terça-feira, 15 de novembro de 2022

AQUELE QUE MORREU PELA HUMANIDADE

 AQUELE QUE MORREU PELA HUMANIDADE

   E o Pai não julga ninguém, mas confiou todo julgamento ao Filho. João 5:22

   Um contraste maravilhoso será visto entre o primeiro e o segundo advento de Cristo. Nenhuma linguagem humana é capaz de descrever as cenas da segunda vinda do Filho do Homem nas nuvens do Céu. Ele virá com a própria glória, com a glória do Pai e dos santos anjos. Virá vestido nos trajes de luz, os quais tem usado desde os dias da eternidade. Anjos O acompanharão. Milhares de milhares O escoltarão em Seu caminho. […] A voz de Cristo invadirá a sepultura e entrará nos ouvidos dos mortos, e “todos os que se acham nos túmulos […] sairão” (Jo 5:28). 

   “Todas as nações serão reunidas em Sua presença” (Mt 25:32). Aquele que morreu pela humanidade deverá julgá-la no dia final, pois o Pai “Lhe deu autoridade para julgar, porque é o Filho do Homem” (Jo 5:27). Que dia singular será, quando as pessoas que rejeitaram a Cristo olharem para Aquele cujos pecados O traspassaram. Então saberão que Ele ofereceu o Céu a todos, desde que permanecessem ao Seu lado como filhos obedientes; saberão que Ele pagou um preço infinito por sua redenção, mas não aceitaram a liberdade da escravidão opressora do pecado. […] 

   Ao olhar para Sua glória, lembranças do Filho do Homem revestido de humanidade virão à memória. Serão lembrados de como O trataram, como O recusaram e como escolheram o lado do grande apóstata. Tudo que Ele disse e fez, a humilhação à qual desceu para salvá-los da mancha do pecado surgirá diante deles em condenação. […] 

   Mais uma vez, ouvirão a voz de Pilatos dizendo: “Não encontro Nele crime algum” (Jo 19:4). Verão a cena vergonhosa do julgamento, na qual Barrabás foi colocado ao lado de Cristo e tiveram o privilégio de escolher o Inocente. Mais uma vez, escutarão as palavras de Pilatos: “Quem vocês querem que eu solte: Barrabás ou Jesus, chamado Cristo?” (Mt 27:17). E escutam a resposta: “Fora com este! Solte-nos Barrabás!” (Lc 23:18). Diante da pergunta de Pilatos: “Que farei, então, com Jesus, chamado Cristo?”, a resposta foi: “Que seja crucificado!” (Mt 27:22) (Review and Herald, 5 de setembro de 1899). 

   PARA REFLETIR: O que mais impressiona você nessa cena de julgamento?

MEDITAÇÃO DIÁRIA

15 de novembro

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...