terça-feira, 15 de novembro de 2022

1 Reis 15 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica - 1 Reis 15
Comentário
 Pr Heber Toth Armí

I REIS 15 – Após dividir-se, Israel nunca mais foi o mesmo. Depois de três reis no território unificado na Terra Prometida, se dividiu não para progredir, mas para regredir.

• O lado norte, com 10 tribos, teve nove dinastias de dezenove reis ao todo, num período total de reinado 201 anos. Não teve nenhum rei fiel e temente a Deus. Lamentavelmente!

• O lado sul, concentrado em Judá, teve apenas a dinastia davídica com vinte reis, num período total de 335 anos – interrompida temporariamente apenas pela usurpadora Atalia. Aproximadamente 7 reis que foram fieis a Deus, postergando assim, o fim da dinastia.

Os dois primeiros reis de cada região foram Roboão e Jeroboão. O início das duas partes foi precário, ambos os reis foram idólatras, e levaram o povo de Deus à apostasia.

• Na sequência, Judá teve Abias que reinou indignado por 3 anos (I Reis 15:1-8); depois, veio Asa, que erradicou a idolatria que incluía colunas pagãs, imagens do sol, postes-ídolos e prostituição religiosa masculina nos cultos pagãos (i Reis 15:9-24).

• Em Israel, Nadabe e Abias deram sequência ao reinado de Jeroboão; porém, não foram bons reis na perspectiva divina (I Reis 15:25-34).

Maaca adorava a Aserá, deusa cananeia cujos rituais incluíam prostituição cúltica. Ela, a favorita das 18 esposas de Roboão, foi mãe de Abias e avó de Asa; provavelmente foi regente na infância do rei Asa, o qual mesmo tendo recebido influência negativa dessa mulher, submeteu-se à soberania divina. Deste modo, Asa foi o primeiro rei a promover uma reforma espiritual entre o povo de Deus no período da monarquia.

Os reavivementos atrasaram a destruição de Judá, em relação às 10 tribos do norte. A história da realeza de Israel foi mais dramática que a do sul; e sua história foi mais curta, devido a sua impiedade.

Estes relatos de reis oferecem preciosas lições espirituais para o leitor atento! Quando se dá atenção à revelação bíblica, percebe-se o caminho da bênção, da longevidade, da prosperidade, da paz e da salvação, e se evita o caminho da destruição.

Asa falhou em sua confiança em Deus ao temer as ameaças de Bassa, de Israel; e entregou bens do Senhor a Ben-Hadade, da Síria. Começar bem nem sempre significa terminar bem. Por isso, devemos reavivar-nos sempre! – Heber Toth Armí.


#ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...