sexta-feira, 21 de outubro de 2022

O PRIMOGÊNITO DO CÉU

 O PRIMOGÊNITO DO CÉU

Sabendo que não foi mediante coisas perecíveis, como prata ou ouro, que vocês foram resgatados da vida inútil que seus pais lhes legaram, mas pelo precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem defeito e sem mácula. 1 Pedro 1:18, 19

Cerca de 40 dias depois do nascimento de Cristo, José e Maria levaramNo a Jerusalém para apresentá-Lo ao Senhor e oferecer sacrifício. Isso estava de acordo com a lei judaica e, como substituto do ser humano, Cristo devia Se submeter à lei em todos os aspectos. Já havia sido submetido ao rito da circuncisão, como garantia de Sua obediência à lei.

Como oferta da parte da mãe, a lei exigia um cordeiro de um ano para holocausto e um pombinho novo ou uma rolinha como oferta pelo pecado. No entanto, a lei previa que, se os pais fossem muito pobres para levar um cordeiro, seria aceito um par de rolinhas ou dois pombinhos, um para holocausto e outro como oferta pelo pecado.

As ofertas apresentadas ao Senhor deviam ser sem defeito. Repre-sentavam a Cristo, e disso se conclui evidentemente que Jesus era isento de deformidade física. Era o “cordeiro sem defeito e sem mácula” (1Pe 1:19). Sua estrutura física não era maculada por defeito algum; o corpo era forte e saudável. Durante toda a vida, viveu em conformidade com as leis da natureza. Tanto no aspecto físico quanto no espiritual, Jesus foi um exemplo do que Deus desejava que toda a humanidade fosse, mediante a obediência às Suas leis.

A dedicação do primogênito teve sua origem nos tempos antigos. Deus havia prometido dar o Primogênito do Céu para salvar os pecadores. Essa dádiva devia ser reconhecida em todas as famílias pela consagração do primogênito. Devia ser consagrado ao sacerdócio, como representante de Cristo entre os seres humanos.

Na libertação de Israel do Egito, a dedicação do primogênito foi novamente ordenada. Quando os filhos de Israel eram escravos dos egípcios, o Senhor instruiu Moisés a se encontrar com o faraó, rei do Egito, dizendo: “Assim diz o Senhor: ‘Israel é Meu filho, Meu primogênito. E Eu digo a você: deixe o Meu filho ir, para que Me adore; mas, se você não quiser deixá-lo ir, eis que Eu matarei seu filho, seu primogênito” (Êx 4:22, 23) (O Desejado de Todas as Nações, p. 31 [50, 51]).

PARA REFLETIR: Se Jesus é o nosso exemplo perfeito, como você pode moldar a sua vida de acordo com Ele?
https://youtu.be/UR84KJ8e3Uk

MEDITAÇÃO DIÁRIA

21 de Outubro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-primogenito-do-ceu/

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...