segunda-feira, 7 de novembro de 2022

O PRÍNCIPE EMANUEL

 O PRÍNCIPE EMANUEL

Não desanimará, nem será esmagado até que estabeleça na Terra a justiça; e as terras do mar aguardarão a Sua doutrina. Isaías 42:4

Uma igreja bem-sucedida no serviço do Mestre precisa ser proativa. Seus membros não podem permitir que seu interesse pela obra diminua. Os seres celestiais estão prontos para cooperar com os agentes humanos no avanço da mensagem. A todo custo, levem a batalha até as portas do inimigo. Sim, invadam cada cidadela. Não se permitam falhar nem desanimar. A autoridade de Cristo é suprema. Seu poder é invencível. Por intermédio do Espírito Santo, o Senhor trabalha com os agentes humanos. “O Senhor Me ungiu para pregar boas-novas aos pobres, enviou-Me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados, a apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus, a consolar todos os que choram e a pôr sobre os que choram em Sião uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria em vez de pranto, manto de louvor em vez de espírito angustiado. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantados pelo Senhor para a Sua glória” (Is 61:1-3). O Sol da Justiça nasceu. Cristo está esperando para revestir Seu povo com os trajes da salvação. “Não desanimará, nem será esmagado até que estabeleça na Terra a justiça; e as terras do mar aguardarão a Sua doutrina” (Is 42:4). “Sua glória já está brilhando sobre você. As nações se encaminham para a sua luz, ó Jerusalém, e os reis são atraídos para o resplendor do seu amanhecer” (Is 60:2, 3)

O Senhor não deseja que um único soldado verdadeiro da cruz permaneça em trevas ou ignorância. Ele nos chama para nos erguer acima da Terra a fim de nos mostrar a grande confederação do mal arregimentada contra nós. Deseja nos lembrar de que “a nossa luta não é contra o sangue e a carne, mas contra os principados e as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais” (Ef 6:12). Mas Ele garante a todos envolvidos nessa batalha que estão lutando sob a supervisão do “príncipe do exército do Senhor” (Js 5:15), e que anjos do Céu os ajudam no combate pela “coroa da glória, que nunca perde o seu brilho” (1Pe 5:4). Reunamo-nos sob a bandeira do Príncipe Emanuel e, no nome e na força de Jesus Cristo, vençamos o conflito (Bible Training School, 1º de junho de 1911).

PARA REFLETIR: Como você se sente ao saber que, à medida que o povo de Deus trabalha para alcançar os perdidos, todo o Céu permanece ao nosso lado?
https://youtu.be/sC17t63fgRQ

MEDITAÇÃO DIÁRIA
7 de novembro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-principe-emanuel/

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...