ser nosso exemplo e nos revelar que podemos ser participantes da natureza divina. Como? Tendo escapado da corrupção que pela cobiça há no mundo. Satanás não alcançou a vitória sobre Cristo. Não pôs o pé sobre a alma do Redentor. Não atingiu a cabeça, se bem que tenha ferido o calcanhar. Cristo, por Seu exemplo, tornou evidente que o ser humano pode permanecer íntegro. É possível a homens e mulheres ter poder para resistir ao mal; poder que nem a Terra nem a morte nem o inferno conseguem dominar; poder que os colocará onde possam vencer como Cristo venceu. 

   Foi obra de Cristo apresentar a verdade na moldura do evangelho e revelar os preceitos e princípios que Ele dera à humanidade caída. Todas as ideias que Ele apresentava eram Dele mesmo. Não teve necessidade de tomar emprestados pensamentos de quem quer que fosse, pois Ele era o Originador de toda a verdade. Podia apresentar as ideias de profetas e filósofos e preservar Sua originalidade, pois toda a sabedoria era Sua; Ele era a fonte, o manancial de toda a verdade. Estava na dianteira de todos, e por Seus ensinos tornou-Se o guia espiritual de todos os séculos (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 408, 409). 

   PARA REFLETIR: Se Jesus é o Originador de toda verdade, quem é a fonte de todas as mentiras? 
https://youtu.be/K5w0PJH73sc

MEDITAÇÃO DIÁRIA

17 de dezembro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-originador-de-toda-a-verdade/

Nenhum comentário:

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

  A OBRA DO ESPÍRITO SANTO Quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque eles não creem em Mim; da...